Salário para o cargo de Perito de balanço
CBO 2522-15 > Contadores

Perito de balanço - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Legalizam empresas, elaborando contrato social/estatuto e notificando encerramento junto aos órgãos competentes, administram os tributos da empresa, registram atos e fatos contábeis, controlam o ativo permanente, gerenciam custos, administram o departamento pessoal, preparam obrigações acessórias, tais como: declarações acessórias ao fisco, órgãos competentes e contribuintes e administra o registro dos livros nos órgãos apropriados, elaboram demonstrações contábeis, prestam consultoria e informações gerenciais, realizam auditoria interna e externa, atendem solicitações de órgãos fiscalizadores e realizam perícia.

Quanto ganha um Perito de balanço

Um Perito de balanço trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.541,14 e R$ 10.411,97, com a média salarial de R$ 3.853,09 e o salário mediana em R$ 3.000,00 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Perito de balanço

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 3.853,09 46.237,12 963,27 18,18
1º Quartil 1.541,14 18.493,64 385,28 7,27
Salário Mediana 3.000,00 36.000,00 750,00 14,15
3º Quartil 7.940,61 95.287,34 1.985,15 37,46
Teto Salarial 10.411,97 124.943,62 2.602,99 49,11


Categorias profissionais do cargo

  • Profissionais das ciências e das artes
    • Profissionais das ciências sociais e humanas
      • Profissionais de organização e administração de empresas
        • Contadores

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 2.389 - 12.532 5.361,62 2.388,71 4.115,58 10.346,16 12.531,58
Porto Alegre - RS 2.276 - 5.856 3.305,65 2.276,00 3.193,47 4.835,00 5.856,30
Belo Horizonte - MG 1.505 - 5.442 2.596,96 1.504,62 2.450,00 4.493,06 5.442,13
Rio de Janeiro - RJ 2.200 - 7.804 4.297,20 2.200,00 4.200,00 6.443,00 7.803,95


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.941 - 13.066 5.179,73 1.940,87 4.000,00 10.787,22 13.065,80
Minas Gerais 1.543 - 6.158 2.709,21 1.542,77 2.151,19 5.084,27 6.158,22
Rio Grande do Sul 2.332 - 5.698 3.350,17 2.332,00 3.236,93 4.704,68 5.698,44
Paraná 1.300 - 7.759 2.737,22 1.300,00 1.894,93 6.405,77 7.758,86
Santa Catarina 1.507 - 4.360 2.635,96 1.507,00 2.600,00 3.600,00 4.360,43
Rio de Janeiro 2.200 - 7.804 4.071,25 2.200,00 3.570,75 6.443,00 7.803,95


Principais locais de trabalho

Contadores trabalham em escritórios de contabilidade e departamentos de contabilidade de empresas agrícolas, industriais, comerciais e dos serviços, incluindo bancos. São empregados com carteira assinada, exceto o Perito contábil que trabalha por conta própria e sem supervisão. Costumam se organizar de forma induvidual, trabalhando sob supervisão. Trabalham em ambiente fechado e em horário diurno. Os peritos contábeis podem trabalhar à distância. Eventualmente, trabalham sob pressão, podendo levar a situação de estresse.


O que é preciso para trabalhar na área dos Contadores

O exercício desse cargo requer curso superior em Ciências contábeis. O desempenho pleno das atividades ocorre após quatro anos (contador) e mais de cinco anos (auditor geral e perito contábil).


Funções e atividades do Perito de balanço

Contadores devem:

  • atender solicitações de Órgãos fiscalizadores;
  • preparar obrigações acessórias;
  • demonstrar competências pessoais;
  • controlar o ativo permanente;
  • gerenciar custos;
  • prestar consultoria e informações gerenciais;
  • realizar perícia;
  • registrar atos e fatos contábeis;
  • legalizar empresas;
  • comunicar-se;
  • administrar o departamento pessoal;
  • elaborar demonstrações contábeis;
  • administrar os tributos da empresa;
  • realizar auditoria interna/externa;

  • Atividades

    • preparar a declaração de imposto de renda pessoa física e jurídica;
    • elaborar relatório final com recomendação;
    • preparar as notas explicativas das demonstrações contábeis;
    • gerar diário/razão;
    • demonstrar objetividade;
    • participar das assembleias dos acionistas e dos conselhos fiscais e administrativos;
    • avaliar controles internos;
    • planejar trabalhos a serem executados;
    • preparar declarações acessórias ao fisco, órgãos competentes e contribuintes;
    • consolidar demonstrações contábeis;
    • prestar assessoramento às entidades de controles interno/externo;
    • escriturar livros contábeis;
    • compensar tributos;
    • preparar laudo contábil e pareceres;
    • atender a auditoria externa;
    • definir procedimentos internos;
    • administrar o registro dos livros nos órgãos apropriados;
    • demonstrar conhecimentos básicos de informática;
    • estruturar centros de custo;
    • emitir parecer;
    • zelar pelas informações;
    • formalizar a proposta de honorários;
    • notificar encerramento junto aos órgãos competentes;
    • seguir a implantação das recomendações;
    • estruturar plano de contas conforme a atividade da empresa;
    • utilizar fax, telefone, internet e intranet;
    • parametrizar aplicativos contábeis/fiscais e de suporte;
    • agir de forma educada;
    • manter-se atualizado perante a legislação;
    • levantar informações para recuperação de impostos;
    • retirar os autos nas varas;
    • elaborar folhas de pagamento de empregados, autônomos e pró-labore, férias, rescisão contratual;
    • fazer manutenção do plano de contas;
    • solicitar aos órgãos regime especial de procedimentos fiscais, municipais, estaduais e federais;
    • disponibilizar documentos com controle;
    • analisar os custos apurados;
    • preparar obrigações trabalhistas;
    • enviar mensagens via correio eletrônico;
    • orientar as áreas da empresa sobre custos;
    • acompanhar o desenvolvimento dos trabalhos periciais;
    • preparar documentação e relatórios auxiliares;
    • definir procedimentos contábeis;
    • analisar a matéria discutida nos autos;
    • montar balanços e demais demonstrativos contábeis;
    • enquadrar a empresa em um sistema de tributação;
    • acompanhar os trabalhos de fiscalização;
    • justificar os procedimentos adotados;
    • participar de entidades de classe;
    • acompanhar a execução do orçamento;
    • preparar documentação p/certidões negativas;
    • emitir balancetes;
    • conciliar saldo de contas;
    • classificar os documentos;
    • analisar balancete contábil;
    • escriturar livros fiscais;
    • enviar boletins informativos;
    • identificar possibilidade de redução de impostos;
    • auxiliar a contratação de auditoria independente;
    • definir a taxa de amortização, depreciação e exaustão;
    • verificar o cumprimento de normas, procedimentos e legislação;
    • registrar a movimentação dos ativos;
    • elaborar orçamento;
    • atualizar procedimentos internos;
    • falar corretamente;
    • guardar sigilo;
    • demonstrar conhecimento de outras línguas;
    • intermediar acordos com os sindicatos;
    • receber a carta de responsabilidade;
    • fazer relatórios gerenciais econômicos e financeiros;
    • definir sistema de custo e rateios;
    • devolver em juízo os laudos e autos;
    • administrar o prontuário dos funcionários;
    • prestar informações sobre balanços;
    • calcular os encargos sociais sobre a folha de pagamento, pró-labore, autônomos;
    • identificar as necessidades de informações da empresa;
    • preencher o livro de apuração do lucro real;
    • manter-se informado;
    • comparecer às audiências trabalhistas;
    • participar de congressos, convenções e workshop;
    • providenciar defesa;
    • elaborar contrato social/estatuto;
    • apurar os impostos devidos;
    • agir com discrição;
    • gerar os dados para preenchimento das guias;
    • controlar impostos retidos dos empregados autônomos e empregadores;
    • calcular índices econômicos e financeiros;
    • notificar o perito assistente sobre documentação e diligências;
    • manter-se atualizado;
    • preencher formulários específicos inerentes a atividade da empresa;
    • raciocinar logicamente;
    • realizar o controle físico com o contábil;
    • agir eticamente;
    • trabalhar em equipe;
    • diligenciar junto as partes para obtenção de provas;
    • agir com dinamismo;
    • auditar demonstrações contábeis;
    • participar na elaboração de normas internas;
    • assessorar a gestão empresarial;
    • classificar o bem na contabilidade e no sistema patrimonial;
    • manter-se atencioso;
    • confrontar as informações contábeis com custos;
    • elaborar folder;
    • demonstrar flexibilidade;
    • ministrar palestras, seminários e treinamentos;
    • divulgar e consultar manuais;
    • apurar custos;
    • disponibilizar informações cadastrais aos bancos e fornecedores;
    • administrar fluxo de documentos;
    • analisar os relatórios;
    • apontar as possibilidades de uso dos incentivos fiscais;
    • responder as manifestações em parecer no laudo;
    • analisar possíveis consequências das falhas;
    • atender solicitações especiais e denúncias;
    • escriturar ficha de crédito de impostos na aquisição de ativo fixo;


    Setores que mais contratam Perito de balanço no mercado de trabalho

    • Atividades de contabilidade
    • Atividades de consultoria e auditoria contábil e tributária
    • Serviços combinados de escritório e apoio administrativo
    • Transporte rodoviário de carga, exceto produtos perigosos e mudanças, intermunicipal, interestadual e internacional
    • Atividades auxiliares da justiça
    • Fabricação de aparelhos eletromédicos e eletroterapêuticos e equipamentos de irradiação
    • Locação de mão-de-obra temporária
    • Outras atividades de serviços prestados principalmente às empresas
    • Educação superior - graduação
    • Comércio varejista especializado de peças e acessórios para aparelhos eletroeletrônicos para uso doméstico, exceto informática e comunicação




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: