Salário para o cargo de Técnico em secretariado (português)
CBO 3515-05 > Técnicos em secretariado, taquígrafos e estenotipistas

Técnico em secretariado (português) - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Transformam a linguagem oral em escrita, registrando falas em sinais, decodificando-os em texto, revisam textos e documentos, organizam as atividades gerais da área e assessoram o seu desenvolvimento, coordenam a execução de tarefas, redigem textos e comunicam-se, oralmente e por escrito.

Quanto ganha um Técnico em secretariado (português)

Um Técnico em secretariado (português) trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.100,47 e R$ 28.724,64, com a média salarial de R$ 6.506,71 e o salário mediana em R$ 1.468,97 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Técnico em secretariado (português)

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 6.506,71 78.080,53 1.626,68 30,33
1º Quartil 1.100,47 13.205,59 275,12 5,13
Salário Mediana 1.468,97 17.627,58 367,24 6,85
3º Quartil 21.906,63 262.879,62 5.476,66 102,11
Teto Salarial 28.724,64 344.695,64 7.181,16 133,89


Categorias profissionais do cargo

  • Técnicos de nível médio
    • Técnicos de nivel médio nas ciências administrativas
      • Técnicos das ciências administrativas
        • Técnicos em secretariado, taquígrafos e estenotipistas

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Brasília - DF 1.626 - 177.889 38.215,85 1.626,28 2.220,00 146.866,51 177.889,12
São Paulo - SP 1.135 - 4.559 2.077,97 1.135,06 1.600,00 3.764,17 4.559,27
Belém - PA 1.375 - 2.959 1.961,06 1.375,24 2.062,00 2.443,01 2.959,04
Rio de Janeiro - RJ 1.332 - 4.770 2.184,63 1.332,50 1.665,93 3.938,36 4.770,25
Belo Horizonte - MG 1.265 - 3.917 2.162,68 1.264,67 2.220,00 3.233,74 3.916,81
Porto Velho - RO 1.106 - 2.857 1.638,63 1.105,54 1.646,31 2.358,46 2.856,64
Porto Alegre - RS 1.258 - 3.734 1.926,75 1.258,20 1.609,71 3.083,22 3.734,49
Goiânia - GO 1.108 - 3.524 1.696,53 1.107,58 1.303,08 2.909,62 3.524,22
Campina Grande - PB 1.070 - 1.555 1.125,70 1.069,62 1.071,10 1.284,16 1.555,41
Curitiba - PR 1.281 - 4.037 2.000,19 1.281,12 1.733,02 3.332,80 4.036,79
Florianópolis - SC 1.348 - 3.348 1.933,15 1.348,42 1.876,04 2.763,76 3.347,55
Fortaleza - CE 1.140 - 3.267 1.639,79 1.139,78 1.317,12 2.697,58 3.267,39
Campo Grande - MS 1.064 - 2.256 1.341,18 1.063,57 1.217,00 1.862,44 2.255,85
Teresina - PI 1.059 - 2.779 1.589,58 1.059,31 1.184,50 2.294,56 2.779,24
São Lourenco da Serra - SP 1.664 - 2.018 1.665,51 1.664,26 1.665,93 1.665,93 2.017,82
Salvador - BA 1.045 - 3.356 1.610,21 1.045,00 1.259,61 2.770,63 3.355,87
Barueri - SP 1.464 - 4.441 2.240,24 1.463,94 2.018,77 3.666,50 4.440,97
Recife - PE 1.165 - 3.865 1.941,62 1.164,61 1.731,16 3.190,94 3.864,97
Criciúma - SC 1.279 - 2.410 1.531,46 1.279,41 1.422,00 1.989,43 2.409,66
Governador Valadares - MG 1.055 - 2.390 1.324,48 1.054,61 1.168,00 1.973,51 2.390,38


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.159 - 5.721 2.268,67 1.158,74 1.527,88 4.723,03 5.720,68
Distrito Federal 1.626 - 177.889 38.215,85 1.626,28 2.220,00 146.866,51 177.889,12
Minas Gerais 1.050 - 3.177 1.538,39 1.050,10 1.182,30 2.622,75 3.176,75
Paraná 1.099 - 2.693 1.534,57 1.099,44 1.395,00 2.223,59 2.693,28
Santa Catarina 1.233 - 2.709 1.593,56 1.232,59 1.427,96 2.236,45 2.708,86
Rio Grande do Sul 1.191 - 2.717 1.567,67 1.190,86 1.390,00 2.242,88 2.716,64
Rio de Janeiro 1.212 - 4.106 1.934,24 1.212,10 1.665,93 3.390,12 4.106,22
Pará 1.184 - 2.923 1.839,51 1.183,86 2.062,00 2.412,90 2.922,57
Goiás 1.047 - 2.746 1.438,71 1.046,99 1.192,43 2.266,78 2.745,59
Rondônia 1.088 - 2.473 1.426,39 1.088,20 1.185,00 2.041,70 2.472,97
Mato Grosso do Sul 1.076 - 2.116 1.302,59 1.075,54 1.190,00 1.746,62 2.115,56
Mato Grosso 1.046 - 2.398 1.364,67 1.046,08 1.200,00 1.980,17 2.398,45
Bahia 1.045 - 2.687 1.416,39 1.045,00 1.165,18 2.218,43 2.687,03
Ceará 1.146 - 3.045 1.625,26 1.145,66 1.435,13 2.514,05 3.045,09
Paraíba 1.067 - 2.064 1.236,16 1.067,16 1.093,41 1.704,43 2.064,46
Pernambuco 1.119 - 3.324 1.739,06 1.119,01 1.566,92 2.744,35 3.324,04
Espírito Santo 1.077 - 2.975 1.499,38 1.076,71 1.196,24 2.456,37 2.975,23
Rio Grande do Norte 1.059 - 2.231 1.310,17 1.058,81 1.192,13 1.841,70 2.230,72
Piauí 1.057 - 2.766 1.569,64 1.056,52 1.184,50 2.283,64 2.766,01
Tocantins 1.065 - 2.957 1.732,99 1.064,93 2.008,51 2.441,46 2.957,17
Maranhão 1.045 - 3.658 1.575,39 1.045,00 1.100,00 3.019,92 3.657,82
Amazonas 1.133 - 3.048 1.586,70 1.132,66 1.300,00 2.516,44 3.047,99
Alagoas 1.087 - 3.619 2.067,71 1.086,78 2.351,73 2.988,02 3.619,17
Acre 1.081 - 1.650 1.256,61 1.081,40 1.348,00 1.362,00 1.649,70
Sergipe 996 - 2.482 1.309,98 995,50 1.100,00 2.049,46 2.482,36
Amapá 1.083 - 4.050 2.041,67 1.083,00 2.110,00 3.343,98 4.050,32
Roraima 1.058 - 1.957 1.252,21 1.057,93 1.200,00 1.615,50 1.956,74


Principais locais de trabalho

Técnicos em secretariado, taquígrafos e estenotipistas trabalham em órgãos públicos e setores empresariais, tendo vínculo formal de emprego. Atuam de forma individual, normalmente sem supervisão e em ambientes fechados. Os horários são diurno para os taquígrafos e com revezamento de turnos para os demais. No exercício de algumas atividades, alguns profissionais podem estar sujeitos a condições especiais de trabalho, como por exemplo trabalhar sob pressão, em posições desconfortáveis por períodos prolongados, bem como estar expostos aos efeitos de ruído intenso.


O que é preciso para trabalhar na área dos Técnicos em secretariado, taquígrafos e estenotipistas

O exercício desse cargo requer curso técnico de nível médio completo para os técnicos em secretariado e estenotipista. A escolaridade para o taquígrafo pode variar de nível médio a superior completo. Adicionalmente, requer-se curso de especialização de mais de quatrocentas horas-aula. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Técnico em secretariado (português)

Técnicos em secretariado, taquígrafos e estenotipistas devem:

  • redigir textos;
  • comunicar-se;
  • organizar as atividades gerais;
  • assessorar a Área;
  • coordenar a execução das tarefas;
  • revisar textos e documentos;
  • demonstrar competências pessoais;
  • transformar a linguagem oral em linguagem escrita;

  • Atividades

    • assessorar cursos e eventos;
    • consultar publicações técnicas;
    • supervisionar o andamento do serviço;
    • verificar a qualidade e desempenho do serviço;
    • compor cadastro de fornecedores e clientes;
    • armazenar os documentos e informações em meio eletrônico;
    • produzir legendas em tempo real para deficientes auditivos;
    • controlar o banco de horas do setor;
    • manter a fidedignidade do relato;
    • solicitar cursos de aperfeiçoamento;
    • demonstrar conhecimento de línguas estrangeiras;
    • ordenar tarefas;
    • manter documentação da área em ordem;
    • requisitar microfilmagem de documentos;
    • corrigir erros do texto;
    • controlar o estoque de materiais de escritório;
    • identificar oradores;
    • enviar as informações ao diário oficial;
    • priorizar elaboração de documentos legais de urgência;
    • elaborar atas e pautas;
    • registrar a entrada de informações e documentos;
    • concatenar as transcrições e documentos;
    • operar programas de computador;
    • elaborar relatórios;
    • enviar e receber malotes;
    • agir com discrição;
    • descrever imagens, atitudes e situações;
    • divulgar informações de interesse dos funcionários;
    • manter-se informado;
    • preparar viagens;
    • disponibilizar informações e documentos;
    • operar equipamento de telefonia;
    • treinar a velocidade do registro;
    • elaborar gráficos;
    • auxiliar na seleção de pessoal do setor;
    • pesquisar na internet;
    • agendar os compromissos e reuniões;
    • demonstrar eficiência;
    • indicar técnicos para os cursos de aperfeiçoamento;
    • controlar o agendamento da prestação de serviço;
    • cadastrar fornecedores e clientes;
    • participar de eventos técnicos;
    • intermediar as relações interpessoais;
    • providenciar envio e recebimento de malotes;
    • agir com dinamismo;
    • utilizar tele e videoconferência;
    • auxiliar nas reuniões e apresentações;
    • assistir o cliente interno e externo;
    • atualizar o cadastro de fornecedores e clientes;
    • manter sigilo;
    • elaborar apresentações;
    • utilizar meios eletrônicos;
    • atender demandas dos clientes externos;
    • planejar as atividades;
    • requisitar material de escritório;
    • registrar as despesas;
    • classificar arquivos;
    • demonstrar iniciativa;
    • ajustar o texto à redação técnica;
    • estruturar logicamente os textos;
    • proporcionar acesso as informações aos deficientes físicos;
    • demonstrar alta capacidade de concentração;
    • transformar os sinais taquígrafos e estenográficos em texto;
    • converter falas em textos, simultaneamente;
    • trajar-se conforme as normas;
    • transformar as falas em sinais taquígrafos e estenográficos;
    • atuar com pontualidade;
    • preparar planilhas;
    • analisar documentos;
    • arquivar informações e documentos;
    • administrar verbas disponíveis;
    • monitorar a satisfação do cliente interno e externo;
    • utilizar processos de impressão;
    • distribuir as tarefas aos colaboradores;
    • fiscalizar a entrega do trabalho;
    • editorar o texto para divulgação;
    • agir com equilíbrio emocional;
    • atualizar-se tecnicamente;
    • atualizar o dicionário pessoal;
    • preparar cartas, memorandos;
    • preparar a escala de trabalho;
    • otimizar procedimentos de trabalho;


    Setores que mais contratam Técnico em secretariado (português) no mercado de trabalho

    • Serviços combinados de escritório e apoio administrativo
    • Atividade odontológica com recursos para realização de procedimentos cirúrgicos
    • Fornecimento e gestão de recursos humanos para terceiros
    • Atividade médica ambulatorial restrita a consultas
    • Locação de mão-de-obra temporária
    • Limpeza em prédios e em domicílios
    • Outras atividades de serviços prestados principalmente às empresas
    • Atividades de organizações religiosas
    • Serviços advocatícios
    • Construção de edifícios




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: