Salário para o cargo de Trabalhador da exploração de pupunha
CBO 6324-20 > Extrativistas florestais de espécies produtoras de alimentos silvestres

Trabalhador da exploração de pupunha - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Plantam espécies produtoras de alimentos silvestres. Extraem, beneficiam, transportam e comercializam alimentos silvestres, como o açaí, a castanha, o pinhão e a pupunha. Manejam área de extração e preparam equipamentos de colheita, plantio e beneficiamento.

Quanto ganha um Trabalhador da exploração de pupunha

Um Trabalhador da exploração de pupunha trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.126,72 e R$ 1.704,34, com a média salarial de R$ 1.190,30 e o salário mediana em R$ 1.163,55 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Trabalhador da exploração de pupunha

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.190,30 14.283,65 297,58 5,44
1º Quartil 1.126,72 13.520,62 281,68 5,15
Salário Mediana 1.163,55 13.962,60 290,89 5,32
3º Quartil 1.299,80 15.597,63 324,95 5,94
Teto Salarial 1.704,34 20.452,08 426,08 7,79


Categorias profissionais do cargo

  • Trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca
    • Pescadores e extrativistas florestais
      • Extrativistas florestais
        • Extrativistas florestais de espécies produtoras de alimentos silvestres

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Cananeia - SP 1.164 - 1.409 1.163,55 1.163,55 1.163,55 1.163,55 1.409,33
São Paulo - SP 1.143 - 1.530 1.181,01 1.142,87 1.163,55 1.262,79 1.529,53
Ilhéus - BA 1.045 - 1.332 1.052,86 1.045,00 1.045,00 1.100,00 1.332,35
Piraju - SP 1.190 - 1.735 1.224,60 1.190,00 1.190,00 1.432,20 1.734,72
Una - BA 1.045 - 1.266 1.045,00 1.045,00 1.045,00 1.045,00 1.265,74
Juquiá - SP 1.164 - 1.815 1.442,42 1.163,54 1.498,20 1.498,20 1.814,66


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.158 - 1.630 1.206,06 1.157,64 1.163,55 1.345,57 1.629,79
Bahia 1.045 - 1.316 1.055,31 1.045,00 1.045,00 1.086,25 1.315,70


Principais locais de trabalho

Extrativistas florestais de espécies produtoras de alimentos silvestres trabalham como autônomos ou por conta própria em atividades extrativistas. Atuam em mutirão ou grupo familiar, sem supervisão. O trabalho é executado a céu aberto, em horários irregulares, durante o dia. Exceto o trabalhador da exploração de castanha, os demais trabalham em grandes alturas. Estão sujeitos a ataques de animais silvestres e peçonhentos.


O que é preciso para trabalhar na área dos Extrativistas florestais de espécies produtoras de alimentos silvestres

O exercício desse cargo requer escolaridade de até quarta série do ensino fundamental. A qualificação é obtida na prática e o pleno desempenho ocorre após um a dois anos de experiência. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Trabalhador da exploração de pupunha

Extrativistas florestais de espécies produtoras de alimentos silvestres devem:

  • beneficiar alimentos silvestres;
  • transportar alimentos silvestres;
  • manejar Área de extração;
  • demonstrar competências pessoais;
  • extrair alimentos silvestres;
  • plantar espécies produtoras de alimentos silvestres;
  • preparar equipamentos de colheita, plantio e beneficiamento;
  • comercializar alimentos silvestres;

  • Atividades

    • abrir covas;
    • extrair castanhas de ouriços;
    • subir em palmeiras e árvores;
    • medir volume de castanha e açaí em latas;
    • demarcar áreas de extração;
    • amolar instrumentos de corte;
    • carregar feixes de palmitos;
    • assar pinhão;
    • carregar açaí e castanhas em paneiros;
    • enfeixar palmitos;
    • plantar mudas de pupunha;
    • desidratar castanha em secadores;
    • carregar pinhões, castanhas e açaís em sacos;
    • manifestar resistência física;
    • capinar área de plantio;
    • transportar pinhões e castanhas em animais;
    • confeccionar alguidar;
    • amassar pupunha e pinhão;
    • transplantar mudas de açaí;
    • cortar madeira;
    • vender alimentos silvestres;
    • cortar caules de palmeiras;
    • ajuntar pinhões sob pé de araucárias;
    • plantar sementes de palmeiras de açaí;
    • transportar palmitos e castanhas em canoas;
    • quebrar pinhas;
    • produzir doce de castanhas;
    • lavar castanhas;
    • lavar alguidar e peneira;
    • pilar pinhão;
    • confeccionar remos de hastes de sacupema;
    • macerar açaí;
    • ajuntar ouriço sob pés de castanheiras;
    • classificar castanhas e palmitos de acordo com tamanho;
    • desmanchar cachos de pupunha;
    • guardar equipamentos de beneficiamento e plantio;
    • contar produção de palmito e castanha;
    • selecionar sementes e mudas;
    • roçar mata com facão;
    • lavar canoa;
    • regar canteiros;
    • pesar pupunha, pinhão e castanha;
    • confeccionar pecúnia;
    • descascar pupunha, pinhão e castanhas;
    • torrar massas de pupunha e castanha;
    • colher cachos de pupunha;
    • suportar trabalho em alturas elevadas;
    • debulhar cacho de açaí;
    • coletar amostras de espécies;
    • negociar preço de alimentos silvestres;
    • manifestar habilidade em colheita de frutos;
    • demonstrar coragem;
    • retirar brotos (perfilhos);
    • cozinhar pupunha e pinhão;
    • desbastar terreno;
    • confeccionar cangalhas;
    • colher cachos de açaí;
    • retirar folhas de palmeiras;
    • trilhar área de extração;
    • confeccionar canoas;
    • desencapar palmito;
    • confeccionar ganchos de madeira;
    • colher pinhas;
    • coar leite de castanhas;
    • acondicionar castanhas, palmito e cachos de pupunha em embarcações;
    • cortar estirpe de palmeiras;
    • produzir leite de castanhas;
    • resistir às variações climáticas;
    • tecer paneiros, esteiras e peneiras;
    • peneirar massa de pupunha;
    • escolher madeira;
    • armazenar castanhas, palmitos e pinhões em paióis;
    • atentar-se para riscos de acidentes;
    • despolpar açaí;
    • medir diâmetro em altura de peito (dap) em palmeiras;
    • depositar açaí e castanhas em paneiros;
    • ralar castanhas;
    • quebrar ouriços de castanhas;
    • acondicionar pinhões e cachos de pupunha em veículos automotores;
    • manifestar força física;
    • pesquisar mercado consumidor de alimentos silvestres;


    Setores que mais contratam Trabalhador da exploração de pupunha no mercado de trabalho

    • Cultivo de outras plantas de lavoura permanente
    • Cultivo de laranja
    • Fabricação de conservas de palmito
    • Atividades de apoio à extração de minerais não-metálicos
    • Atividades de apoio à pecuária
    • Cultivo de outras plantas de lavoura temporária
    • Cultivo de cana-de-açúcar
    • Serviços combinados de escritório e apoio administrativo
    • Criação de bovinos para corte
    • Coleta de palmito em florestas nativas




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque:

    Salário para o cargo de Supervisor de trens
    Supervisores dos serviços de transporte, turismo, hotelaria e administração de edifícios

    Supervisor de trens