Salário para o cargo de Supervisor de operações turísticas
CBO 3548-10 > Técnicos em serviços de turismo e organização de eventos

Supervisor de operações turísticas - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Montam e vendem pacotes de produtos e serviços turísticos e organizam eventos sociais, culturais e técnico científicos, dentre outros. Contratam serviços, planejam eventos, promovem e reservam produtos e serviços turísticos e coordenam a realização de eventos. Participam de eventos, cerimônias e solenidades diversos promovidos por órgãos públicos(prefeituras, governos, autarquias e órgãos públicos),organizações privadas e empresas. Preparam, elaboram roteiros dos eventos, acompanham as autoridades e/ou personalidades.

Quanto ganha um Supervisor de operações turísticas

Um Supervisor de operações turísticas trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.210,61 e R$ 4.271,15, com a média salarial de R$ 1.967,00 e o salário mediana em R$ 1.654,67 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Supervisor de operações turísticas

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.967,00 23.604,05 491,75 9,24
1º Quartil 1.210,61 14.527,32 302,65 5,68
Salário Mediana 1.654,67 19.856,04 413,67 7,77
3º Quartil 3.257,36 39.088,36 814,34 15,29
Teto Salarial 4.271,15 51.253,82 1.067,79 20,05


Categorias profissionais do cargo

  • Técnicos de nível médio
    • Técnicos de nivel médio nas ciências administrativas
      • Técnicos de nivel médio em operações comerciais
        • Técnicos em serviços de turismo e organização de eventos

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.470 - 4.941 2.520,86 1.469,58 2.274,74 4.079,63 4.941,37
Rio de Janeiro - RJ 1.378 - 5.269 2.547,38 1.378,34 2.198,12 4.350,40 5.269,33
Curitiba - PR 1.239 - 2.962 1.605,09 1.238,87 1.280,23 2.445,55 2.962,13
Foz do Iguaçu - PR 1.404 - 2.642 1.675,06 1.403,68 1.600,00 2.181,14 2.641,86
Belo Horizonte - MG 1.209 - 3.152 1.752,17 1.208,56 1.600,00 2.602,27 3.151,95
Porto Seguro - BA 1.164 - 2.627 1.629,44 1.164,35 1.570,00 2.168,64 2.626,72
Porto Alegre - RS 1.487 - 4.018 2.211,79 1.486,94 1.908,41 3.317,35 4.018,07
Salvador - BA 1.317 - 3.349 1.884,74 1.317,49 1.644,66 2.765,05 3.349,11
Gramado - RS 1.387 - 3.635 1.970,97 1.387,34 1.800,00 3.000,96 3.634,85
Ipojuca - PE 1.144 - 2.283 1.419,37 1.143,83 1.298,57 1.885,11 2.283,30
Fortaleza - CE 1.132 - 1.614 1.208,09 1.132,19 1.184,48 1.332,67 1.614,18
Florianópolis - SC 1.451 - 3.101 1.821,51 1.451,34 1.685,00 2.560,06 3.100,82
Barueri - SP 1.594 - 4.864 2.486,16 1.593,73 2.082,35 4.015,79 4.864,05
Recife - PE 1.270 - 2.952 1.715,48 1.270,41 1.500,00 2.437,20 2.952,01
Rio Quente - GO 1.045 - 1.609 1.123,51 1.045,00 1.068,32 1.328,80 1.609,48
Santo André - SP 1.703 - 4.530 2.682,44 1.702,73 2.731,00 3.740,00 4.530,00
Armação de Búzios - RJ 1.387 - 2.972 1.771,43 1.387,14 1.550,00 2.453,35 2.971,58
Poços de Caldas - MG 1.130 - 1.490 1.175,28 1.129,89 1.170,60 1.230,54 1.490,47
Natal - RN 1.139 - 2.526 1.541,44 1.138,66 1.500,00 2.085,50 2.526,02
Brasília - DF 1.211 - 2.975 1.830,92 1.210,77 1.898,18 2.455,94 2.974,71


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.429 - 4.760 2.403,42 1.428,69 2.054,73 3.929,75 4.759,84
Rio de Janeiro 1.303 - 4.798 2.287,64 1.302,73 1.900,00 3.961,30 4.798,05
Paraná 1.237 - 2.780 1.621,66 1.236,83 1.437,00 2.295,51 2.780,39
Bahia 1.181 - 3.096 1.764,82 1.181,40 1.644,66 2.555,97 3.095,87
Minas Gerais 1.160 - 2.653 1.497,96 1.160,06 1.297,00 2.190,13 2.652,76
Rio Grande do Sul 1.366 - 3.623 1.981,05 1.365,73 1.816,38 2.991,07 3.622,87
Santa Catarina 1.420 - 3.173 1.858,95 1.420,17 1.685,00 2.619,67 3.173,02
Pernambuco 1.137 - 2.873 1.564,70 1.137,46 1.394,28 2.371,79 2.872,78
Ceará 1.126 - 2.023 1.317,77 1.125,97 1.184,48 1.670,61 2.023,49
Goiás 1.047 - 2.752 1.401,58 1.047,22 1.068,32 2.271,80 2.751,68
Mato Grosso do Sul 1.187 - 2.420 1.531,37 1.186,53 1.470,00 1.998,27 2.420,36
Rio Grande do Norte 1.111 - 2.381 1.480,46 1.111,06 1.500,00 1.966,12 2.381,42
Alagoas 1.055 - 2.505 1.483,80 1.055,16 1.478,00 2.067,79 2.504,57
Distrito Federal 1.211 - 2.975 1.830,92 1.210,77 1.898,18 2.455,94 2.974,71
Espírito Santo 1.235 - 3.182 2.013,59 1.234,74 2.194,08 2.627,13 3.182,05
Maranhão 1.060 - 2.399 1.492,19 1.060,20 1.507,76 1.980,25 2.398,54
Amazonas 1.045 - 1.893 1.321,51 1.045,00 1.269,78 1.563,14 1.893,32
Paraíba 1.153 - 2.678 1.726,46 1.153,07 1.800,00 2.210,77 2.677,75
Pará 1.262 - 3.270 1.983,20 1.261,65 1.826,07 2.700,00 3.270,32
Sergipe 1.100 - 2.058 1.398,46 1.100,00 1.385,32 1.698,75 2.057,57
Mato Grosso 1.100 - 4.483 1.933,23 1.100,00 1.612,50 3.701,00 4.482,76
Piauí 1.091 - 1.789 1.247,70 1.090,50 1.098,00 1.477,00 1.788,99


Principais locais de trabalho

Técnicos em serviços de turismo e organização de eventos atuam em empresas de turismo, agências de viagens, serviços de hospedagem, serviços culturais, organizadoras de eventos, dentre outras, como assalariados, com carteira assinada ou como trabalhadores autônomos e até mesmo como empregadores. Organizam-se em equipe de trabalho, trabalham sob supervisão, em ambiente fechado.


O que é preciso para trabalhar na área dos Técnicos em serviços de turismo e organização de eventos

O exercício desse cargo requer no mínimo ensino médio completo acrescido de cursos de qualificação profissional de curta duração. Atualmente no mercado de trabalho há um grande número de profissionais de nível superior, com graduação tecnológica, no exercício desse cargo. É desejável fluência em idiomas estrangeiros. O pleno desempenho das atividades ocorre após um ou dois anos de experiência.


Funções e atividades do Supervisor de operações turísticas

Técnicos em serviços de turismo e organização de eventos devem:

  • montar pacotes de turismo;
  • contratar fornecedores de serviços;
  • auxiliar no planejamento das atividades de turismo;
  • demonstrar competências pessoais;
  • coordenar realização de eventos;
  • reservar serviços turísticos;
  • organizar atos e sessões solenes, solenidade e cerimônias;
  • comunicar-se;
  • vender serviços turísticos;
  • promover serviços turísticos;
  • planejar eventos;
  • organizar eventos;

  • Atividades

    • emitir passagens;
    • definir local, data e horário do evento;
    • prospectar agenda de autoridade;
    • verificar satisfação do cliente (pós venda);
    • elaborar lista de convidados;
    • alugar carros;
    • realizar pesquisas;
    • vender hospedagem;
    • supervisionar cumprimento do roteiro;
    • participar de viagens de familiarização de produtos turísticos;
    • contatar prestadores de serviços turísticos e de apoio;
    • calcular custo de pacotes;
    • demonstrar capacidade de liderança;
    • definir programação visual;
    • elaborar convites;
    • intermediar interesses;
    • redigir documentos;
    • vender roteiros personalizados;
    • verificar qualidade do serviço prestado;
    • programar o pré-pagamento para datas especiais;
    • preparar cerimonial e/ou roteiro;
    • selecionar prestadores de serviços de apoio a eventos;
    • emitir vouchers;
    • demonstrar capacidade de resolver situações imprevistas;
    • controlar prazos de reservas;
    • realizar visita técnica;
    • buscar patrocínios e apoios;
    • definir mestre de cerimônia;
    • transmitir segurança e confiança;
    • participar de treinamentos para venda de pacotes turísticos;
    • elaborar nominatas;
    • encaminhar relação de clientes aos prestadores de serviços contratados;
    • elaborar material promocional;
    • demonstrar fluência verbal;
    • administrar correspondências;
    • organizar dados para avaliar impacto econômico, social, cultural e ambiental nos locais de turismo;
    • selecionar empresas prestadoras de serviços de apoio a eventos;
    • prestar consultoria;
    • controlar orçamento;
    • recepcionar autoridades;
    • auxiliar na organização de informações e dados para o turismo;
    • levantar dados primários e secundários para projetos de pesquisas de turismo;
    • analisar características do evento;
    • atender participantes, convidados, imprensa, autoridades e expositores;
    • prestar orientação técnica;
    • prestar assistência no embarque ou desembarque;
    • orientar sobre vestimenta adequadas;
    • realizar prestação de contas;
    • elaborar o plano de mesas;
    • propor local e data do evento;
    • identificar atrativos turísticos para desenvolvimento de pacotes turísticos;
    • vender pacotes turísticos e excursões;
    • contratar mestre de cerimônias;
    • vender opcionais;
    • registrar participante;
    • contratar serviços de transporte;
    • dimensionar lay-out do evento;
    • realizar visitas prévias de avaliação dos serviços turísticos;
    • contratar hospedagem;
    • elaborar roteiros personalizados e para grupos;
    • providenciar reserva de serviços;
    • preparar roteiro do evento;
    • definir cronogramas e atividades de pacotes turísticos;
    • liberar ordem de pagamento do serviço prestado;
    • coordenar fornecedores;
    • demonstrar persuasão;
    • prestar assessoria;
    • elaborar cronograma;
    • auxiliar na preparação do cerimonial e /ou roteiros;
    • participar de workshop e encontros técnicos;
    • elaborar orçamento;
    • elaborar roteiro de viagens para autoridade e comitiva;
    • coordenar montagem da infraestrutura do evento;
    • sugerir nichos de mercado;
    • identificar necessidades do cliente/autoridade;
    • participar de missão precursora;
    • montar tarifários;
    • zelar pelo cumprimento das normas protocolares;
    • levantar necessidades de recursos humanos, materiais e financeiros;
    • contratar atrações artísticas e culturais;
    • contratar serviços de apoio de eventos;
    • preparar documentos para formalização de contratos;
    • acompanhar planos de metas;
    • contratar guias de turismo;
    • subsidiar análises de viabilidade técnico econômico de produtos turísticos;
    • contratar fornecedores de serviços receptivos;
    • coordenar equipes executivas (equipes de recepção);
    • orientar cliente e/ou autoridade sobre documentação de viagem;
    • captar cadastro de público alvo;
    • demonstrar capacidade de atuação ( physique de role);
    • coordenar desmontagem do evento;
    • demonstrar capacidade de organização;
    • organizar atividades sociais para os participantes do evento e seus acompanhantes;
    • demonstrar iniciativa;
    • vender seguro de viagem e assistência;
    • vender passagens aéreas, hidroviárias e terrestres;
    • montar planos de metas;
    • aplicar leis, normas e princípios protocolares;
    • elaborar relatórios;
    • validar aspectos protocolares de comunicação;
    • encaminhar relação de autoridades e membros da comitiva aos serviços contratados;
    • divulgar produtos e serviços;

    Setores que mais contratam Supervisor de operações turísticas no mercado de trabalho

    • Agências de viagens
    • Hotéis
    • Operadores turísticos
    • Serviços de reservas e outros serviços de turismo não especificados anteriormente
    • Condomínios prediais
    • Restaurantes e similares
    • Gestão e administração da propriedade imobiliária
    • Atividades de associações de defesa de direitos sociais
    • Serviços combinados de escritório e apoio administrativo
    • Locação de mão-de-obra temporária




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: