Salário para o cargo de Produtor de pinto de corte
CBO 6133-05 > Produtores da avicultura e cunicultura

Produtor de pinto de corte - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Coordenam manejo da produção de aves, ovos e coelhos, provêem alimentos para aves e coelhos, alimentam e controlam a sanidade dos animais. Providenciam documentos e preparam aves, ovos, coelhos e seus derivados para comercialização. Programam logística de transporte, de insumos e produção, e administram recursos humanos e financeiros da granja. Podem implantar granjas.

Quanto ganha um Produtor de pinto de corte

Um Produtor de pinto de corte trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.144,06 e R$ 1.987,75, com a média salarial de R$ 1.302,29 e o salário mediana em R$ 1.325,00 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Produtor de pinto de corte

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.302,29 15.627,52 325,57 5,95
1º Quartil 1.144,06 13.728,73 286,02 5,23
Salário Mediana 1.325,00 15.900,00 331,25 6,05
3º Quartil 1.515,95 18.191,36 378,99 6,93
Teto Salarial 1.987,75 23.853,06 496,94 9,08


Categorias profissionais do cargo

  • Trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca
    • Produtores na exploração agropecuária
      • Produtores em pecuária
        • Produtores da avicultura e cunicultura

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.048 - 1.998 1.291,28 1.047,84 1.238,00 1.649,81 1.998,30
Lindoeste - PR 1.350 - 1.722 1.377,91 1.349,83 1.379,08 1.421,51 1.721,78
Cascavel - PR 1.351 - 1.718 1.374,67 1.350,75 1.351,37 1.418,29 1.717,87
Primavera do Leste - MT 1.174 - 1.735 1.261,74 1.174,46 1.235,76 1.432,17 1.734,68
Guapiacu - SP 1.431 - 1.842 1.468,34 1.431,11 1.461,00 1.521,03 1.842,32
Prata - MG 1.115 - 1.408 1.128,72 1.114,62 1.120,00 1.162,26 1.407,76
Santa Tereza do Oeste - PR 1.348 - 1.870 1.395,29 1.347,54 1.351,37 1.544,06 1.870,21
Macaíba - RN 1.045 - 1.306 1.052,67 1.045,00 1.045,00 1.078,00 1.305,71
Uberlândia - MG 1.110 - 1.367 1.119,70 1.110,00 1.120,00 1.128,72 1.367,14
Mossoró - RN 1.045 - 1.299 1.051,11 1.045,00 1.045,00 1.072,50 1.299,04
Itanhandu - MG 1.191 - 1.777 1.337,59 1.191,05 1.260,06 1.467,06 1.776,95
Para de Minas - MG 1.045 - 1.604 1.128,74 1.045,00 1.045,00 1.324,64 1.604,45
Encantado - RS 1.434 - 1.737 1.434,40 1.434,40 1.434,40 1.434,40 1.737,39
Vale Verde - RS 1.423 - 3.203 1.716,38 1.422,85 1.434,40 2.644,35 3.202,92
Cascavel - CE 1.065 - 1.886 1.195,58 1.065,00 1.065,00 1.557,33 1.886,29
Domingos Martins - ES 1.045 - 1.266 1.045,00 1.045,00 1.045,00 1.045,00 1.265,74
Itaberaí - GO 1.045 - 1.288 1.048,93 1.045,00 1.045,00 1.063,33 1.287,94
Taquaral de Goiás - GO 1.045 - 1.266 1.045,00 1.045,00 1.045,00 1.045,00 1.265,74
Passa Quatro - MG 1.173 - 1.735 1.263,55 1.173,45 1.238,76 1.432,56 1.735,16
Aguai - SP 1.332 - 2.042 1.427,60 1.332,45 1.399,10 1.686,00 2.042,13


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.055 - 2.024 1.316,04 1.055,05 1.281,00 1.670,75 2.023,66
Paraná 1.342 - 1.734 1.376,75 1.342,49 1.379,08 1.431,45 1.733,81
Minas Gerais 1.082 - 1.647 1.179,49 1.082,24 1.120,00 1.360,11 1.647,41
Mato Grosso 1.166 - 1.727 1.258,49 1.166,02 1.235,76 1.426,21 1.727,47
Rio Grande do Norte 1.045 - 1.309 1.053,55 1.045,00 1.045,00 1.080,49 1.308,72
Goiás 1.045 - 2.106 1.220,73 1.045,00 1.045,00 1.738,87 2.106,17
Rio Grande do Sul 1.320 - 2.444 1.549,19 1.320,15 1.434,40 2.017,38 2.443,52
Espírito Santo 1.045 - 1.682 1.188,66 1.045,00 1.045,00 1.388,88 1.682,25
Ceará 1.058 - 2.057 1.223,09 1.058,33 1.065,00 1.698,09 2.056,78
Rondônia 1.100 - 2.168 1.411,93 1.100,00 1.200,00 1.789,76 2.167,81
Paraíba 1.045 - 1.345 1.062,94 1.045,00 1.045,00 1.110,37 1.344,92
Pernambuco 1.049 - 1.938 1.171,64 1.049,00 1.057,00 1.600,00 1.937,97
Distrito Federal 1.100 - 1.575 1.136,73 1.100,00 1.100,00 1.300,00 1.574,60
Bahia 1.187 - 1.437 1.186,63 1.186,63 1.186,63 1.186,63 1.437,28
Santa Catarina 1.215 - 1.938 1.438,33 1.215,00 1.500,00 1.600,00 1.937,97


Principais locais de trabalho

Produtores da avicultura e cunicultura o trabalho é exercido por produtor rural que trabalha na propriedade. A maioria é constituída de pequenos e médios produtores que podem associar-se em cooperativas ou estabelecer parcerias com os grandes produtores que fornecem a matéria-prima e os insumos para a produção, processo conhecido como integração. As atividades são realizadas em local fechado e individualmente, em horário diurno e o produtor fica exposto a uma série de agentes ambientais (sol, chuva, poeira, vento etc.


O que é preciso para trabalhar na área dos Produtores da avicultura e cunicultura

O acesso é livre, sem exigências de escolaridade, encontrando-se produtores com os mais diferentes níveis de escolaridade. Para obter maior lucratividade, competitividade e sustentabilidade, requer-se, cada vez mais, atualização constante. O exercício pleno das atividades é alcançado, em média, após um a dois anos de prática. No caso da cunicultura, os iniciantes geralmente qualificam-se em cursos com duração de cerca de duzentas horas-aula. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Produtor de pinto de corte

Produtores da avicultura e cunicultura devem:

  • gerir recursos financeiros da granja;
  • comunicar-se;
  • demonstrar competências pessoais;
  • administrar recursos humanos;
  • prover alimentação de aves e coelhos;
  • coordenar manejo da produção de aves, ovos e coelhos;
  • implantar granja;
  • comercializar aves, ovos, coelhos e derivados;
  • preparar produtos para comercialização;
  • programar logística de transporte de insumos e produtos;
  • controlar sanidade dos animais;

  • Atividades

    • avaliar trabalhadores;
    • determinar programa de luz;
    • providenciar retirada de estercos das instalações;
    • efetuar pagamentos;
    • providenciar inspeção veterinária;
    • monitorar fornecimento de água e ração dos animais;
    • desinfetar instalações;
    • demonstrar senso de cooperação;
    • monitorar arraçoamento dos animais;
    • controlar umidade do esterco;
    • motivar pessoas;
    • efetuar cobranças;
    • demonstrar iniciativa;
    • limpar instalações;
    • adotar tecnologias de produção;
    • descartar animais não produtivos;
    • programar meios e tipos de transportes;
    • programar rotas de distribuição;
    • programar acasalamento;
    • demonstrar sensibilidade na comunicação;
    • treinar trabalhadores;
    • contratar serviços contábeis;
    • fornecer aos funcionários uniformes e equipamentos de proteção individual;
    • controlar doenças, pragas e animais invasores;
    • estabelecer tipos de veículos para transporte da produção e matéria-prima;
    • providenciar instalações para refeição e vestiários dos funcionários;
    • classificar produto;
    • adquirir material de construção, equipamentos e acessórios para produção;
    • instalar rede de água e energia elétrica;
    • supervisionar construção e instalação dos equipamentos e acessórios;
    • demonstrar dinamismo;
    • assistir coelhos no ciclo de reprodução;
    • selecionar matrizes;
    • expedir produto;
    • estudar viabilidade do local e instalações junto aos órgãos competentes;
    • negociar preços e condições de venda (prazo de pagamento, local de entrega, tempo de entrega, etc);
    • organizar manejo inicial dos animais;
    • sexar animais;
    • elaborar projeto de instalações;
    • controlar fluxos de caixa;
    • providenciar transporte de trabalhadores;
    • colocar ninhos para fêmeas;
    • armazenar ração e matérias-primas;
    • demonstrar firmeza;
    • transferir lotes de animais;
    • selecionar local de instalações para produção;
    • programar vacinação e vermifugação dos animais;
    • comprar matérias-primas e ração comercial;
    • demitir trabalhadores;
    • demonstrar perseverança;
    • produzir rações;
    • repor plantel de animais;
    • providenciar embalagens conforme regulamentação oficial;
    • controlar vacinação e vermifugação dos animais;
    • calcular custo de produção e venda do produto;
    • efetuar debicagem dos lotes;
    • contratar trabalhadores;
    • estabelecer custo do transporte por quilômetro rodado;
    • liderar equipe;
    • isolar granja e plantéis com barreiras sanitárias;
    • construir infraestrutura de produção (galpões, refeitórios, vestiários, casa para trabalhadores);
    • programar manutenção e troca de veículos da própria frota;
    • promover vazio sanitário;
    • definir ciclo de produção e reprodução;
    • emitir documentos fiscais para cobertura das vendas;
    • registrar horário de trabalho dos trabalhadores;
    • demonstrar capacidade de expressão oral;
    • demonstrar dedicação;
    • analisar qualidade das matérias-primas e rações;
    • aplicar recursos disponíveis (capital de giro, estoque, investimento, etc);
    • demonstrar criatividade;
    • elaborar divulgação do produto;
    • providenciar guia de transferência de lotes de animais segundo regulamentação oficial;
    • verificar preços de mercado;
    • cadastrar clientes;
    • fornecer forrageirass para animais;
    • procurar novos clientes;
    • divulgar metas da empresa para trabalhadores;
    • selecionar matérias-primas para elaboração das rações;
    • elaborar tabela de preço do produto;
    • supervisionar manutenção de instalações e equipamentos;
    • contratar fretes;
    • distribuir funções;
    • registrar validade do produto;
    • avaliar resultados de produção;
    • realizar manutenção de instalações e equipamentos;
    • realizar ´muda forçada´;
    • divulgar metas da empresa para funcionários;
    • fornecer ´o verde´ (forrageiras) para animais;
    • formular rações;
    • levantar recursos financeiros;
    • definir ganhos de produtividade;
    • colocar animais imigrantes em quarentena;
    • contratar serviços de elaboração e execução de projetos;
    • examinar animais;
    • demonstrar receptividade;
    • supervisionar acondicionamento e expedição do produto;
    • verificar produto embalado;
    • vacinar animais;
    • encaminhar animais para abate;
    • demonstrar senso de observação;
    • agir com dinamismo;
    • arraçoar animais;
    • demonstrar capacidade de negociação;
    • supervisionar recria dos lotes;
    • inspecionar limpeza e desinfecção das instalações;
    • firmar contratos de compra e venda;
    • controlar ambiência (umidade, temperatura, vento);
    • renovar frotas de veículos;
    • demonstrar responsabilidade;
    • conferir sexagem dos animais;
    • estabelecer público-alvo;
    • controlar validade e condições de armazenagem de medicamentos;


    Setores que mais contratam Produtor de pinto de corte no mercado de trabalho

    • Produção de ovos
    • Criação de frangos para corte
    • Carga e descarga
    • Criação de aves, exceto galináceos
    • Criação de outros galináceos, exceto para corte
    • Criação de bovinos para corte
    • Atividades de apoio à agricultura
    • Cultivo de soja
    • Frigorífico - abate de suínos
    • Criação de bovinos para leite




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque:

    Salário para o cargo de Técnico petroquímico
    Técnicos de produção de indústrias químicas, petroquímicas, refino de petróleo, gás

    Técnico petroquímico