Salário para o cargo de Professor de ensino fundamental - séries iniciais
CBO 3312-05 > Professores de nível médio no ensino fundamental

Professor de ensino fundamental - séries iniciais - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Ministram aulas no ensino fundamental de 1ª a 4ª séries, ensinando os alunos com técnicas de alfabetização, expressão artística e corporal, exercem atividades de planejamento do ano letivo, discutindo a proposta da escola, participando da definição da proposta pedagógica, fixando metas, definindo objetivos e cronogramas e selecionando conteúdos, preparam aulas, pesquisando e selecionando materiais e informações, diagnosticam a realidade dos alunos e avaliam seu conhecimento, acompanhando o processo de desenvolvimento dos alunos e aplicando instrumentos de avaliação, podem interagir com a comunidade escolar, buscando conscientizá-la sobre temas fundamentais para a cidadania e a qualidade de vida.

Quanto ganha um Professor de ensino fundamental - séries iniciais

Um Professor de ensino fundamental - séries iniciais trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.203,45 e R$ 8.977,61, com a média salarial de R$ 2.968,67 e o salário mediana em R$ 1.821,28 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Professor de ensino fundamental - séries iniciais

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 2.968,67 35.624,09 742,17 20,06
1º Quartil 1.203,45 14.441,41 300,86 8,13
Salário Mediana 1.821,28 21.855,36 455,32 12,30
3º Quartil 6.846,71 82.160,47 1.711,68 46,26
Teto Salarial 8.977,61 107.731,28 2.244,40 60,65


Categorias profissionais do cargo

  • Técnicos de nível médio
    • Professores leigos e de nível médio
      • Professores de nível médio na educação infantil, no ensino fundamental e no profissionalizante
        • Professores de nível médio no ensino fundamental

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Itajaí - SC 1.425 - 5.344 2.677,54 1.424,70 2.275,04 4.411,90 5.343,82
São Paulo - SP 1.356 - 14.292 4.584,46 1.355,74 2.446,18 11.799,22 14.291,57
Rio de Janeiro - RJ 1.150 - 8.656 2.830,87 1.150,02 1.450,07 7.146,70 8.656,30
Taubaté - SP 1.527 - 2.079 1.576,57 1.527,36 1.531,88 1.716,05 2.078,53
Concordia - SC 1.687 - 4.128 2.640,88 1.686,66 2.895,03 3.408,24 4.128,16
Sobradinho - BA 1.068 - 1.454 1.107,25 1.067,82 1.089,82 1.200,47 1.454,04
Belo Horizonte - MG 1.315 - 9.323 3.338,79 1.315,26 2.077,69 7.697,50 9.323,44
Santo Amaro da Imperatriz - SC 1.485 - 3.742 2.298,38 1.485,40 2.344,41 3.089,41 3.741,98
Várzea Paulista - SP 3.193 - 4.079 3.324,27 3.193,44 3.367,68 3.367,68 4.079,04
Xanxerê - SC 1.571 - 3.301 1.873,86 1.571,14 1.614,42 2.725,20 3.300,84
Blumenau - SC 2.014 - 6.528 3.524,19 2.013,82 2.876,90 5.389,37 6.527,76
Curitiba - PR 1.415 - 15.947 4.930,05 1.415,32 2.836,00 13.166,36 15.947,49
Umuarama - PR 1.418 - 2.028 1.484,35 1.418,32 1.423,12 1.674,40 2.028,09
Poços de Caldas - MG 1.887 - 3.010 2.051,25 1.886,91 1.920,34 2.484,68 3.009,52
Salvador - BA 1.190 - 9.804 3.488,81 1.190,03 2.302,83 8.094,28 9.804,03
Manaus - AM 1.068 - 12.550 3.879,19 1.067,57 2.000,00 10.361,56 12.550,23
Santa Barbara do Para - PA 1.509 - 2.190 1.637,33 1.508,68 1.522,32 1.808,45 2.190,45
São José do Rio Preto - SP 2.382 - 4.246 2.785,09 2.382,34 2.628,50 3.505,62 4.246,12
João Pessoa - PB 1.239 - 22.928 6.370,15 1.238,55 1.716,00 18.929,25 22.927,68
Taquara - RS 1.269 - 2.379 1.629,19 1.268,75 1.862,70 1.964,02 2.378,88


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.444 - 8.716 3.241,69 1.443,90 2.164,68 7.195,72 8.715,67
Santa Catarina 1.403 - 5.441 2.629,96 1.403,20 2.275,03 4.491,74 5.440,53
Rio de Janeiro 1.129 - 9.294 2.911,33 1.129,20 1.360,02 7.672,89 9.293,63
Minas Gerais 1.185 - 6.023 2.461,62 1.184,54 1.869,81 4.972,39 6.022,71
Paraná 1.217 - 6.509 2.434,12 1.217,09 1.487,45 5.373,54 6.508,59
Bahia 1.062 - 5.036 1.886,27 1.062,15 1.100,00 4.157,50 5.035,69
Rio Grande do Sul 1.322 - 6.663 2.703,84 1.321,67 1.907,18 5.501,42 6.663,48
Pará 1.298 - 6.556 2.558,55 1.297,88 1.807,38 5.412,29 6.555,53
Ceará 1.040 - 15.903 4.265,19 1.040,16 1.401,09 13.129,67 15.903,06
Pernambuco 1.048 - 26.233 6.323,61 1.048,35 1.296,90 21.658,48 26.233,40
Paraíba 1.137 - 16.506 4.637,45 1.136,88 1.659,00 13.627,24 16.505,72
Goiás 1.177 - 21.486 5.576,40 1.177,00 1.643,75 17.738,80 21.485,77
Amazonas 1.068 - 11.956 3.702,82 1.068,49 2.090,00 9.871,36 11.956,49
Mato Grosso do Sul 1.126 - 3.964 1.879,31 1.125,71 1.482,50 3.272,48 3.963,73
Mato Grosso 1.361 - 13.484 4.495,05 1.360,66 2.852,00 11.132,82 13.484,41
Espírito Santo 1.177 - 6.228 2.449,14 1.177,16 1.687,89 5.141,78 6.227,88
Alagoas 1.065 - 8.596 2.623,24 1.064,97 1.149,50 7.096,66 8.595,68
Distrito Federal 1.369 - 14.644 4.786,95 1.368,61 2.752,00 12.090,18 14.643,99
Maranhão 1.065 - 14.412 3.967,92 1.065,31 1.489,00 11.898,51 14.411,83
Rondônia 1.179 - 6.687 2.625,29 1.179,43 1.810,50 5.520,59 6.686,70
Rio Grande do Norte 1.034 - 3.475 1.694,27 1.033,72 1.345,70 2.869,23 3.475,29
Piauí 1.036 - 3.248 1.653,17 1.036,27 1.394,19 2.681,85 3.248,33
Sergipe 1.045 - 3.425 1.753,62 1.045,00 1.797,75 2.827,59 3.424,87
Amapá 1.240 - 3.515 1.908,06 1.239,67 1.710,00 2.901,89 3.514,85
Tocantins 1.177 - 46.709 10.517,44 1.177,27 1.648,84 38.563,37 46.709,11
Acre 1.100 - 15.449 4.206,15 1.100,00 1.667,06 12.754,50 15.448,63
Roraima 1.353 - 2.003 1.520,01 1.353,30 1.528,25 1.653,75 2.003,07


Principais locais de trabalho

Professores de nível médio no ensino fundamental trabalham na rede pública e privada de ensino de primeira a quarta séries de classes unisseriadas e multisseriadas. Os profissionais da rede pública são predominantemente estatutários, há prefeituras que contratam sob o regime celetista. Há, ainda, os professores que são admitidos na rede pública sem concurso e são chamados de ocupante de função atividade (ofa). Na rede privada, são empregados com carteira assinada. Trabalham em equipes pedagógicas, com supervisão permanente, em ambiente fechado e em horário diurno.


O que é preciso para trabalhar na área dos Professores de nível médio no ensino fundamental

O exercício dessa ocupação requer formação de nível médio profissionalizante em magistério. A partir de 2007, o requisito mínimo de formação será nível superior completo na área de educação.


Funções e atividades do Professor de ensino fundamental - séries iniciais

Professores de nível médio no ensino fundamental devem:

  • demonstrar competências pessoais;
  • conscientizar a comunidade escolar;
  • ministrar aula;
  • preparar aula;
  • comunicar-se;
  • planejar o ano letivo;
  • avaliar os alunos;
  • diagnosticar a realidade dos alunos;

  • Atividades

    • aplicar instrumentos de avaliação;
    • expor oralmente;
    • realizar atividades lúdicas;
    • definir objetivos;
    • manter disciplina;
    • trocar informações e experiências com colegas, comunidade, alunos e coordenação;
    • participar de eventos e encontros profissionais e comunitários;
    • selecionar livros paradidáticos;
    • selecionar material;
    • ensinar técnicas artísticas;
    • enviar comunicados;
    • fixar metas;
    • mediar ensino-aprendizagem;
    • demonstrar dinamismo;
    • proferir palestras;
    • participar de reuniões;
    • debater ideias e temas;
    • corrigir instrumentos de avaliação;
    • contar estórias;
    • elogiar o progresso do aluno;
    • definir estratégias;
    • preencher tarjetas (conceitos, notas);
    • servir como referencial de conduta;
    • adotar medidas disciplinares;
    • preencher cadastros;
    • selecionar conteúdos;
    • interpretar resultados de pré-testes de cognição;
    • definir atividades e eventos extraclasse;
    • demonstrar discernimento;
    • demonstrar coerência;
    • trabalhar em equipe;
    • vistar agenda dos alunos;
    • distribuir material;
    • confeccionar material;
    • entrevistar pais e alunos;
    • atender pais de alunos;
    • consultar relatório da turma do ano anterior;
    • diagnosticar o conhecimento prévio dos alunos;
    • trabalhar em grupo;
    • mediar conflitos;
    • preencher diário de classe;
    • elaborar projetos;
    • interagir com o grupo;
    • participar de reuniões com coordenação e diretoria;
    • avaliar comportamento;
    • participar de conselhos;
    • elaborar instrumentos de avaliação;
    • fornecer informações sobre profissionais de apoio;
    • conferir material;
    • demonstrar paciência;
    • pesquisar informações;
    • organizar-se;
    • demonstrar autoconfiança;
    • definir material didático;
    • mediar atividades de autocorreção;
    • convocar pais de alunos;
    • passar lição de casa;
    • elaborar plano de aula;
    • aplicar questionários;
    • observar os alunos;
    • revisar conteúdos;
    • aplicar técnicas de expressão corporal;
    • pesquisar material (editoras, internet);
    • preencher relatório de avaliação;
    • preencher boletins escolares;
    • participar da definição da proposta pedagógica;
    • requisitar material;
    • demonstrar sociabilidade;
    • acompanhar o processo de desenvolvimento dos alunos;
    • solicitar apoio da orientação ou coordenação;
    • sistematizar material e informações;
    • identificar a realidade familiar;
    • autocontrolar-se;
    • participar da elaboração de normas de conduta;
    • esclarecer dúvidas;
    • responder comunicados;
    • encaminhar alunos para profissionais de apoio (psicólogos, pedagogos, fonoaudiólogos);
    • selecionar livros didáticos;
    • avaliar planejamento;
    • demonstrar criatividade;
    • definir cronograma;
    • realizar leituras de apoio;
    • contornar situações adversas;
    • fornecer subsídios à diretoria;
    • reciclar material;
    • selecionar atividades lúdicas;
    • trocar ideias com professor do ano anterior;
    • discutir conceitos de conduta;
    • demonstrar imparcialidade;
    • demonstrar versatilidade;
    • dramatizar situações;
    • cobrar tarefas;
    • integrar as famílias à comunidade escolar;
    • visitar locais para estudos;
    • definir métodos de avaliação;
    • preencher lista de chamada;
    • discutir a proposta da escola;
    • comprar material;
    • avaliar participação;


    Setores que mais contratam Professor de ensino fundamental - séries iniciais no mercado de trabalho

    • Administração pública em geral
    • Ensino fundamental
    • Educação infantil - pré-escola
    • Ensino médio
    • Educação infantil - creche
    • Outras atividades de ensino
    • Serviços de assistência social sem alojamento
    • Atividades de associações de defesa de direitos sociais
    • Educação profissional de nível técnico
    • Educação superior - graduação




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: