Salário para o cargo de Superintendente de contratos de operações de obras pública e civil
CBO 1223-05 > Diretores de operações de obras em empresa de construção

Superintendente de contratos de operações de obras pública e civil - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Supervisionam contratos de obras, dirigem, como representantes dos proprietários, acionistas ou por conta própria, as atividades de desenvolvimento e operações de negócios de empresas de construção, participam do planejamento estratégico da empresa, planejam atividades técnicas e definem tecnologias de construção, administram recursos humanos, analisam viabilidade técnica e econômica de contratos e empreendimentos e gerenciam atendimento pós-venda.

Quanto ganha um Superintendente de contratos de operações de obras pública e civil

Um Superintendente de contratos de operações de obras pública e civil trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 2.004,05 e R$ 35.758,72, com a média salarial de R$ 9.700,17 e o salário mediana em R$ 4.777,05 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Superintendente de contratos de operações de obras pública e civil

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 9.700,17 116.402,02 2.425,04 46,37
1º Quartil 2.004,05 24.048,59 501,01 9,58
Salário Mediana 4.777,05 57.324,60 1.194,26 22,83
3º Quartil 27.271,12 327.253,49 6.817,78 130,36
Teto Salarial 35.758,72 429.104,59 8.939,68 170,93


Categorias profissionais do cargo

  • Membros superiores do poder público, dirigentes de organizações de interesse público e de empresas, gerentes
    • Dirigentes de empresas e organizações (exceto de interesse público)
      • Diretores de produção e operações
        • Diretores de operações de obras em empresa de construção

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 5.640 - 53.109 24.938,08 5.639,90 26.485,00 43.847,26 53.109,11
Macaé - RJ 5.000 - 6.056 5.000,00 5.000,00 5.000,00 5.000,00 6.056,15
Salvador - BA 1.985 - 4.702 2.658,52 1.984,51 2.123,12 3.881,94 4.701,92
Belo Horizonte - MG 4.250 - 39.376 18.768,12 4.250,00 18.500,00 32.509,36 39.376,32
Vinhedo - SP 7.276 - 8.812 7.275,61 7.275,61 7.275,61 7.275,61 8.812,44
Jaboticabal - SP 2.969 - 4.139 3.178,51 2.969,19 3.157,21 3.416,79 4.138,52
Rio de Janeiro - RJ 3.190 - 34.812 17.835,84 3.190,18 20.185,43 28.741,00 34.811,96
João Monlevade - MG 1.437 - 1.741 1.437,06 1.437,06 1.437,06 1.437,06 1.740,61
Bofete - SP 2.402 - 2.909 2.401,86 2.401,86 2.401,86 2.401,86 2.909,20
Curitiba - PR 3.412 - 46.547 17.481,13 3.411,77 8.882,50 38.429,68 46.547,18
Herculândia - SP 3.002 - 3.636 3.001,95 3.001,95 3.001,95 3.001,95 3.636,05
Cotia - SP 1.947 - 7.873 3.969,37 1.946,84 4.500,00 6.500,00 7.873,00
Fortaleza - CE 2.200 - 32.703 10.664,04 2.200,00 3.515,41 27.000,00 32.703,21
Alvares Machado - SP 2.445 - 7.823 4.140,39 2.445,40 2.669,39 6.458,88 7.823,19


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 2.357 - 39.173 11.631,37 2.356,52 5.276,24 32.341,39 39.172,86
Rio de Janeiro 4.453 - 27.837 9.031,98 4.452,51 5.000,00 22.982,31 27.836,87
Minas Gerais 1.497 - 35.527 11.788,24 1.497,17 8.510,72 29.331,21 35.526,84
Bahia 1.913 - 12.381 4.085,23 1.912,72 2.123,12 10.222,00 12.381,20
Paraná 2.420 - 34.619 9.271,76 2.420,00 4.001,80 28.581,87 34.619,22
Santa Catarina 2.333 - 7.219 3.645,52 2.333,33 3.000,00 5.960,23 7.219,21
Ceará 1.422 - 26.701 6.914,98 1.422,06 3.515,41 22.044,70 26.701,20
Mato Grosso 2.222 - 23.138 7.007,22 2.221,99 3.000,00 19.103,30 23.138,49
Rio Grande do Sul 1.162 - 4.548 2.225,31 1.162,10 1.962,89 3.755,25 4.548,47
Pernambuco 1.268 - 31.014 6.963,12 1.268,08 4.500,00 25.605,14 31.013,71
Espírito Santo 1.389 - 11.755 3.497,22 1.389,44 1.695,95 9.704,75 11.754,68


Principais locais de trabalho

Diretores de operações de obras em empresa de construção esses profissionais atuam em todos os setores da construção civil, incluindo as áreas de grandes obras, habitação, saneamento, indústria, comércio, escolas etc. , Tanto no setor público como no privado. Podem ser empregados com carteira, com supervisão ocasional, ou empregadores. Trabalham em equipe, em ambiente fechado e em horário diurno. Eventualmente, trabalham sob pressão, levando à situação de estresse constante.


O que é preciso para trabalhar na área dos Diretores de operações de obras em empresa de construção

Para ingressar nesse emprego/ocupação é exigido curso superior completo. A formação profissional é feita na prática, com cinco anos ou mais de experiência na área.


Funções e atividades do Superintendente de contratos de operações de obras pública e civil

Diretores de operações de obras em empresa de construção devem:

  • demonstrar competências pessoais;
  • supervisionar contratos de obras;
  • definir tecnologias de construção;
  • participar do planejamento estratégico da empresa;
  • analisar viabilidade técnica e econômica de contratos e empreendimentos;
  • desenvolver negócios;
  • gerenciar atendimento pós venda;
  • planejar atividades técnicas;
  • administrar recursos humanos;

  • Atividades

    • participar de feiras, cursos e congressos;
    • propor metas;
    • avaliar tecnicamente a concorrência;
    • aprovar propostas técnicas;
    • analisar experiências anteriores;
    • negociar aquisições estratégicas;
    • demonstrar capacidade de comunicação;
    • relacionar-se com entidades de classes;
    • aprovar organograma de obras;
    • analisar legislação pertinente;
    • determinar procedimentos para atendimento pós venda;
    • demonstrar espírito empreendedor;
    • demonstrar versatilidade;
    • realocar equipes de trabalho;
    • aprovar promoções de funcionários;
    • demonstrar capacidade de adaptabilidade;
    • demonstrar capacidade de relacionamento;
    • gerenciar o relacionamento empresa-clientes públicos;
    • monitorar ocorrências de garantia;
    • analisar a influência da conjuntura econômica nos negócios;
    • promover programas de qualidade e produtividade;
    • definir processos de construção;
    • definir critérios de elaboração de cronogramas físico-financeiro;
    • definir metas de qualificação da equipe de trabalho;
    • definir critérios para elaboração de projetos executivos;
    • implementar políticas de recursos humanos;
    • analisar custos;
    • analisar relatórios gerenciais;
    • definir diretrizes de segurança e medicina do trabalho;
    • demonstrar capacidade de negociação;
    • estabelecer contatos com clientes;
    • avaliar o grau de satisfação do cliente;
    • pesquisar novos produtos e fornecedores;
    • reavaliar planejamento de obras;
    • realizar estudos técnicos preliminares;
    • aprovar propostas comerciais;
    • indicar responsáveis por obras;
    • demonstrar criatividade;
    • definir critérios de elaboração de memorial descritivo;
    • gerenciar as interfaces com órgãos públicos e concessionárias;
    • elaborar relatórios para diretoria;
    • participar da formulação da política de recursos humanos;
    • participar da definição dos critérios para aferição da satisfação do cliente;
    • formar parcerias;
    • analisar contratos;
    • monitorar indicadores estatísticos da empresa;
    • determinar medidas preventivas de ocorrências de garantia;
    • levantar subsídios para aprimorar tecnologias em uso;
    • aprovar termos aditivos contratuais;
    • realizar inspeções às obras;
    • propor fontes alternativas de recursos financeiros para clientes;
    • negociar subcontratações estratégicas;
    • analisar custos das ocorrências de garantia;
    • acompanhar implantação de novas tecnologias e produtos;
    • demonstrar capacidade de influenciar pessoas;
    • selecionar editais de licitações;
    • analisar impacto ambiental;
    • analisar mercado;
    • controlar indicadores de resultados;
    • demonstrar iniciativa;
    • prospectar oportunidades de negócios;
    • manter-se atualizado;
    • acompanhar custos de obras;
    • gerenciar o equilíbrio econômico-financeiro do contrato;
    • gerenciar relacionamento empresa-clientes privados;
    • acompanhar cronograma físico-financeiro;
    • definir critérios de elaboração de orçamentos de execução de obras;
    • supervisionar equipe de trabalho;
    • demonstrar capacidade de liderança;
    • analisar projetos;
    • definir nível de autonomia das gerências;
    • desenvolver novas tecnologias e produtos;

    Setores que mais contratam Superintendente de contratos de operações de obras pública e civil no mercado de trabalho

    • Administração pública em geral
    • Construção de edifícios
    • Serviços de engenharia
    • Incorporação de empreendimentos imobiliários
    • Tratamento de dados, provedores de serviços de aplicação e serviços de hospedagem na internet
    • Construção de estações e redes de distribuição de energia elétrica
    • Construção de rodovias e ferrovias
    • Outras obras de engenharia civil
    • Obras de fundações
    • Serviços combinados de escritório e apoio administrativo




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque:

    Salário para o cargo de Operador de reator nuclear
    Operadores de instalações de geração e distribuição de energia elétrica, hidráulica, térmica ou nuclear

    Operador de reator nuclear