Salário para o cargo de Auxiliar de marceneiro
CBO 7711-05 > Marceneiros

Auxiliar de marceneiro - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Preparam o local de trabalho, ordenando fluxos do processo de produção, e planejam o trabalho, interpretando projetos desenhos e especificações e esboçando o produto conforme solicitação. Confeccionam e restauram produtos de madeira e derivados (produção em série ou sob medida). Entregam produtos confeccionados sob- medida ou restaurados, embalando, transportando e montando o produto no local da instalação em conformidade a normas e procedimentos técnicos e de segurança, qualidade, higiene e preservação ambiental.

Quanto ganha um Auxiliar de marceneiro

Um Auxiliar de marceneiro trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.272,53 e R$ 2.953,90, com a média salarial de R$ 1.647,75 e o salário mediana em R$ 1.500,00 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Auxiliar de marceneiro

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.647,75 19.773,00 411,94 7,55
1º Quartil 1.272,53 15.270,42 318,13 5,83
Salário Mediana 1.500,00 18.000,00 375,00 6,87
3º Quartil 2.252,77 27.033,25 563,19 10,32
Teto Salarial 2.953,90 35.446,81 738,48 13,53


Categorias profissionais do cargo

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais
    • Trabalhadores das indústrias de madeira e do mobiliário
      • Marceneiros
        • Marceneiros

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.424 - 3.693 2.018,69 1.424,19 1.800,00 3.048,69 3.692,66
Curitiba - PR 1.375 - 3.384 1.911,44 1.375,10 1.700,00 2.793,86 3.384,01
Rio de Janeiro - RJ 1.229 - 3.030 1.836,54 1.229,13 1.786,76 2.501,55 3.029,96
Belo Horizonte - MG 1.099 - 2.700 1.566,28 1.099,07 1.505,99 2.229,42 2.700,34
Brasília - DF 1.120 - 2.435 1.534,26 1.119,72 1.584,00 2.010,50 2.435,18
Passos - MG 1.046 - 2.515 1.398,16 1.046,22 1.191,60 2.076,73 2.515,40
São José do Rio Preto - SP 1.437 - 4.007 2.131,41 1.436,61 1.800,00 3.307,96 4.006,70
Joinville - SC 1.238 - 3.256 1.768,90 1.238,29 1.510,00 2.688,31 3.256,17
Uba - MG 1.129 - 1.999 1.288,04 1.128,80 1.185,04 1.650,77 1.999,46
Campinas - SP 1.396 - 5.838 2.420,14 1.395,78 1.634,40 4.819,61 5.837,66
Cascavel - PR 1.377 - 3.160 1.801,83 1.376,85 1.584,00 2.609,04 3.160,15
Fortaleza - CE 1.060 - 2.705 1.434,61 1.060,26 1.175,61 2.233,49 2.705,27
Goiânia - GO 1.080 - 4.504 1.943,22 1.079,69 1.450,00 3.718,71 4.504,21
Chapeco - SC 1.263 - 3.021 1.684,28 1.262,53 1.434,70 2.493,81 3.020,58
Ribeirão Preto - SP 1.378 - 3.198 1.797,64 1.377,61 1.500,00 2.640,51 3.198,26
Uberlândia - MG 1.069 - 2.365 1.396,14 1.069,07 1.222,34 1.952,39 2.364,79
Londrina - PR 1.359 - 2.755 1.692,60 1.359,04 1.555,11 2.274,54 2.754,99
São Jose - SC 1.208 - 2.890 1.716,60 1.208,44 1.590,47 2.385,98 2.889,97
Blumenau - SC 1.293 - 3.342 1.764,40 1.293,36 1.450,00 2.759,45 3.342,33
Tubarão - SC 1.243 - 2.590 1.561,86 1.243,45 1.496,00 2.138,16 2.589,81


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.347 - 3.273 1.820,83 1.347,41 1.552,00 2.702,38 3.273,20
Santa Catarina 1.225 - 2.954 1.664,70 1.224,88 1.470,00 2.439,14 2.954,36
Minas Gerais 1.072 - 2.662 1.477,05 1.071,88 1.255,71 2.197,58 2.661,77
Rio Grande do Sul 1.190 - 2.829 1.608,65 1.190,24 1.395,00 2.336,02 2.829,46
Paraná 1.305 - 2.973 1.727,24 1.305,45 1.555,19 2.454,23 2.972,64
Rio de Janeiro 1.198 - 2.941 1.736,99 1.197,58 1.696,20 2.428,09 2.940,98
Goiás 1.060 - 3.050 1.572,85 1.060,18 1.291,00 2.517,72 3.049,54
Espírito Santo 1.089 - 2.505 1.469,37 1.089,13 1.359,03 2.067,93 2.504,74
Mato Grosso 1.084 - 2.735 1.532,82 1.083,91 1.376,09 2.258,30 2.735,31
Bahia 1.047 - 2.353 1.375,83 1.047,47 1.200,00 1.942,30 2.352,57
Ceará 1.052 - 2.359 1.328,62 1.052,47 1.119,40 1.947,39 2.358,74
Distrito Federal 1.120 - 2.435 1.534,26 1.119,72 1.584,00 2.010,50 2.435,18
Pernambuco 1.082 - 2.140 1.398,05 1.081,88 1.400,00 1.766,55 2.139,70
Mato Grosso do Sul 1.109 - 2.503 1.476,27 1.108,55 1.313,50 2.066,49 2.502,99
Rio Grande do Norte 1.045 - 2.024 1.284,50 1.045,00 1.108,00 1.670,91 2.023,86
Rondônia 1.071 - 2.170 1.345,46 1.071,31 1.205,00 1.791,20 2.169,55
Pará 1.054 - 2.144 1.344,10 1.053,60 1.232,40 1.769,72 2.143,53
Paraíba 1.065 - 2.087 1.328,42 1.065,41 1.214,61 1.723,34 2.087,36
Sergipe 1.047 - 2.098 1.311,49 1.047,09 1.219,00 1.731,81 2.097,63
Tocantins 1.091 - 2.154 1.379,97 1.091,44 1.388,00 1.778,07 2.153,65
Alagoas 1.045 - 2.233 1.265,09 1.045,00 1.060,00 1.843,44 2.232,82
Maranhão 1.067 - 2.223 1.376,12 1.066,99 1.232,04 1.835,41 2.223,10
Piauí 1.051 - 1.697 1.166,99 1.051,43 1.100,00 1.400,67 1.696,53
Amazonas 1.094 - 2.513 1.466,33 1.093,84 1.250,23 2.074,76 2.513,01
Acre 1.067 - 1.951 1.290,94 1.067,17 1.200,00 1.610,60 1.950,81
Roraima 1.054 - 2.020 1.271,41 1.054,33 1.274,93 1.668,02 2.020,36


Principais locais de trabalho

Marceneiros atuam na fabricação de móveis e produtos de madeira como empregados com carteira assinada. Trabalham de forma individual, exceto o marceneiro, que trabalha em equipe. Todos atuam sob supervisão permanente, em ambiente fechado, no horário diurno e podem permanecer expostos a materiais tóxicos e a ruído intenso. O marceneiro trabalha sob pressão, o que pode levá-lo à situação de estresse, e o modelador de madeira permanece exposto a altas temperaturas.


O que é preciso para trabalhar na área dos Marceneiros

Para o exercício desse cargo, requer-se ensino médio concluído e curso básico de qualificação profissional com mais de quatrocentas horas-aula, oferecido por instituições de formação profissional. O pleno desempenho das atividades ocorre com, no mínimo, cinco anos de experiência profissional. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Auxiliar de marceneiro

Marceneiros devem:

  • entregar produtos confeccionados sob medidas ou restaurados;
  • seguir procedimentos para garantia da qualidade;
  • confeccionar produtos de madeira e derivados para produção em série ou sob medida (móveis, pipas);
  • planejar o trabalho;
  • demonstrar competências pessoais;
  • restaurar produtos em madeira e derivados;
  • preparar o local de trabalho;

  • Atividades

    • revisar as dimensões do produto;
    • regular as máquinas para obter o produto conforme o projeto;
    • confeccionar peças a serem substituídas na restauração de reposição;
    • organizar o local de trabalho;
    • aplicar massa para montagem de pipas, sob pressão;
    • aplicar produtos para correções, montagens e acabamentos de produtos de madeira e derivados;
    • regular o funcionamento das partes móveis do produto;
    • demonstrar capacidade para perceber ideias;
    • agir com ética;
    • montar produtos de madeira e derivados com elementos de fixação;
    • colocar ferragens para reajuste de produtos de madeira e derivados;
    • evidenciar criatividade;
    • especificar madeiras, acessórios, ferragens e acabamentos para confecção de produtos de madeira;
    • confeccionar gabaritos ou moldes para execução das peças em madeiras e derivados;
    • selecionar produtos para restauração;
    • utilizar equipamentos de proteção individual e coletiva (epi e epc);
    • reapertar elementos de fixação;
    • montar o produto no local de instalação;
    • comparar características do produto com requisitos do cliente ou projeto;
    • interpretar projetos, desenhos e especificações para a confecção e restauração de produtos de madeira;
    • avaliar a qualidade da matéria-prima para confecção de produtos de madeira e derivados;
    • executar traçado em madeira, derivados e outros materiais observando o sentido dos veios;
    • colocar apliques e lâminas nos produtos de madeira e derivados;
    • executar acabamento em produtos de madeira e derivados;
    • demonstrar capacidade para negociar com os clientes;
    • desmontar o produto;
    • manter-se atualizado tecnologicamente;
    • embalar o produto;
    • substituir peças danificadas;
    • separar o produto e acessórios;
    • preparar local para armazenamento de materiais;
    • elaborar orçamento para a confecção dos produtos de madeira e derivados e outros materiais;
    • verificar a resistência dos produtos de madeira e derivados;
    • revisar as condições do acabamento do produto;
    • transportar o produto;
    • fixar ferramentas;
    • manter as máquinas e ferramentas em condições de funcionamento;
    • preparar local de carga e descarga;
    • dimensionar produtos de madeira e derivados conforme solicitações de clientes e local de instalação;
    • selecionar as ferramentas necessárias para a execução do trabalho;
    • preparar o produto para o acabamento;
    • usinar os componentes dos produtos;
    • colocar arremates finais;
    • trabalhar em equipe;
    • elaborar roteiro para a confecção e restauração de produtos de madeira e/ou derivados;
    • ordenar fluxos do processo de produção;
    • esboçar o produto conforme solicitação do cliente;
    • seguir procedimentos de segurança;


    Setores que mais contratam Auxiliar de marceneiro no mercado de trabalho

    • Fabricação de móveis com predominância de madeira
    • Comércio varejista de móveis
    • Fabricação de esquadrias de madeira e de peças de madeira para instalações industriais e comerciais
    • Comércio varejista de madeira e artefatos
    • Serviços de montagem de móveis de qualquer material
    • Fabricação de artefatos diversos de madeira, exceto móveis
    • Construção de edifícios
    • Comércio varejista de materiais de construção em geral
    • Fabricação de móveis com predominância de metal
    • Fabricação de móveis de outros materiais, exceto madeira e metal




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: