Salário para o cargo de Técnico em calibração
CBO 3134-05 > Técnicos em calibração e instrumentação

Técnico em calibração - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Analisam tecnicamente a aquisição de produtos e serviços de medição e de controle. Gerenciam documentação técnica e sistemas de confiabilidade, podem coordenar equipes de trabalho, fazem medição. Calibram padrões, equipamentos, sistemas e instrumentos de medição e de controle. Executam, avaliam e realizam manutenção preventiva e ou corretiva de equipamentos e instrumentos de medição e de controle. Desenvolvem, testam, calibram, operam e reparam instrumentos, aparelhos e equipamentos de medição e controles elétricos, mecânicos, eletromecânicos, eletro-hidráulicos e eletrônicos.

Quanto ganha um Técnico em calibração

Um Técnico em calibração trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.366,23 e R$ 23.607,09, com a média salarial de R$ 5.906,61 e o salário mediana em R$ 2.045,16 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Técnico em calibração

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 5.906,61 70.879,26 1.476,65 27,22
1º Quartil 1.366,23 16.394,78 341,56 6,30
Salário Mediana 2.045,16 24.541,86 511,29 9,42
3º Quartil 18.003,77 216.045,27 4.500,94 82,96
Teto Salarial 23.607,09 283.285,04 5.901,77 108,78


Categorias profissionais do cargo

  • Técnicos de nível médio
    • Técnicos de nível médio das ciências físicas, químicas, engenharia
      • Técnicos em eletroeletrônica e fotônica
        • Técnicos em calibração e instrumentação

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.465 - 9.472 4.058,23 1.465,26 3.186,71 7.819,77 9.471,54
São Bernardo do Campo - SP 1.803 - 138.219 29.855,96 1.803,25 4.160,00 114.114,29 138.218,65
Piracicaba - SP 1.563 - 3.503 2.047,28 1.563,31 1.831,10 2.892,26 3.503,19
Porto Alegre - RS 1.357 - 2.967 1.827,85 1.356,86 1.800,00 2.449,67 2.967,11
Ribeirão Preto - SP 1.510 - 4.378 2.306,20 1.509,94 2.000,00 3.614,85 4.378,41
São José dos Campos - SP 1.682 - 5.478 2.514,30 1.681,60 1.947,00 4.522,53 5.477,83
Contagem - MG 1.508 - 2.907 1.850,84 1.507,91 1.800,00 2.400,00 2.906,95
São Leopoldo - RS 1.321 - 2.715 1.656,31 1.321,25 1.504,00 2.241,64 2.715,14
Aparecida de Goiânia - GO 1.199 - 2.665 1.676,59 1.198,90 1.500,00 2.200,00 2.664,71
Valinhos - SP 2.078 - 2.792 2.150,96 2.078,33 2.110,65 2.305,00 2.791,89
Senador Canedo - GO 1.100 - 1.569 1.187,33 1.100,00 1.200,00 1.295,33 1.568,94
Serra - ES 1.173 - 2.332 1.549,44 1.172,50 1.550,00 1.925,00 2.331,62
Campinas - SP 1.875 - 5.827 3.577,30 1.874,50 3.815,38 4.810,81 5.826,99
Curitiba - PR 1.370 - 9.446 2.697,22 1.370,00 1.742,50 7.798,30 9.445,53
Barueri - SP 1.562 - 18.715 8.052,09 1.561,50 7.150,00 15.451,05 18.714,78
Maringá - PR 1.800 - 2.422 1.882,25 1.800,00 1.811,25 2.000,00 2.422,46
Ipatinga - MG 1.135 - 1.817 1.427,00 1.135,00 1.500,00 1.500,00 1.816,85
Mogi-Guaçu - SP 2.957 - 8.470 4.800,89 2.957,00 5.112,00 6.993,00 8.470,13
Rio de Janeiro - RJ 1.490 - 3.986 2.407,96 1.490,00 2.448,00 3.291,06 3.986,23


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.540 - 34.427 8.765,04 1.539,81 2.352,46 28.423,11 34.426,92
Minas Gerais 1.277 - 4.113 2.149,16 1.277,28 1.900,00 3.395,45 4.112,67
Rio Grande do Sul 1.352 - 4.516 2.115,97 1.352,49 1.750,00 3.728,25 4.515,76
Goiás 1.100 - 3.032 1.558,95 1.100,00 1.297,80 2.503,46 3.032,27
Paraná 1.473 - 4.409 2.202,14 1.472,50 1.975,00 3.640,03 4.408,91
Rio de Janeiro 1.607 - 4.609 2.708,55 1.606,54 2.619,35 3.805,42 4.609,24
Espírito Santo 1.173 - 2.332 1.549,44 1.172,50 1.550,00 1.925,00 2.331,62


Principais locais de trabalho

Técnicos em calibração e instrumentação atuam em indústrias automobilísticas, de alimentos, celulose e papel, siderurgia, química, refino e transporte de petróleo, farmacêutica, têxtil, geração de energia e saneamento básico, petroquímica, fertilizantes, cimento, borracha e vidro. São empregados assalariados, com carteira assinada que se organizam em equipes, sob supervisão ocasional. Trabalham em ambiente fechado, em grandes alturas e, algumas atividades exercidas podem estar sujeitas à exposição de material tóxico.


O que é preciso para trabalhar na área dos Técnicos em calibração e instrumentação

O acesso ao trabalho dessas ocupações ocorre por meio de curso técnico de nível médio nas áreas de instrumentação e calibração. Os técnicos de instrumentação e calibração executam tarefas semelhantes. Ambos atuam no processo (instrumentação) e em laboratórios executando calibrações. Em empresas prestadoras de serviços, os técnicos em instrumentação acompanham o processo produtivo e encaminham os serviços de calibração para serem executados pelos técnicos em calibração no laboratório. A atuação desses trabalhadores como titulares na área ocorre depois de um a dois anos de experiência.


Funções e atividades do Técnico em calibração

Técnicos em calibração e instrumentação devem:

  • gerenciar sistema de confiabilidade;
  • contribuir no desenvolvimento de projetos de sistemas de medição e controle;
  • coordenar equipe de trabalho;
  • realizar manutenção de instrumentos de medição e controle;
  • analisar tecnicamente a aquisição de produtos e serviços de medição e controle;
  • demonstrar competências pessoais;
  • determinar valores de grandezas (medir);
  • gerenciar documentação;
  • calibrar padrões, equipamentos, sistemas e instrumentos de medição e controle;

  • Atividades

    • estabelecer frequência de calibração;
    • agir com ética;
    • ajustar equipamentos, sistemas e instrumentos de medição e controle;
    • instalar instrumentos de medição e controle;
    • identificar necessidades de treinamento;
    • operar padrões, equipamentos, sistemas e instrumentos de medição e controle;
    • calcular os resultados das medições;
    • validar resultados da calibração;
    • selecionar métodos e princípios de medição;
    • substituir componentes danificados de instrumentos de medição e controle;
    • agir com higiene e segurança;
    • testar as características técnicas de produtos e serviços dos diversos fornecedores;
    • arquivar documentação técnica e gerencial;
    • preservar o meio ambiente;
    • cadastrar instrumentos de medição e controle;
    • supervisionar a execução de tarefas;
    • controlar prazos para calibração;
    • reparar componentes danificados de instrumentos de medição e controle;
    • emitir parecer técnico sobre produtos e serviços de medição e controle;
    • atualizar-se profissionalmente;
    • determinar o procedimento de calibração;
    • identificar disfunções em instrumentos de medição e controle;
    • especificar instrumentos de sistemas de medição e controle;
    • avaliar o desempenho de sistemas de medição e controle;
    • analisar criticamente procedimentos técnicos e gerenciais;
    • demonstrar visão sistêmica;
    • emitir laudos e certificados da calibração de equipamentos e instrumentos de medição e controle;
    • planejar atividades com os integrantes da equipe;
    • planejar manutenção preventiva, preditiva e corretiva;
    • atuar em equipe;
    • ler e interpretar desenho técnico;
    • orientar equipe de trabalho;
    • determinar posições de medição e controle de processo;
    • integrar equipes de trabalho;
    • avaliar desempenho individual e coletivo da equipe;
    • participar de auditorias internas e externas;
    • ler bibliografia técnica em língua estrangeira;
    • elaborar sistema de codificação;
    • identificar as variáveis envolvidas no processo;
    • propor sistema de medição e controle;
    • conservar padrões, equipamentos, sistemas e instrumentos de medição e controle;
    • estabelecer os objetivos da análise;
    • elaborar fichas e formulários de registros;
    • atualizar procedimentos, instruções técnicas e gerenciais;
    • indicar fornecedores potenciais de produtos e serviços de medição e controle;
    • retirar instrumentos de medição e controle;
    • realizar ensaios físico-mecânicos;
    • identificar especificações téc. de padrões, equip., sistemas e instrumentos de medição e controle;
    • interpretar os resultados das medições;
    • inspecionar visualmente padrões, equipamentos, sistemas e instrumentos de medição e controle;
    • relacionar custos e benefícios da manutenção;
    • monitorar as condições ambientais para a calibração;
    • elaborar procedimentos, instruções técnicas e gerenciais;


    Setores que mais contratam Técnico em calibração no mercado de trabalho

    • Manutenção e reparação de aparelhos e instrumentos de medida, teste e controle
    • Testes e análises técnicas
    • Serviços de engenharia
    • Comércio atacadista de instrumentos e materiais para uso médico, cirúrgico, hospitalar e de laboratórios
    • Comércio varejista de outros produtos não especificados anteriormente
    • Outras atividades de serviços prestados principalmente às empresas
    • Comércio atacadista de máquinas e equipamentos para uso industrial
    • Fabricação de turbinas, motores e outros componentes e peças para aeronaves
    • Fabricação de medicamentos alopáticos para uso humano
    • Manutenção e reparação de equipamentos e produtos não especificados anteriormente




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: