Salário para o cargo de Chapista de lanchonete
CBO 5134-35 > Trabalhadores no atendimento em estabelecimentos de serviços de alimentação, bebidas e hotelaria

Chapista de lanchonete - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Atendem os clientes, servem alimentos e bebidas em restaurantes , bares, cafeterias, hotéis, hospitais, eventos, etc. Manipulam alimentos e preparam sucos, drinks, e cafés. Realizam serviços de vinho e de café.

Quanto ganha um Chapista de lanchonete

Um Chapista de lanchonete trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.069,93 e R$ 2.103,51, com a média salarial de R$ 1.282,42 e o salário mediana em R$ 1.223,27 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Chapista de lanchonete

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.282,42 15.389,03 320,60 5,96
1º Quartil 1.069,93 12.839,21 267,48 4,97
Salário Mediana 1.223,27 14.679,24 305,82 5,68
3º Quartil 1.604,23 19.250,72 401,06 7,45
Teto Salarial 2.103,51 25.242,12 525,88 9,77


Categorias profissionais do cargo

  • Trabalhadores dos serviços, vendedores do comércio em lojas e mercados
    • Trabalhadores dos serviços
      • Trabalhadores dos serviços de hotelaria e alimentação
        • Trabalhadores no atendimento em estabelecimentos de serviços de alimentação, bebidas e hotelaria

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.141 - 2.194 1.409,05 1.140,75 1.343,00 1.811,51 2.194,15
Rio de Janeiro - RJ 1.073 - 1.734 1.222,19 1.073,45 1.200,00 1.431,60 1.734,00
Brasília - DF 1.057 - 1.522 1.140,10 1.057,03 1.128,60 1.256,77 1.522,24
Curitiba - PR 1.173 - 1.808 1.332,10 1.172,75 1.330,00 1.492,75 1.808,07
Belo Horizonte - MG 1.046 - 1.471 1.111,81 1.046,01 1.098,38 1.214,42 1.470,94
Goiânia - GO 1.067 - 1.578 1.182,16 1.067,11 1.188,00 1.303,18 1.578,45
Campinas - SP 1.169 - 1.829 1.333,98 1.169,05 1.380,00 1.510,13 1.829,11
Porto Alegre - RS 1.207 - 1.680 1.278,29 1.206,98 1.265,63 1.387,15 1.680,16
Fortaleza - CE 1.056 - 1.423 1.096,55 1.055,52 1.081,57 1.174,53 1.422,63
Florianópolis - SC 1.237 - 1.811 1.367,30 1.236,59 1.391,00 1.495,54 1.811,45
Campo Grande - MS 1.096 - 1.526 1.170,50 1.095,86 1.171,00 1.259,50 1.525,54
Salvador - BA 1.042 - 1.398 1.075,73 1.042,49 1.049,40 1.154,44 1.398,29
Recife - PE 1.050 - 1.487 1.110,81 1.049,93 1.088,19 1.227,96 1.487,35
Guarulhos - SP 1.177 - 1.866 1.336,06 1.176,98 1.319,00 1.540,47 1.865,86
Ribeirão Preto - SP 1.175 - 1.832 1.341,10 1.174,73 1.361,00 1.512,87 1.832,43
São José dos Campos - SP 1.175 - 2.231 1.398,91 1.175,50 1.309,20 1.841,79 2.230,83
Maringá - PR 1.157 - 1.769 1.324,80 1.157,07 1.330,00 1.460,14 1.768,56
São Bernardo do Campo - SP 1.262 - 2.221 1.495,18 1.262,06 1.440,00 1.833,79 2.221,14
Manaus - AM 1.042 - 1.417 1.086,96 1.042,21 1.061,09 1.169,85 1.416,95
Londrina - PR 1.179 - 1.789 1.334,54 1.178,62 1.354,00 1.477,26 1.789,30


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.160 - 2.205 1.415,40 1.159,52 1.350,00 1.820,83 2.205,45
Rio de Janeiro 1.075 - 1.720 1.214,28 1.074,50 1.186,00 1.420,13 1.720,10
Minas Gerais 1.048 - 1.550 1.140,48 1.048,38 1.112,26 1.279,93 1.550,29
Paraná 1.167 - 1.794 1.327,05 1.167,32 1.330,00 1.481,36 1.794,27
Santa Catarina 1.230 - 1.958 1.400,07 1.229,68 1.391,00 1.616,82 1.958,34
Rio Grande do Sul 1.172 - 1.758 1.289,85 1.171,74 1.265,63 1.451,70 1.758,34
Goiás 1.051 - 1.556 1.148,88 1.050,83 1.125,00 1.284,37 1.555,67
Distrito Federal 1.057 - 1.522 1.140,10 1.057,03 1.128,60 1.256,77 1.522,24
Bahia 1.043 - 1.620 1.128,79 1.043,38 1.057,00 1.337,28 1.619,75
Mato Grosso 1.043 - 1.508 1.111,38 1.042,83 1.086,00 1.245,08 1.508,08
Espírito Santo 1.069 - 1.619 1.158,23 1.068,59 1.097,04 1.336,28 1.618,54
Mato Grosso do Sul 1.093 - 1.568 1.177,22 1.093,02 1.171,00 1.294,30 1.567,69
Ceará 1.052 - 1.428 1.096,47 1.051,60 1.081,57 1.178,70 1.427,68
Pernambuco 1.049 - 1.544 1.122,48 1.049,18 1.088,19 1.274,85 1.544,13
Pará 1.044 - 1.968 1.222,92 1.043,75 1.105,40 1.624,95 1.968,19
Amazonas 1.042 - 1.416 1.086,71 1.042,34 1.060,00 1.168,97 1.415,89
Maranhão 1.053 - 1.520 1.134,14 1.053,35 1.100,00 1.255,19 1.520,32
Rondônia 1.093 - 1.483 1.149,41 1.093,18 1.131,50 1.224,43 1.483,06
Paraíba 1.043 - 2.151 1.241,50 1.043,44 1.055,00 1.775,96 2.151,10
Rio Grande do Norte 1.039 - 1.462 1.089,39 1.039,16 1.055,00 1.207,04 1.462,01
Alagoas 1.048 - 1.363 1.078,44 1.048,12 1.070,00 1.125,63 1.363,39
Tocantins 1.045 - 1.408 1.085,20 1.045,00 1.063,62 1.162,28 1.407,79
Piauí 1.041 - 1.389 1.078,64 1.040,87 1.055,00 1.147,04 1.389,33
Sergipe 1.036 - 1.678 1.139,74 1.035,92 1.066,48 1.385,55 1.678,22
Roraima 1.045 - 1.367 1.074,90 1.045,00 1.059,00 1.128,95 1.367,41
Acre 1.053 - 1.457 1.126,94 1.053,09 1.128,60 1.202,81 1.456,89
Amapá 1.044 - 1.393 1.075,42 1.044,22 1.045,00 1.150,05 1.392,97


Principais locais de trabalho

Trabalhadores no atendimento em estabelecimentos de serviços de alimentação, bebidas e hotelaria os trabalhadores dessas ocupações, normalmente, têm vínculo de trabalho assalariado, com carteira assinada ou, eventualmente, trabalham como autônomo com comissão. Atuam, predominantemente, no ramo de atividades ligadas a hotelaria, alimentação, saúde, serviços sociais e atividades recreativas, culturais e desportivas. Trabalham em equipe, em ambientes fechados, com revezamento de turnos e supervisão ocasional. Algumas das atividades podem ser exercidas sob pressão, em posições desconfortáveis durante longos períodos e com exposição a ruído intenso, podendo levar à situação de estresse. Eventualmente, em hospitais, podem ser expostos à radiação.


O que é preciso para trabalhar na área dos Trabalhadores no atendimento em estabelecimentos de serviços de alimentação, bebidas e hotelaria

Para o acesso ao trabalho nessa família ocupacional é exigido, no mínimo, o ensino fundamental incompleto e até um ano de experiência. A formação profissional ocorre com a prática no local de trabalho ou em cursos profissionalizantes. O trabalhador tem a possibilidade de ascender na carreira, iniciando a mesma como ajudante ou auxiliar, podendo atingir a ocupação de maître (família ocupacional 5101). O garçon de vinho e o Barista, para os quais é requerido o ensino médio, necessitam de especialização e experiência de um a dois anos. O mercado de trabalho tende a aumentar a exigência do nível de qualificação e profissionalização desses trabalhadores. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Chapista de lanchonete

Trabalhadores no atendimento em estabelecimentos de serviços de alimentação, bebidas e hotelaria devem:

  • realizar serviço de vinhos;
  • montar praça, carrinho, mesa, balcão, bar;
  • desmontar praça;
  • organizar o trabalho;
  • extrair café;
  • demonstrar competências pessoais;
  • atender o cliente;
  • preparar alimentos e bebidas (entradas, saladas, drinks etc);
  • servir o cliente;
  • higienizar utensílios e equipamentos;

  • Atividades

    • servir chá, licores e digestivos;
    • selecionar copos;
    • preparar frutas;
    • demonstrar discrição;
    • elaborar blend de café;
    • participar de concursos;
    • observar o ponto de cozimento dos alimentos;
    • verificar material de trabalho (utensílios e equipamentos);
    • trazer conta;
    • elaborar carta de vinhos;
    • servir pratos;
    • conferir ordem de serviço;
    • selecionar produtos (limpeza e outros);
    • enfeitar drinques, coquetéis e pratos;
    • regular moinho;
    • arrumar o espaço;
    • trabalhar em equipe;
    • mapear mesa para entrega de pratos;
    • decorar mesa;
    • verificar quantidade e disponibilidade de produtos;
    • entregar cardápio;
    • servir café;
    • informar previsão de tempo de espera;
    • forrar a bandeja;
    • dar sugestões;
    • montar kits de descartáveis (guardanapos, talheres, sal);
    • aquecer alimentos;
    • receber contas;
    • retirar restos de comida;
    • organizar estrutura de apoio (montar mise-en-place);
    • observar cumprimento das normas sanitárias;
    • retirar louça e prataria da máquina de lavar;
    • inventariar bebidas consumidas;
    • destinar o lixo;
    • elaborar carta de café;
    • provar café;
    • preparar sorvetes, ´milk shakes´ e ´chantilly´;
    • posicionar mesa para o paciente;
    • preparar sucos;
    • demonstrar criatividade;
    • preparar canapés;
    • demonstrar senso de responsabilidade;
    • apresentar vinho para o cliente;
    • verificar estoque de bebidas e alimentos;
    • tirar pedido;
    • acompanhar cliente à mesa;
    • repor material de apoio (fazer ménage);
    • cumprir normas e procedimentos sanitários;
    • discriminar sabores, odores e cores;
    • atualizar carta de vinho;
    • secar louça e/ou prataria;
    • preparar coquetéis, drinks, aperitivos;
    • fornecer informações ao cliente;
    • tirar toalhas;
    • preparar sanduíches;
    • selecionar talheres;
    • limpar bandejas e carrinho;
    • escolher louça;
    • substituir cobre-manchas;
    • esterilizar instrumentos e materiais;
    • verificar lista de reserva;
    • controlar prazo e data de validade de alimentos e bebidas;
    • organizar degustação de café;
    • montar carrinho;
    • vistoriar adega;
    • servir bandeja;
    • servir queijos;
    • criar bebidas e drinks com café;
    • separar lixo;
    • controlar acesso de pessoas;
    • conferir dieta;
    • substituir cinzeiros;
    • preparar ´couvert´;
    • desmontar o bufê (buffet);
    • selecionar utensílios de acordo com o método de preparo;
    • guardar produtos;
    • lavar utensílios;
    • descongelar alimentos;
    • checar pedido antes de servir;
    • trocar vinhos e copos de acordo com cardápio escolhido;
    • controlar sobras e perdas;
    • mostrar rolha ao cliente;
    • repor aparadores e guéridons;
    • encaminhar enxoval de mesa para lavanderia;
    • destrinchar peixe;
    • medir temperatura de serviço do vinho;
    • observar segurança do local de trabalho;
    • repor bebidas em geral;
    • operar moinho;
    • requisitar utensílios, equipamentos e produtos de limpeza;
    • servir charutos;
    • montar vitrine e prateleira;
    • dosar café;
    • cortar frutas para decoração;
    • inventariar o material (louças, pratarias, enxoval de mesa);
    • lidar com estresse;
    • montar a mesa, bandeja, balcão e bar;
    • demonstrar capacidade de organização;
    • preparar sondas;
    • limpar balcão e bancada;
    • preparar café;
    • preparar saladas;
    • preparar bebidas e drinks a base de café;
    • descrever tipos de grãos de café (região de cultivo, características de sabor, torra e paladar);
    • compactar café;
    • servir vinho;
    • dobrar guardanapos;
    • ouvir atentamente (saber ouvir);
    • abrir garrafa;
    • apresentar carta de vinhos;
    • administrar compra e recebimento de vinhos;
    • preparar ´sorbets´ e ´amuse-gueules´;
    • desmontar mesas;
    • demonstrar dinamismo;
    • servir aperitivos;
    • desmontar carrinho;
    • encaminhar pedidos para cozinha e bar;
    • compatibilizar café com alimentos;
    • limpar equipamentos;
    • administrar fluxo de pratos entre cozinha e mesas;
    • calibrar máquina de café ( ajustar temperatura e pressão);
    • preparar degustação de café;
    • explicar métodos de preparo do café;
    • guardar louças, copos e prataria;
    • completar bufê;
    • demonstrar equilíbrio emocional;
    • degustar vinhos;
    • flambar sobremesas, pratos e bebidas;
    • torrar café;
    • compatibilizar vinhos e alimentos;
    • contar número de couverts e refeições servidas;
    • demonstrar cordialidade;
    • pôr louça e/ou prataria na máquina de lavar;
    • limpar mesa;
    • fatiar carne (churrascaria);
    • colocar bebidas para gelar;
    • descrever pratos e produtos oferecidos;
    • operar máquina de café;
    • servir bebidas;
    • acomodar cliente;
    • limpar o chão;
    • fazer porções para viagem;
    • descrever bebidas e drinks com café;
    • recepcionar cliente;
    • finalizar bebida (latte arte e grafismo);
    • atender reclamações do cliente;
    • decantar o vinho;
    • fazer serviço de ´réchaud´;
    • demonstrar proatividade;
    • limpar prataria;
    • providenciar gelo;
    • trazer couvert;
    • recolher louça, talheres, copos e bandejas;
    • observar a apresentação dos pratos;
    • checar conta;
    • manter-se atento;
    • passar o enxoval de mesa (toalha, guardanapo etc);
    • selecionar alimentos e bebidas;
    • vaporizar leite;
    • contornar situações adversas;
    • servir sobremesas;
    • questionar as preferências do cliente;

    Setores que mais contratam Chapista de lanchonete no mercado de trabalho

    • Lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares
    • Restaurantes e similares
    • Padaria e confeitaria com predominância de revenda
    • Comércio varejista de produtos alimentícios em geral ou especializado em produtos alimentícios não especificados anteriormente
    • Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - supermercados
    • Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - minimercados, mercearias e armazéns
    • Fabricação de produtos de padaria e confeitaria com predominância de produção própria
    • Comércio varejista de combustíveis para veículos automotores
    • Fornecimento de alimentos preparados preponderantemente para consumo domiciliar
    • Serviços combinados de escritório e apoio administrativo




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: