Salário para o cargo de Chefe de administração patrimonial
CBO 4102-20 > Supervisores de serviços financeiros, de câmbio e de controle

Chefe de administração patrimonial - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Supervisionam e controlam serviços financeiros diversos, benspatrimoniais e logísticos, elaboram orçamentos, efetuam pagamentos,realizam cobrança, controlam bens patrimoniais, fecham câmbio, analisam crédito, coordenam caixas, administram processos logísticos e gerenciam almoxarifado/estoque. Supervisionam equipes de trabalho, orientando e avaliando desempenho em busca da melhor qualidade no trabalho.

Quanto ganha um Chefe de administração patrimonial

Um Chefe de administração patrimonial trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.327,76 e R$ 5.586,37, com a média salarial de R$ 2.392,46 e o salário mediana em R$ 1.641,28 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Chefe de administração patrimonial

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 2.392,46 28.709,47 598,11 11,05
1º Quartil 1.327,76 15.933,17 331,94 6,13
Salário Mediana 1.641,28 19.695,36 410,32 7,58
3º Quartil 4.260,40 51.124,83 1.065,10 19,68
Teto Salarial 5.586,37 67.036,41 1.396,59 25,81


Categorias profissionais do cargo

  • Trabalhadores de serviços administrativos
    • Escriturários
      • Supervisores de serviços administrativos (exceto de atendimento ao público)
        • Supervisores de serviços financeiros, de câmbio e de controle

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Brasília - DF 1.198 - 1.919 1.306,24 1.198,20 1.222,00 1.584,28 1.918,93
São Paulo - SP 1.522 - 10.508 3.758,24 1.521,64 2.300,00 8.675,37 10.507,86
Rio de Janeiro - RJ 1.417 - 7.771 2.988,06 1.417,17 2.065,23 6.415,56 7.770,72
Ribeirão Preto - SP 1.375 - 1.842 1.429,58 1.375,04 1.402,27 1.520,84 1.842,08
Manaus - AM 1.357 - 4.618 2.073,39 1.357,23 1.600,00 3.812,36 4.617,64
Recife - PE 1.143 - 3.378 1.598,24 1.142,50 1.190,00 2.788,63 3.377,68
Curitiba - PR 1.347 - 6.999 2.804,79 1.346,53 2.211,00 5.778,29 6.998,84
Franca - SP 1.397 - 2.410 1.540,83 1.397,08 1.402,27 1.989,52 2.409,76
Goiânia - GO 1.303 - 5.376 2.491,76 1.303,19 2.069,16 4.438,19 5.375,67
Campinas - SP 1.849 - 7.254 3.055,51 1.848,99 2.312,08 5.989,00 7.254,06
Barueri - SP 1.796 - 7.602 3.498,01 1.796,41 3.285,04 6.276,51 7.602,30
Santo André - SP 1.596 - 5.218 2.406,51 1.595,68 2.000,00 4.307,69 5.217,60
São Bernardo do Campo - SP 1.793 - 3.694 2.208,96 1.792,81 1.962,66 3.049,40 3.693,52
Fortaleza - CE 1.236 - 5.784 2.557,84 1.235,51 2.078,30 4.775,42 5.784,13
Belo Horizonte - MG 1.915 - 11.267 4.124,45 1.914,55 2.702,96 9.302,11 11.267,00
Porto Alegre - RS 1.481 - 8.602 3.455,07 1.481,15 2.548,72 7.102,17 8.602,36
São José dos Campos - SP 1.453 - 4.027 1.959,57 1.453,32 1.600,00 3.324,75 4.027,04
Mogi das Cruzes - SP 1.442 - 3.852 2.307,86 1.441,69 2.327,25 3.180,48 3.852,30
Nova Iguaçu - RJ 1.487 - 3.230 1.823,09 1.486,99 1.630,09 2.666,67 3.229,95
Salvador - BA 1.392 - 7.389 3.137,65 1.391,89 2.200,00 6.100,00 7.388,50


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.398 - 7.509 2.889,02 1.397,94 1.962,66 6.199,28 7.508,75
Distrito Federal 1.198 - 1.919 1.306,24 1.198,20 1.222,00 1.584,28 1.918,93
Rio de Janeiro 1.320 - 7.217 2.825,56 1.320,10 1.808,86 5.958,43 7.217,02
Paraná 1.298 - 5.484 2.389,82 1.298,27 1.865,07 4.527,46 5.483,79
Minas Gerais 1.382 - 6.340 2.832,78 1.382,06 2.303,39 5.234,45 6.340,12
Amazonas 1.357 - 5.419 2.232,98 1.357,23 1.600,00 4.473,86 5.418,87
Pernambuco 1.131 - 3.744 1.710,33 1.131,39 1.200,00 3.090,85 3.743,73
Goiás 1.293 - 5.270 2.509,12 1.292,66 2.069,16 4.350,75 5.269,76
Rio Grande do Sul 1.318 - 7.047 2.825,63 1.318,42 2.153,85 5.818,06 7.047,01
Espírito Santo 1.405 - 4.159 2.018,63 1.404,88 1.664,59 3.433,55 4.158,82
Bahia 1.301 - 6.047 2.755,00 1.301,05 2.086,53 4.992,70 6.047,31
Ceará 1.259 - 7.269 2.837,01 1.258,98 2.066,60 6.001,02 7.268,61
Mato Grosso 1.311 - 4.751 2.437,35 1.311,42 2.128,68 3.922,12 4.750,59
Santa Catarina 1.561 - 7.675 3.117,48 1.561,41 2.046,01 6.336,70 7.675,20
Pará 1.295 - 8.026 3.274,68 1.295,17 2.002,00 6.626,42 8.026,12
Paraíba 1.304 - 4.851 2.165,26 1.304,26 1.838,73 4.005,04 4.851,03
Mato Grosso do Sul 1.368 - 3.723 2.384,13 1.368,00 2.500,00 3.073,54 3.722,76
Alagoas 1.045 - 6.581 2.163,08 1.045,00 1.060,00 5.433,33 6.581,02
Rio Grande do Norte 1.794 - 5.073 2.641,58 1.793,57 2.130,00 4.188,04 5.072,68
Rondônia 1.392 - 8.009 2.798,36 1.392,00 2.194,75 6.612,18 8.008,87
Maranhão 1.100 - 3.634 1.900,00 1.100,00 1.500,00 3.000,00 3.633,69


Principais locais de trabalho

Supervisores de serviços financeiros, de câmbio e de controle trabalham em vários ramos de atividades, tais como, indústrias diversas, operadoras logísticas e atividades empresariais. Normalmente, são empregados com carteira assinada com supervisão ocasional, estando diretamente subordinados aos gerentes e possuem subordinados. No caso dos supervisores de câmbio, existe a possibilidade de trabalharem por conta própria. Executam seus trabalhos em horário diurno e em ambientes fechados.


O que é preciso para trabalhar na área dos Supervisores de serviços financeiros, de câmbio e de controle

Para o exercício desse cargo requer-se curso superior completo. O exercício pleno das atividades demanda, em média, de três a quatro anos de experiência na área e para algumas ocupações, curso básico de qualificação profissional de até 200 horas-aula.


Funções e atividades do Chefe de administração patrimonial

Supervisores de serviços financeiros, de câmbio e de controle devem:

  • controlar bens patrimoniais;
  • coordenar caixas;
  • analisar crédito;
  • realizar cobrança;
  • gerir estoque/almoxarifado;
  • administrar processos logísticos;
  • supervisionar trabalho de equipe;
  • elaborar orçamento;
  • fechar câmbio;
  • efetuar pagamentos;
  • demonstrar competências pessoais;

  • Atividades

    • fornecer subsídios para elaboração de contrato de fornecimento;
    • prestar informações sobre bens;
    • confirmar chapeamento de bens;
    • determinar tipo de bem para fins de depreciação;
    • monitorar movimentação de materiais e/ou produtos segundo a curva abc;
    • baixar bens;
    • controlar execução orçamentária;
    • planejar trabalho da equipe;
    • orientar execução dos trabalhos;
    • negociar prazos, quantidade, condições com fornecedores e/ou clientes;
    • controlar condições de acondicionamento de materiais e/ou produtos;
    • consolidar informações das áreas;
    • participar da definição de tipos de embalagem e modos de embalar materiais e/ou produtos;
    • cadastrar clientes;
    • controlar saldos de contratos de fornecimentos;
    • controlar fluxo de recebimento de materiais;
    • pesquisar taxas bancárias;
    • elaborar procedimentos e normas específicas à área;
    • resolver pendências financeiras de exportação;
    • comparar valores estimados com realizados;
    • orientar áreas de acordo com metas e objetivos da empresa;
    • realizar acordos com clientes;
    • atender auditorias (interna e externa);
    • analisar objetivos e metas definidas pela empresa;
    • planejar recebimentos;
    • demonstrar capacidade de visão holística;
    • gerar documentos para contabilidade;
    • controlar entrada de recursos;
    • apresentar os resultados das metas da área/setor;
    • estabelecer modo de embalagem e de identificação de materiais;
    • identificar necessidade de contratação de colaboradores;
    • auxiliar na elaboração do orçamento;
    • administrar conflitos;
    • elaborar relatórios, formulários, planilhas...;
    • planejar fluxo de caixa;
    • participar da definição de metas corporativas;
    • supervisionar aplicação do método peps (primeiro a entrar, primeiro a sair);
    • monitorar indicadores de desempenho;
    • controlar saldo de ordem de compra;
    • demonstrar iniciativa;
    • listar pagamentos a efetuar;
    • contratar agente embarcador;
    • consultar informações cadastrais do cliente;
    • levantar preços de mercado;
    • controlar fluxo de produção;
    • demonstrar agilidade;
    • demonstrar liderança;
    • classificar bens por centro de custos;
    • controlar empréstimos, aplicações bancárias;
    • demonstrar flexibilidade;
    • solicitar compra para reposição de estoque;
    • planejar estocagem de materiais e/ou produtos;
    • decidir sobre admissão ou desligamento de colaboradores;
    • estabelecer metas de produção por área/setor/atividade;
    • monitorar transporte internacional;
    • baixar títulos recebidos;
    • coletar índices econômicos;
    • registrar faturas;
    • administrar controle de frequência/ponto (faltas, atrasos, justificativas);
    • conciliar valores;
    • administrar disponibilidade de valores entre caixas ou filiais;
    • identificar títulos não pagos;
    • solucionar pendências com áreas técnicas e comerciais;
    • enviar títulos aos cartórios ou empresas de cobranças terceirizadas;
    • controlar fluxo de expedição de produtos;
    • controlar empréstimos entre empresas coligadas (mútuo);
    • administrar requisições de materiais e/ou produtos;
    • demonstrar capacidade analítica;
    • manter atualizado cadastro de clientes;
    • planejar escala de férias;
    • projetar receitas;
    • analisar informações cadastrais do cliente;
    • prever recebimentos;
    • estabelecer limites de crédito;
    • contratar câmbio;
    • controlar fundo fixo de caixa;
    • controlar saldos bancários;
    • acompanhar processos contenciosos;
    • avaliar desempenho dos colaboradores;
    • controlar níveis de estoque (quantidade, valor...);
    • encaminhar faturas de exportação não pagas à gerência;
    • reavaliar projeções;
    • transferir posse de bens;
    • distribuir tarefas;
    • coletar dados financeiros e econômicos da empresa;
    • receber documentos do departamento de exportação;
    • avaliar bancos internacionais indicados pelos clientes;
    • negociar taxas de juros;
    • participar na elaboração de normas e manuais de procedimentos;
    • conferir pagamentos efetuados;
    • demonstrar capacidade de negociação;
    • verificar o cumprimento de normas legais e de segurança;
    • definir necessidades de compras de materiais;
    • supervisionar realização de inventário;
    • orientar colaboradores quanto a utilização e manutenção de equipamentos;
    • ajustar valor dos bens reavaliados;
    • programar pagamentos;
    • decidir garantias para concessão de crédito;
    • dimensionar recursos disponíveis (humanos, materiais, equipamentos);
    • inventariar bens;
    • gerar relatórios de depreciação e de imobilizado;
    • monitorar cobranças bancárias;
    • supervisionar reavaliação de bens por terceiros;
    • elaborar demonstrativos financeiros e econômicos;
    • conferir documentação de fechamento de caixas;
    • demonstrar objetividade;
    • motivar equipe;
    • realizar cobranças de títulos em carteira;
    • identificar necessidade de novos equipamentos;
    • incorporar bem;
    • trabalhar em equipe;
    • suprimir créditos;
    • preparar documentos para fechamento (faturas);
    • demonstrar capacidade de tomar decisões;
    • buscar feed back junto aos clientes (nível dos serviços logísticos);
    • gerar histórico dos clientes internacionais;
    • emitir borderô de cobrança;
    • supervisionar o recebimento de materiais;
    • negociar prazos de pagamentos com fornecedores;
    • acompanhar prazo de validade dos materiais e/ou produtos;
    • estabelecer prioridades de trabalho;
    • controlar estoque de materiais e/ou produtos inservíveis;
    • promover a capacitação da equipe;
    • calcular curva abc de estoque;
    • analisar documentos para fechamento de câmbio;
    • cobrar títulos vencidos;
    • efetuar cobrança da exportação;
    • analisar pedidos de clientes;
    • projetar gastos por áreas;
    • estimar custo de pessoal;
    • contratar seguradora;
    • analisar necessidades das áreas;
    • examinar prestações de contas;
    • acompanhar pedidos de compra da empresa;
    • administrar entrega de materiais e/ou produtos;
    • propor ações judiciais contra inadimplentes;
    • acompanhar chegada de documentos originais de importação;


    Setores que mais contratam Chefe de administração patrimonial no mercado de trabalho

    • Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - supermercados
    • Limpeza em prédios e em domicílios
    • Serviços combinados para apoio a edifícios, exceto condomínios prediais
    • Locação de mão-de-obra temporária
    • Serviços combinados de escritório e apoio administrativo
    • Atividades de vigilância e segurança privada
    • Outras atividades de serviços prestados principalmente às empresas
    • Educação superior - graduação e pós-graduação
    • Condomínios prediais
    • Fabricação de colchões




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: