Salário para o cargo de Secretário (diplomacia)
CBO 1114-05 > Dirigentes do serviço público

Secretário (diplomacia) - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Garantem suporte na gestão de pessoas, na administração de material, patrimônio, informática e serviços para as áreas meios e finalísticas da administração pública federal, estadual, distrital e municipal. Definem diretrizes, planejam, coordenam e supervisionam ações, monitorando resultados e fomentando políticas de mudança.

Quanto ganha um Secretário (diplomacia)

Um Secretário (diplomacia) trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.207,36 e R$ 16.137,56, com a média salarial de R$ 4.965,37 e o salário mediana em R$ 1.500,00 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Secretário (diplomacia)

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 4.965,37 59.584,40 1.241,34 23,07
1º Quartil 1.207,36 14.488,37 301,84 5,61
Salário Mediana 1.500,00 18.000,00 375,00 6,97
3º Quartil 12.307,19 147.686,28 3.076,80 57,19
Teto Salarial 16.137,56 193.650,68 4.034,39 74,99


Categorias profissionais do cargo

  • Membros superiores do poder público, dirigentes de organizações de interesse público e de empresas, gerentes
    • Membros superiores e dirigentes do poder público
      • Membros superiores do poder legislativo, executivo e judiciário
        • Dirigentes do serviço público

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Rio de Janeiro - RJ 1.237 - 1.893 1.409,28 1.237,23 1.513,92 1.562,70 1.892,79


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Rio de Janeiro 1.237 - 1.893 1.409,28 1.237,23 1.513,92 1.562,70 1.892,79
Rondônia 1.136 - 1.817 1.301,80 1.136,06 1.186,96 1.500,00 1.816,85
São Paulo 1.045 - 39.971 7.597,08 1.045,00 1.381,46 33.000,00 39.970,59


Principais locais de trabalho

Dirigentes do serviço público os ocupantes dos cargos dessa família ocupacional exercem suas atividades nas mais diversas áreas da administração pública federal, estadual, distrital e municipal, como área financeira e contábil, administrativa, de recursos humanos, jurídica, de tecnologia da informação e outras. Realizam suas atividades em equipe, sob supervisão ocasional, em ambiente fechado. Estão expostos ao assédio de grupos de pressão.


O que é preciso para trabalhar na área dos Dirigentes do serviço público

Para o exercício desses cargos,geralmente é exigida escolaridade de nível superior e seu provimento é por indicação superior. É vedado o ingresso nesses cargos ao cidadão que estiver respondendo a processos criminais ou administrativos.


Funções e atividades do Secretário (diplomacia)

Dirigentes do serviço público devem:

  • administrar organizações da esfera pública e relacionadas;
  • planejar ações;
  • supervisionar ações operacionais;
  • comunicar-se;
  • monitorar resultados;
  • definir diretrizes;
  • coordenar ações operacionais;
  • demonstrar competências pessoais;

  • Atividades

    • demonstrar atitude ética;
    • esclarecer normas à equipe;
    • prospectar oportunidades;
    • organizar grupos de discussão;
    • identificar prioridades;
    • estabelecer rede de relacionamento e parcerias;
    • planejar aplicação dos recursos financeiros;
    • demonstrar flexibilidade;
    • demonstrar capacidade empreendedora;
    • administrar materiais e patrimônio;
    • definir ações entre áreas;
    • demonstrar liderança;
    • fomentar política de mudança;
    • discutir distribuição de orçamento entre áreas;
    • demonstrar capacidade de trabalho sob pressão;
    • supervisionar contratos de serviços de infraestrutura;
    • normatizar procedimentos;
    • definir diretrizes para tratamento de informações institucionais;
    • demonstrar visão sistêmica;
    • demonstrar capacidade de comunicação oral e escrita;
    • analisar cenários;
    • administrar recursos financeiros;
    • reconduzir fluxo de procedimentos;
    • desenvolver padrões de procedimentos;
    • supervisionar ações na área de informática;
    • classificar ações operacionais, intermediárias e estratégicas;
    • propor modificações nas normas;
    • relacionar resultados com normas vigentes;
    • planejar aquisição de materiais e patrimônio;
    • acompanhar a execução orçamentária e financeira;
    • administrar informações institucionais;
    • definir diretrizes para aquisição de materiais e patrimônio;
    • supervisionar ações intersetoriais;
    • acompanhar indicadores;
    • avaliar desempenho institucional;
    • coordenar utilização de infraestrutura;
    • estabelecer metas;
    • avaliar desempenho gerencial;
    • supervisionar conservação do patrimônio;
    • demonstrar capacidade de administrar conflitos;
    • identificar melhores práticas de trabalho;
    • elaborar relatórios de prestação de contas;
    • coordenar ações operacionais na área de pessoal;
    • definir diretrizes para gestão de pessoas;
    • divulgar diretrizes;
    • demonstrar polidez;
    • identificar pontos críticos da área;
    • planejar utilização de serviços;
    • demonstrar capacidade de tomar decisões;
    • definir diretrizes para tratamento da documentação;
    • definir parâmetros de avaliação;
    • avaliar aplicabilidade das normas vigentes;
    • prestar consultoria e assessoria;
    • monitorar desempenho dos sistemas de informática;
    • identificar cenários;
    • planejar aquisição de recursos de informática;
    • definir diretrizes para aquisição de recursos de informática;
    • administrar pessoas;
    • planejar etapas do processo de trabalho;
    • administrar recursos de informática;
    • administrar serviços de infraestrutura;
    • supervisionar movimentação de materiais e patrimônio;
    • coordenar utilização de recursos de informática;
    • planejar ações estratégicas para gestão de pessoas;
    • avaliar desempenho individual;
    • definir aplicação de recursos financeiros;
    • definir diretrizes para tramitação de documentos;
    • otimizar contratação e distribuição de pessoas;
    • divulgar resultados;
    • comunicar-se com demais setores da organização;
    • avaliar desempenho da equipe;
    • dirigir equipes;
    • demonstrar capacidade de negociação;
    • avaliar processos de trabalho;
    • divulgar normas e procedimentos;
    • definir diretrizes para contratação de serviços de infraestrutura;
    • elaborar relatórios gerenciais;
    • planejar contratação de serviços;
    • supervisionar ações de desenvolvimento de pessoas;
    • administrar compras e contratos;
    • demonstrar capacidade de trabalho em equipe;
    • demonstrar proatividade;
    • desenvolver projetos em conjunto;
    • interpretar normas;
    • coordenar ações intersetoriais;
    • avaliar qualidade dos serviços prestados;
    • monitorar resultados financeiros;


    Setores que mais contratam Secretário (diplomacia) no mercado de trabalho

    • Construção de edifícios
    • Atividade médica ambulatorial com recursos para realização de procedimentos cirúrgicos
    • Administração pública em geral
    • Extração de minerais para fabricação de adubos, fertilizantes e outros produtos químicos
    • Criação de bovinos, exceto para corte e leite
    • Comércio a varejo de automóveis, camionetas e utilitários novos
    • Fabricação de esquadrias de metal
    • Previdência complementar fechada
    • Atividades de contabilidade
    • Comércio varejista de outros artigos de uso doméstico não especificados anteriormente




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: