Salário para o cargo de Vendedor de consórcio
CBO 5241-05 > Vendedores em domicílio

Vendedor de consórcio - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Vendem produtos e serviços em residências e escritórios; planejam e discutem metas e estratégias de venda. Contatam, visitam e entrevistam clientes; demonstram produtos, avaliam o perfil dos clientes e fecham contratos de vendas. Orientam, informam e visitam clientes no pós-venda; acompanham entrega de produtos, requisitam manutenção de produtos. Relacionam-se com setores da empresa.

Quanto ganha um Vendedor de consórcio

Um Vendedor de consórcio trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.063,34 e R$ 2.956,36, com a média salarial de R$ 1.454,42 e o salário mediana em R$ 1.236,27 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Vendedor de consórcio

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.454,42 17.453,03 363,60 6,77
1º Quartil 1.063,34 12.760,12 265,84 4,95
Salário Mediana 1.236,27 14.835,24 309,07 5,75
3º Quartil 2.254,65 27.055,76 563,66 10,49
Teto Salarial 2.956,36 35.476,32 739,09 13,75


Categorias profissionais do cargo

  • Trabalhadores dos serviços, vendedores do comércio em lojas e mercados
    • Vendedores e prestadores de serviços do comércio
      • Vendedores a domicílio, ambulantes e em bancas
        • Vendedores em domicílio

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.171 - 4.687 1.953,03 1.171,48 1.356,06 3.869,84 4.687,27
Curitiba - PR 1.055 - 2.658 1.382,99 1.055,42 1.100,00 2.194,08 2.657,53
Belo Horizonte - MG 1.094 - 2.661 1.438,03 1.093,96 1.195,43 2.196,95 2.661,01
Rio de Janeiro - RJ 1.160 - 3.434 1.704,25 1.160,08 1.375,01 2.835,29 3.434,18
Santa Luzia - MG 1.057 - 1.361 1.074,90 1.057,45 1.059,18 1.123,44 1.360,74
Contagem - MG 1.075 - 1.840 1.191,56 1.074,57 1.077,00 1.518,83 1.839,65
Goiânia - GO 995 - 2.242 1.283,08 995,42 1.130,00 1.851,05 2.242,04
Porto Alegre - RS 1.108 - 2.647 1.455,27 1.108,06 1.228,00 2.185,14 2.646,70
Fortaleza - CE 1.044 - 1.884 1.197,26 1.044,20 1.100,00 1.555,30 1.883,83
Campinas - SP 1.277 - 2.831 1.579,07 1.276,75 1.344,00 2.337,30 2.831,00
Salvador - BA 1.051 - 2.100 1.280,16 1.051,28 1.200,00 1.734,12 2.100,41
Montes Claros - MG 1.045 - 1.359 1.064,32 1.045,00 1.045,00 1.122,29 1.359,36
Brasília - DF 1.053 - 2.147 1.314,35 1.053,41 1.200,00 1.772,62 2.147,05
Recife - PE 1.048 - 2.023 1.258,01 1.047,72 1.150,00 1.670,08 2.022,86
Ribeirão Preto - SP 1.086 - 2.384 1.393,15 1.086,08 1.262,09 1.968,36 2.384,13
Londrina - PR 1.049 - 2.131 1.322,21 1.048,99 1.290,00 1.759,40 2.131,04
São José dos Pinhais - PR 1.258 - 2.527 1.558,21 1.258,35 1.398,00 2.086,34 2.527,04
São José dos Campos - SP 1.319 - 2.158 1.483,14 1.319,15 1.401,00 1.781,74 2.158,10
João Pessoa - PB 1.072 - 1.960 1.234,45 1.072,23 1.110,00 1.618,02 1.959,79
Aracaju - SE 1.051 - 1.629 1.145,26 1.051,05 1.093,00 1.344,72 1.628,77


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.145 - 3.532 1.702,27 1.144,81 1.356,06 2.916,05 3.532,01
Minas Gerais 1.052 - 2.144 1.263,58 1.051,96 1.108,00 1.770,04 2.143,93
Paraná 1.068 - 2.539 1.443,86 1.067,86 1.366,00 2.096,07 2.538,82
Rio Grande do Sul 1.142 - 2.701 1.507,97 1.142,16 1.316,50 2.230,24 2.701,33
Santa Catarina 1.225 - 2.859 1.602,23 1.224,78 1.391,00 2.360,34 2.858,91
Rio de Janeiro 1.170 - 2.803 1.532,77 1.170,17 1.295,00 2.314,03 2.802,83
Bahia 1.043 - 1.862 1.208,56 1.043,40 1.124,00 1.537,56 1.862,33
Goiás 1.006 - 2.157 1.267,57 1.006,11 1.120,00 1.780,45 2.156,53
Pernambuco 1.040 - 1.883 1.209,91 1.039,99 1.100,00 1.554,32 1.882,64
Ceará 1.044 - 1.780 1.173,52 1.044,30 1.099,00 1.469,76 1.780,21
Espírito Santo 1.085 - 2.000 1.261,87 1.084,79 1.143,93 1.651,34 2.000,15
Maranhão 1.065 - 1.566 1.151,57 1.065,13 1.110,71 1.293,27 1.566,45
Pará 1.040 - 1.723 1.189,07 1.040,29 1.153,21 1.422,73 1.723,26
Paraíba 1.062 - 2.394 1.318,67 1.062,49 1.110,00 1.976,22 2.393,66
Mato Grosso 1.067 - 2.700 1.436,83 1.067,13 1.171,00 2.229,46 2.700,38
Mato Grosso do Sul 1.130 - 2.302 1.381,53 1.130,44 1.226,00 1.900,30 2.301,71
Distrito Federal 1.053 - 2.147 1.314,35 1.053,41 1.200,00 1.772,62 2.147,05
Sergipe 1.034 - 1.618 1.138,46 1.034,27 1.093,00 1.336,08 1.618,30
Rondônia 1.110 - 1.890 1.251,11 1.110,47 1.178,00 1.560,80 1.890,49
Piauí 1.074 - 1.611 1.153,95 1.073,66 1.105,58 1.330,41 1.611,43
Rio Grande do Norte 1.042 - 1.715 1.147,43 1.041,71 1.055,00 1.416,14 1.715,28
Amazonas 1.051 - 6.051 2.086,18 1.051,39 1.155,00 4.995,81 6.051,07
Alagoas 1.046 - 2.663 1.359,94 1.046,01 1.100,00 2.198,89 2.663,36
Acre 1.028 - 1.485 1.110,75 1.027,88 1.100,00 1.226,43 1.485,49
Amapá 1.041 - 1.479 1.092,19 1.041,18 1.045,00 1.220,81 1.478,68
Tocantins 1.070 - 1.712 1.169,85 1.070,28 1.087,68 1.413,84 1.712,48
Roraima 1.060 - 1.477 1.106,61 1.059,98 1.076,25 1.219,48 1.477,07


Principais locais de trabalho

Vendedores em domicílio atuam como assalariados com carteira assinada ou informais, como autônomos, para empresas de saúde e serviços sociais, comércio por atacado e intermediários do comércio e serviços pessoais. Trabalham individualmente, com ou sem supervisão ocasional, em horário diurno e irregular. O local de trabalho pode ser fechado, em veículo ou a céu aberto. Eventualmente, podem trabalhar sob pressão de cumprimento de quotas de venda.


O que é preciso para trabalhar na área dos Vendedores em domicílio

A ocupação requer escolaridade de nível médio incompleta. É comum treinamentos periódicos, patrocinados pelas empresas vendedoras. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Vendedor de consórcio

Vendedores em domicílio devem:

  • fechar contratos de venda;
  • acompanhar clientes no pós-venda;
  • relacionar-se com setores da empresa;
  • demonstrar competências pessoais;
  • participar de eventos;
  • levantar o perfil do consumidor;
  • planejar vendas;
  • visitar consumidor;

  • Atividades

    • explicar as características dos produtos;
    • pagar vendas efetuadas à fornecedora;
    • demonstrar benefícios do produto;
    • enviar correspondências aos consumidores;
    • participar de palestras relacionadas à área;
    • explicar formas de pagamento;
    • solicitar indicação de clientes potenciais;
    • planejar metas de venda com o superior;
    • demonstrar empatia;
    • protocolar contrato;
    • assessorar na renovação de contratos;
    • emitir nota fiscal e recibos;
    • atualizar tabela de valores;
    • requisitar material de divulgação;
    • comprar produtos para demonstração;
    • fazer itinerário de visitas;
    • verificar o poder aquisitivo;
    • utilizar noções de informática;
    • entrevistar clientes em potencial;
    • preencher contrato do produto vendido;
    • informar ao cliente sobre novos produtos;
    • visitar clientes no período de garantia;
    • apresentar produtos por meio de fitas de vídeo;
    • auxiliar consumidor na escolha dos produtos;
    • avaliar o perfil por meio de computador;
    • acompanhar entrega de produtos na expedição;
    • receber pagamento do produto;
    • divulgar produtos por meio de panfletos;
    • contatar consumidor por telefone;
    • promover reunião para lançamento de produtos;
    • solicitar dados do cliente;
    • explicar objetivos da visita;
    • comunicar-se;
    • definir formas de pagamento;
    • preencher romaneio (folha de pedidos);
    • dar provas de responsabilidade;
    • tirar medidas para cálculos de custos de produtos;
    • orientar clientes em caso de ocorrência de evento;
    • encaminhar vendas efetuadas ao setor competente;
    • participar de cursos de reciclagem da área;
    • participar de feiras relacionadas à área;
    • enviar brindes;
    • discriminar tipos de produto;
    • verificar necessidades;
    • requisitar manutenção de produtos na garantia;
    • calcular o custo do produto;
    • preparar cadastro de potenciais clientes;
    • demonstrar persuasão;
    • discutir estratégias de venda com o superior;
    • dar provas de controle emocional;
    • convidar o cliente para visitar a empresa;
    • agir com ética;
    • programar execução de serviços;
    • demonstrar conhecimento do produto;
    • solicitar documentos comprobatórios para filiação;
    • estabelecer prazos de entrega dos produtos;
    • demonstrar produtos em eventos;
    • avaliar o perfil por meio de contato telefônico;
    • demonstrar produtos por meio de amostras;
    • confirmar cadastramento de clientes;
    • contratar pessoas para divulgar produtos;
    • requisitar material de consumo;
    • esclarecer dúvidas sobre produtos;
    • checar ficha cadastral do cliente;
    • apresentar tabelas de preços;
    • organizar-se;
    • pesquisar novos nichos de mercado;
    • definir produtos adequados ao perfil;
    • fazer entrega de produtos;
    • dar provas de boa dicção;
    • planejar novas regiões de venda com o superior;
    • orientar sobre dúvidas de contrato;
    • agendar horários para visitas;
    • motivar-se;
    • manter boa apresentação pessoal;


    Setores que mais contratam Vendedor de consórcio no mercado de trabalho

    • Outras atividades de serviços prestados principalmente às empresas
    • Atividades de teleatendimento
    • Promoção de vendas
    • Serviços de funerárias
    • Atividades de intermediação e agenciamento de serviços e negócios em geral, exceto imobiliários
    • Comércio varejista especializado de equipamentos de telefonia e comunicação
    • Serviços de comunicação multimídia - scm
    • Corretores e agentes de seguros, de planos de previdência complementar e de saúde
    • Representantes comerciais e agentes do comércio de mercadorias em geral não especializado
    • Atividades de cobrança e informações cadastrais




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: