Salário para o cargo de Repórter de rádio
CBO 2617-30 > Locutores, comentaristas e repórteres de mídias audiovisuais

Repórter de rádio - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Apresentam programas de rádio, televisão e noticiários, ancorando programas, nos quais interpretam o conteúdo da apresentação, noticiam e comentam fatos, leem textos no ar, narram transmissão de eventos, tecem comentários sobre os mesmos, fazem locução gravando voz para mídias, entrevistam pessoas, anunciam produtos e serviços, preparam conteúdo para apresentação, participando da definição da pauta, redigindo a notícia, checando as informações, atuam em rádio, televisão e eventos, bem como em mídias audiovisuais.

Quanto ganha um Repórter de rádio

Um Repórter de rádio trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.511,19 e R$ 6.375,84, com a média salarial de R$ 2.834,96 e o salário mediana em R$ 2.512,03 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Repórter de rádio

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 2.834,96 34.019,49 708,74 16,35
1º Quartil 1.511,19 18.134,30 377,80 8,72
Salário Mediana 2.512,03 30.144,36 628,01 14,49
3º Quartil 4.862,49 58.349,88 1.215,62 28,04
Teto Salarial 6.375,84 76.510,11 1.593,96 36,77


Categorias profissionais do cargo

  • Profissionais das ciências e das artes
    • Comunicadores, artistas e religiosos
      • Profissionais da comunicação e da informação
        • Locutores, comentaristas e repórteres de mídias audiovisuais

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 2.267 - 8.311 4.158,68 2.267,30 3.919,82 6.861,33 8.310,65
Rio de Janeiro - RJ 1.849 - 7.288 3.287,07 1.849,21 2.596,55 6.017,19 7.288,19
Porto Alegre - RS 2.440 - 5.405 3.035,99 2.440,18 2.563,53 4.462,31 5.404,89
Contagem - MG 2.733 - 3.580 2.799,65 2.732,69 2.759,00 2.956,04 3.580,44
Florianópolis - SC 2.360 - 8.292 4.094,39 2.360,31 2.715,06 6.845,78 8.291,81
Fortaleza - CE 2.312 - 3.854 2.847,01 2.311,87 3.014,37 3.182,02 3.854,15
Brasília - DF 2.664 - 9.661 4.538,15 2.664,09 3.773,42 7.975,95 9.660,71
Vitoria - ES 2.037 - 3.309 2.281,96 2.037,16 2.179,62 2.731,70 3.308,72
João Pessoa - PB 1.842 - 3.769 2.266,81 1.841,78 2.045,45 3.111,35 3.768,56
Curitiba - PR 1.483 - 4.540 2.804,80 1.483,46 3.178,33 3.748,09 4.539,80
Belo Horizonte - MG 2.084 - 8.044 4.098,10 2.083,51 3.122,63 6.640,85 8.043,60
Caxias do Sul - RS 1.636 - 3.625 2.246,79 1.635,65 2.161,07 2.993,12 3.625,36
Osasco - SP 2.700 - 7.179 3.938,48 2.700,48 3.403,99 5.927,39 7.179,43
Cascavel - PR 3.407 - 4.398 3.574,49 3.407,36 3.631,16 3.631,16 4.398,17
Natal - RN 1.686 - 3.230 2.007,84 1.686,31 1.687,00 2.666,98 3.230,32
São Luís - MA 1.840 - 3.155 2.199,29 1.840,26 2.102,24 2.604,65 3.154,83
Rondonópolis - MT 1.500 - 5.245 2.317,71 1.500,00 1.728,00 4.330,06 5.244,70
Santos - SP 1.643 - 4.260 2.044,89 1.643,38 1.698,76 3.516,97 4.259,85
Salvador - BA 1.500 - 4.584 2.469,76 1.500,00 2.100,00 3.784,99 4.584,49
Recife - PE 1.602 - 6.416 2.735,12 1.602,22 1.937,03 5.297,50 6.416,49


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.630 - 7.229 3.367,72 1.630,00 2.728,00 5.968,05 7.228,68
Rio Grande do Sul 1.957 - 4.482 2.606,42 1.956,81 2.477,37 3.700,55 4.482,22
Minas Gerais 1.449 - 5.128 2.738,75 1.449,09 2.759,00 4.233,39 5.127,61
Rio de Janeiro 1.737 - 6.880 3.103,91 1.737,17 2.548,41 5.680,24 6.880,07
Santa Catarina 1.605 - 7.274 3.205,67 1.605,16 2.585,77 6.005,33 7.273,84
Paraná 1.520 - 4.480 2.974,94 1.519,66 3.631,16 3.699,08 4.480,44
Ceará 2.183 - 3.854 2.811,57 2.182,52 3.007,19 3.182,02 3.854,15
Distrito Federal 2.664 - 9.661 4.538,15 2.664,09 3.773,42 7.975,95 9.660,71
Mato Grosso 1.212 - 4.484 2.211,49 1.212,13 1.650,00 3.701,89 4.483,84
Paraíba 1.544 - 3.629 2.144,22 1.543,98 1.991,47 2.995,96 3.628,80
Espírito Santo 2.037 - 3.309 2.281,96 2.037,16 2.179,62 2.731,70 3.308,72
Pará 1.136 - 2.530 1.559,74 1.135,57 1.681,79 2.089,18 2.530,48
Rondônia 1.231 - 2.372 1.588,13 1.231,24 1.671,00 1.958,50 2.372,19
Maranhão 1.529 - 3.096 2.102,98 1.529,12 2.100,00 2.556,35 3.096,32
Bahia 1.076 - 4.127 1.943,83 1.076,30 1.500,00 3.406,96 4.126,61
Pernambuco 1.450 - 4.739 2.145,06 1.450,24 1.529,34 3.912,81 4.739,32
Rio Grande do Norte 1.538 - 3.230 1.936,80 1.537,97 1.687,00 2.666,98 3.230,32
Mato Grosso do Sul 1.333 - 3.873 2.129,27 1.333,33 1.904,00 3.197,93 3.873,42
Goiás 1.377 - 3.290 2.239,17 1.376,57 2.410,52 2.716,14 3.289,87
Acre 2.400 - 5.753 2.963,28 2.400,00 2.489,96 4.750,00 5.753,34
Amazonas 1.483 - 4.492 2.542,14 1.483,16 2.577,04 3.708,92 4.492,36
Roraima 1.500 - 2.733 1.920,95 1.500,00 1.940,46 2.256,58 2.733,24
Piauí 1.139 - 3.028 1.459,44 1.139,00 1.259,59 2.500,00 3.028,08


Principais locais de trabalho

Locutores, comentaristas e repórteres de mídias audiovisuais atuam na área de atividades recreativas, culturais e desportivas. Executam suas funções como empregados com carteira assinada e, no caso do locutor de mídias audiovisuais, como autônomo. São profissionais multifuncionais, que participam integralmente do processo, desde a produção até a apresentação da notícia, que trabalham em equipe, com supervisão ocasional, em ambiente fechado ou a céu aberto, no caso do comentarista de mídias audiovisuais. A maioria dos profissionais trabalha em várias emissoras de rádio e TV, apresentando diversos programas, cumprindo horários irregulares. Trabalham sob pressão, levando à situação de estresse constante e expostos a ruído intenso.


O que é preciso para trabalhar na área dos Locutores, comentaristas e repórteres de mídias audiovisuais

O exercício das ocupações da família requer formação inicial equivalente ao 3º grau completo para o comentarista de mídias audiovisuais, 2º grau completo para o locutor de mídias audiovisuais e curso superior para as demais. No caso dos comentaristas esportivos, é frequente ex-jogadores e técnicos comentarem os eventos. Quando necessário também se habilitam como radialistas, fazendo cursos de locução de até duzentas horas-aula ou de radialista em nível técnico e superior. O exercício pleno das atividades não demanda experiência profissional para essas ocupações uma vez que a expertise esperada advém da prática repetida, com exceção do âncora de rádio e TV para quem é exigido experiência de cinco anos.


Funções e atividades do Repórter de rádio

Locutores, comentaristas e repórteres de mídias audiovisuais devem:

  • anunciar produtos e serviços;
  • entrevistar pessoas;
  • narrar transmissão de eventos;
  • gravar voz para mídias;
  • comentar os fatos;
  • preparar conteúdo para apresentação;
  • demonstrar competências pessoais;
  • apresentar programas e noticiários;
  • apresentar eventos;

  • Atividades

    • demonstrar capacidade de propor soluções;
    • organizar as informações;
    • levantar informações e dados;
    • posicionar os participantes do evento;
    • instruir o entrevistado;
    • locutar conteúdos para programas digitais;
    • demonstrar capacidade de observação técnica;
    • administrar tempo para o evento;
    • envolver o entrevistado;
    • opinar a respeito do evento;
    • formular perguntas;
    • checar as informações;
    • relatar o que foi apresentado (música, entrevista ou notícia);
    • redigir a notícia;
    • demonstrar acuidade auditiva;
    • demonstrar capacidade de comunicação;
    • demonstrar capacidade de emocionar o público;
    • chamar reportagem;
    • apresentar programações diversas;
    • mediar debates;
    • passar o texto;
    • demonstrar cordialidade;
    • demonstrar capacidade de tomar decisões;
    • seguir o roteiro do evento;
    • demonstrar imparcialidade;
    • anunciar/desanunciar músicas;
    • reproduzir o fato ocorrido durante o evento;
    • anunciar serviços de utilidade pública (hora, tempo, situação das estradas);
    • provocar o entrevistado;
    • adequar o tempo da entrevista;
    • locutar documentários;
    • anunciar programação;
    • chamar os comerciais;
    • delimitar o conteúdo;
    • ler o texto no ar;
    • interromper o entrevistado;
    • participar de debates e mesas redondas;
    • elaborar o roteiro da entrevista;
    • demonstrar capacidade de expressão oral;
    • analisar roteiro de apresentação;
    • anunciar promoções e peças publicitárias;
    • anunciar eventos ao vivo;
    • demonstrar credibilidade;
    • selecionar material;
    • demonstrar qualidade de voz e dicção;
    • ajustar a narração ao evento;
    • locutar audiodescrição;
    • demonstrar capacidade e interagir com público e pares;
    • demonstrar facilidade de relacionamento humano;
    • gravar voz para conteúdo indoor;
    • demonstrar capacidade de síntese;
    • analisar fatos, notícias e eventos;
    • administrar chamadas e inserts comerciais;
    • ancorar programas;
    • apresentar os participantes do evento;
    • participar da definição da pauta;
    • demonstrar fluência de leitura e interpretação de texto;
    • demonstrar flexibilidade;
    • animar o programa;
    • noticiar fatos;
    • anunciar chamadas;
    • demonstrar capacidade de administrar tempo;
    • demonstrar capacidade de cumprir normas e procedimentos;
    • gravar voz para peças publicitárias e institucionais;
    • realizar análise crítica e técnica dos eventos;
    • sugerir nomes para entrevistas;
    • gravar voz padrão para emissoras;
    • demonstrar capacidade de expressão corporal;
    • gravar reportagens;
    • editar textos;
    • fazer aquecimento vocal e exercícios de dicção;
    • demonstrar dinamismo;
    • ler os comerciais no ar;
    • operar equipamentos (mesa de som e outros);
    • locutar voz para sistemas digitais (uras);
    • ensaiar a apresentação;
    • interpretar o conteúdo da apresentação;
    • rebater o entrevistado;
    • editar material gravado;
    • descrever o evento;
    • fazer enquete;
    • locutar conteúdos para produtos digitais (games, gps, aplicativos, etc);
    • construir a cena;


    Setores que mais contratam Repórter de rádio no mercado de trabalho

    • Atividades de televisão aberta
    • Atividades de rádio
    • Locação de mão-de-obra temporária
    • Atividades de produção cinematográfica, de vídeos e de programas de televisão
    • Tratamento de dados, provedores de serviços de aplicação e serviços de hospedagem na internet
    • Atividades de organizações associativas ligadas à cultura e à arte
    • Programadoras
    • Atividades de organizações religiosas
    • Agências de notícias
    • Atividades de associações de defesa de direitos sociais




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: