Salário para o cargo de Tarefeiro na cultura de erva-mate
CBO 6226-15 > Trabalhadores agrícolas nas culturas de plantas estimulantes

Tarefeiro na cultura de erva-mate - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Colhem folha, ramo e fruto de plantas estimulantes, tais como cacau, café, erva-mate, guaraná e fumo, plantam culturas de plantas estimulantes, produzem mudas de plantas. Beneficiam frutos e folhas de plantas, acondicionam colheita e realizam tratos culturais em plantações. Organizam instalações e equipamentos agrícolas e preparam solo para plantio.

Quanto ganha um Tarefeiro na cultura de erva-mate

Um Tarefeiro na cultura de erva-mate trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.190,99 e R$ 1.884,83, com a média salarial de R$ 1.296,42 e o salário mediana em R$ 1.290,70 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Tarefeiro na cultura de erva-mate

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.296,42 15.557,05 324,11 5,93
1º Quartil 1.190,99 14.291,91 297,75 5,45
Salário Mediana 1.290,70 15.488,40 322,68 5,90
3º Quartil 1.437,45 17.249,40 359,36 6,57
Teto Salarial 1.884,83 22.617,93 471,21 8,62


Categorias profissionais do cargo

  • Trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca
    • Trabalhadores na exploração agropecuária
      • Trabalhadores agrícolas
        • Trabalhadores agrícolas nas culturas de plantas estimulantes

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
General Carneiro - PR 1.307 - 1.676 1.361,45 1.306,74 1.383,80 1.383,80 1.676,10
Catanduvas - SC 1.150 - 1.472 1.179,38 1.150,32 1.158,00 1.215,00 1.471,64
Coronel Domingos Soares - PR 1.338 - 2.360 1.513,37 1.337,65 1.383,80 1.948,22 2.359,74
São Paulo - SP 1.133 - 1.633 1.215,30 1.132,86 1.215,00 1.348,03 1.632,78
Ponte Serrada - SC 1.190 - 1.631 1.259,02 1.190,06 1.215,00 1.346,44 1.630,85
Turvo - PR 1.045 - 1.660 1.210,96 1.045,00 1.311,00 1.370,22 1.659,65
São João do Triunfo - PR 1.260 - 1.672 1.341,89 1.260,00 1.370,22 1.380,14 1.671,67
Irati - PR 1.362 - 1.650 1.362,00 1.362,00 1.362,00 1.362,00 1.649,70
Rio das Antas - SC 1.229 - 1.554 1.259,33 1.228,67 1.272,00 1.283,33 1.554,41
Xaxim - SC 1.158 - 1.569 1.217,45 1.158,00 1.214,00 1.295,31 1.568,91
Erechim - RS 1.365 - 1.755 1.411,16 1.364,80 1.400,51 1.449,00 1.755,07
Jabora - SC 1.201 - 1.472 1.211,74 1.200,75 1.215,00 1.215,00 1.471,64
Timbó Grande - SC 1.208 - 1.578 1.252,55 1.207,88 1.281,00 1.302,75 1.577,93
Concordia - SC 1.259 - 1.612 1.303,83 1.259,43 1.331,00 1.331,00 1.612,15
Vargeao - SC 1.215 - 1.472 1.215,00 1.215,00 1.215,00 1.215,00 1.471,64
Barão de Cotegipe - RS 1.395 - 2.040 1.521,75 1.395,00 1.404,00 1.684,43 2.040,23
Guarapuava - PR 1.317 - 1.749 1.384,39 1.316,87 1.383,80 1.443,67 1.748,61
Canoinhas - SC 1.331 - 1.659 1.339,35 1.331,00 1.331,00 1.369,40 1.658,66
Caçador - SC 1.100 - 1.657 1.239,90 1.100,00 1.260,60 1.367,88 1.656,82
Bituruna - PR 1.160 - 1.739 1.318,52 1.159,95 1.383,60 1.435,50 1.738,72


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Santa Catarina 1.148 - 1.618 1.235,68 1.148,14 1.215,00 1.335,57 1.617,68
Paraná 1.189 - 1.825 1.358,43 1.189,37 1.370,22 1.506,71 1.824,97
Rio Grande do Sul 1.288 - 1.926 1.425,76 1.287,69 1.404,00 1.589,91 1.925,74
São Paulo 1.133 - 1.633 1.215,30 1.132,86 1.215,00 1.348,03 1.632,78
Mato Grosso do Sul 1.088 - 1.332 1.096,88 1.087,50 1.100,00 1.100,00 1.332,35


Principais locais de trabalho

Trabalhadores agrícolas nas culturas de plantas estimulantes trabalham diretamente no campo, no cultivo de espécies vegetais, em pequenas, médias e grandes propriedades agrícolas. São assalariados com registro em carteira ou porcenteiros em esquema de produção familiar, com participação das mulheres e dos mais jovens na colheita, separação, embalagem ou no preparo e processamento dos produtos agrícolas. Há ainda os trabalhadores temporários, que são contratados na época da safra. As atividades se desenvolvem no horário diurno e os trabalhadores estão expostos às condições climáticas do trabalho a ceu aberto.


O que é preciso para trabalhar na área dos Trabalhadores agrícolas nas culturas de plantas estimulantes

O acesso ao trabalho é livre e o nível de escolaridade, heterogêneo. O aprendizado ocorre, geralmente, na prática e o desempenho pleno da atividade ocorre, aproximadamente, com um ano de exercício profissional. O conhecimento técnico especializado é transmitido tacitamente por trabalhadores experientes e por gerações mais velhas de uma mesma família. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Tarefeiro na cultura de erva-mate

Trabalhadores agrícolas nas culturas de plantas estimulantes devem:

  • organizar instalações e equipamentos agrícolas;
  • acondicionar colheita;
  • demonstrar competências pessoais;
  • realizar tratos culturais em plantações;
  • plantar culturas estimulantes;
  • produzir mudas de plantas estimulantes;
  • colher folha, ramo e fruto de plantas estimulantes;
  • beneficiar frutos e folhas de plantas estimulantes;
  • preparar solo para plantio;

  • Atividades

    • lavar máquinas e implementos agrícolas;
    • dispor mudas em embalagens plásticas;
    • abrir covas;
    • manusear ferramentas agrícolas;
    • plantar mudas de árvores em matecultura;
    • umidificar fumo em estufas;
    • pesar grãos, amêndoas e folhas de plantas estimulantes;
    • depositar grãos de café em máquina de limpeza;
    • regar sementes e mudas;
    • estender pano sob pé de café e erva-mate;
    • enfardar maços de fumo;
    • ensacar grãos de café, amêndoas de cacau e de guaraná;
    • retirar semente de flor de fumo;
    • guardar máquinas e implementos agrícolas em galpões;
    • podar cacaueiro, cafeeiro e guaranazeiro;
    • pulverizar defensivos agrícolas em solo e plantações;
    • revirar grãos de café em terreiro;
    • transportar frutos e folhas;
    • quebrar fruto de cacau;
    • capinar lavouras;
    • varrer instalações;
    • acondicionar fruto de café em balaio;
    • enxertar galho de planta resistente em planta doente (clonagem);
    • pisar amêndoas de cacau;
    • escolher mudas;
    • transplantar mudas de viveiro para solo;
    • depositar fumo, café, cacau e guaraná em estufas;
    • puxar fruto de cacaueiro;
    • gradear solo;
    • cobrir mudas de guaraná com palhas de babaçu;
    • construir viveiros;
    • despolpar fruto de café;
    • plantar mudas de árvores entre cacaueiros;
    • retirar folhas maduras de plantas de fumo;
    • roçar lavouras com instrumentos de corte;
    • desbrotar cacaueiro e cafeeiro;
    • retirar vassoura-de-bruxa de cacaueiro;
    • selecionar planta matriz;
    • revirar amêndoas de cacau em cochos;
    • adubar lavouras;
    • apanhar fruto de café;
    • cortar lenha;
    • formar curva de nível;
    • roçar lavouras com máquinas agrícolas;
    • dar prova de força física;
    • cortar cachos de fruto de guaraná;
    • reparar máquinas e implementos agrícolas;
    • amolar ferramentas;
    • costurar sacas de café, cacau e guaraná;
    • retirar flor e brotos de planta de fumo;
    • cortar galhos de plantas de erva-mate;
    • misturar semente de erva-mate e guaraná em areia úmida;
    • utilizar equipamentos de proteção individual (epi);
    • lançar calcário em solo;
    • controlar temperatura de estufas;
    • marcar solo;
    • arar solo;
    • semear canteiros;
    • revirar amêndoas de cacau em barcaça;
    • manifestar iniciativa no exercício da atividade;
    • escolher máquinas e implementos agrícolas;
    • depositar amêndoas de cacau em cochos para fermentação;
    • cobrir mudas de erva-mate com lâminas;
    • empilhar sacas de café, cacau e guaraná em tulha;
    • amarrar ramos com folhas de erva-mate em poncho;
    • acondicionar fruto de cacau e guaraná em balaio;
    • plantar mudas de árvores entre guaranazeiros;
    • dar prova de resistência a variações climáticas;
    • descascar fruto de erva-mate e guaraná;
    • recolher fruto de café com rastelo;
    • lubrificar máquinas e implementos agrícolas;
    • distribuir substrato orgânico em bandejas;
    • espalhar sementes em matecultura e fumicultura;
    • peneirar fruto de café;
    • perceber alterações no desenvolvimento das plantas;


    Setores que mais contratam Tarefeiro na cultura de erva-mate no mercado de trabalho

    • Fabricação de produtos para infusão (chá, mate, etc.)
    • Serviço de preparação de terreno, cultivo e colheita
    • Cultivo de erva-mate
    • Moagem e fabricação de produtos de origem vegetal não especificados anteriormente
    • Comércio atacadista especializado em outros produtos alimentícios não especificados anteriormente
    • Comércio varejista de produtos alimentícios em geral ou especializado em produtos alimentícios não especificados anteriormente
    • Serviço de poda de árvores para lavouras
    • Coleta de produtos não-madeireiros não especificados anteriormente em florestas nativas
    • Atividades paisagísticas
    • Fabricação de chá mate e outros chás prontos para consumo




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: