Salário para o cargo de Professor não habilitado no ensino fundamental
CBO 3321-05 > Professores leigos no ensino fundamental

Professor não habilitado no ensino fundamental - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Dão aulas em escolas de zonas rurais e de regiões remotas do país, ensinam a ler, escrever e calcular, preparam aulas, material didático e planejam o ano letivo. Avaliam alunos e supervisionam suas atividades. Realizam procedimentos administrativos. No desenvolvimento das atividades, comunicam-se com os alunos, pais, equipe escolar e comunidade.

Quanto ganha um Professor não habilitado no ensino fundamental

Um Professor não habilitado no ensino fundamental trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.082,11 e R$ 24.115,50, com a média salarial de R$ 5.634,33 e o salário mediana em R$ 1.460,95 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Professor não habilitado no ensino fundamental

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 5.634,33 67.611,91 1.408,58 30,18
1º Quartil 1.082,11 12.985,31 270,53 5,80
Salário Mediana 1.460,95 17.531,40 365,24 7,82
3º Quartil 18.391,51 220.698,16 4.597,88 98,51
Teto Salarial 24.115,50 289.386,04 6.028,88 129,16


Categorias profissionais do cargo

  • Técnicos de nível médio
    • Professores leigos e de nível médio
      • Professores leigos no ensino fundamental e no profissionalizante
        • Professores leigos no ensino fundamental

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.176 - 57.850 15.595,61 1.176,19 2.018,67 47.761,22 57.849,83
Lorena - SP 2.283 - 2.765 2.282,51 2.282,51 2.282,51 2.282,51 2.764,64
Salvador - BA 1.050 - 2.248 1.380,15 1.050,42 1.210,00 1.856,02 2.248,07
Curitiba - PR 1.233 - 8.923 3.024,93 1.233,48 1.970,00 7.366,99 8.923,12
Brasília - DF 447 - 52.336 11.327,70 446,60 1.209,80 43.209,15 52.336,22
Rio de Janeiro - RJ 1.094 - 3.399 1.680,58 1.094,41 1.461,08 2.806,35 3.399,14
Sorocaba - SP 1.056 - 1.971 1.273,22 1.055,65 1.281,50 1.627,28 1.971,01
São João da Boa Vista - SP 1.299 - 1.734 1.347,12 1.298,86 1.298,89 1.431,20 1.733,51
Florianópolis - SC 1.220 - 3.584 1.729,27 1.220,20 1.379,62 2.959,38 3.584,49
Ribeirão Preto - SP 1.488 - 2.966 1.812,52 1.488,33 1.676,10 2.448,53 2.965,74
Rio do Sul - SC 1.215 - 1.583 1.245,25 1.214,68 1.231,82 1.307,14 1.583,24
Jundiaí - SP 1.219 - 2.026 1.382,01 1.219,35 1.313,00 1.673,09 2.026,50
Fortaleza - CE 1.054 - 3.798 1.837,06 1.054,17 1.666,77 3.135,43 3.797,73
Arapiraca - AL 1.045 - 5.875 1.874,63 1.045,00 1.045,00 4.850,30 5.874,83
Itapecerica - MG 1.548 - 2.098 1.689,93 1.547,79 1.731,74 1.731,74 2.097,54
Maringá - PR 1.095 - 2.418 1.341,89 1.094,63 1.143,30 1.996,55 2.418,28
Guarulhos - SP 1.292 - 2.153 1.499,45 1.292,40 1.461,39 1.777,28 2.152,69
Campinas - SP 1.276 - 3.539 1.988,32 1.275,70 1.980,00 2.921,61 3.538,74
Santo André - SP 1.185 - 2.138 1.372,87 1.184,85 1.294,06 1.765,54 2.138,47
Rio Negro - PR 1.101 - 1.853 1.269,98 1.100,55 1.240,00 1.530,00 1.853,18


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.184 - 37.745 8.974,26 1.184,25 1.741,00 31.162,18 37.744,57
Santa Catarina 1.144 - 3.338 1.633,96 1.144,12 1.323,60 2.755,79 3.337,90
Paraná 1.064 - 4.729 1.885,22 1.063,66 1.242,50 3.904,67 4.729,46
Rio de Janeiro 1.094 - 3.794 1.727,48 1.094,21 1.444,66 3.132,55 3.794,24
Bahia 1.020 - 2.342 1.329,12 1.019,84 1.194,83 1.933,88 2.342,37
Minas Gerais 1.144 - 3.274 1.759,59 1.143,64 1.731,74 2.702,66 3.273,54
Pernambuco 954 - 1.919 1.198,12 953,77 1.130,00 1.584,34 1.918,99
Distrito Federal 447 - 52.336 11.327,70 446,60 1.209,80 43.209,15 52.336,22
Pará 1.078 - 2.807 1.499,35 1.078,14 1.170,78 2.317,38 2.806,87
Goiás 1.149 - 1.742 1.291,02 1.149,46 1.300,00 1.438,39 1.742,22
Rio Grande do Sul 1.088 - 18.424 4.513,35 1.088,48 1.514,44 15.210,74 18.423,71
Alagoas 1.038 - 4.665 1.746,95 1.038,29 1.045,00 3.851,64 4.665,23
Ceará 1.049 - 3.798 1.797,15 1.049,00 1.570,41 3.135,43 3.797,73
Mato Grosso 1.255 - 2.907 1.622,43 1.255,00 1.404,14 2.400,00 2.906,95
Mato Grosso do Sul 1.149 - 2.729 1.516,18 1.148,63 1.368,99 2.253,05 2.728,96
Rondônia 1.045 - 3.074 1.685,13 1.045,00 1.397,10 2.538,11 3.074,24
Espírito Santo 1.590 - 3.161 2.236,18 1.589,93 2.610,00 2.610,00 3.161,31
Maranhão 1.045 - 1.819 1.210,36 1.045,00 1.104,37 1.502,07 1.819,35
Sergipe 1.073 - 2.726 1.695,87 1.072,50 1.625,00 2.250,60 2.725,99
Rio Grande do Norte 1.045 - 1.760 1.152,53 1.045,00 1.100,00 1.453,20 1.760,16
Amazonas 1.045 - 1.986 1.257,50 1.045,00 1.087,50 1.640,00 1.986,42
Tocantins 1.045 - 2.481 1.409,48 1.045,00 1.342,80 2.048,00 2.480,60
Paraíba 1.045 - 1.964 1.164,76 1.045,00 1.045,00 1.621,40 1.963,89


Principais locais de trabalho

Professores leigos no ensino fundamental atuam na área de ensino como professores de classes multisseriadas ou unisseriadas de zonas rurais e regiões remotas do país. Podem fazer acompanhamento e orientação familiar. São empregados geralmente por meio de contratos temporários , com supervisão permanente. Trabalham de forma individual, em ambiente fechado e em horário diurno. Têm condições de trabalho precárias, convivendo com a falta de recursos e de infra-estrutura.


O que é preciso para trabalhar na área dos Professores leigos no ensino fundamental

A maioria dos professores leigos tem até a quarta série do ensino fundamental. Para o exercício profissional requer-se que se matriculem no programa de formação de professores em exercício (proformação) para obter formação equivalente ao magistério. O curso baseia-se no ensino a distância e tem duração de dois anos, com fases presenciais e a distância, e com orientação de um tutor. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Professor não habilitado no ensino fundamental

Professores leigos no ensino fundamental devem:

  • demonstrar competências pessoais;
  • realizar procedimentos administrativos;
  • dar aula;
  • ensinar a ler, escrever e calcular;
  • preparar aula;
  • avaliar os alunos;
  • supervisionar atividades dos alunos;
  • comunicar-se;
  • planejar o ano letivo;
  • preparar material didático;

  • Atividades

    • preencher ficha individual do aluno;
    • estabelecer regras de comportamento;
    • demonstrar criatividade;
    • esclarecer dúvidas;
    • redigir textos com os alunos;
    • acompanhar a aprendizagem dos alunos;
    • participar de eventos de qualificação;
    • definir métodos de avaliação;
    • organizar reuniões com os pais;
    • selecionar material;
    • estudar conteúdo (assuntos e temas relacionados com a aula);
    • fazer chamada;
    • participar de reunião de pais;
    • definir conteúdos;
    • observar a participação dos alunos;
    • atender os pais dos alunos;
    • supervisionar alunos no recreio;
    • preencher diário de classe (conteúdo das aulas);
    • entrevistar pessoas da comunidade e de entidades;
    • absorver mudanças;
    • visitar bibliotecas, museus e locais de interesse;
    • elaborar projetos pedagógicos e de atividades com os alunos;
    • demonstrar paciência;
    • apresentar conteúdo da aula;
    • divulgar atividades e eventos para a comunidade;
    • redigir relatórios;
    • participar de reuniões com coordenação e diretoria;
    • fazer ditados relâmpago e concreto;
    • corrigir instrumentos de avaliação;
    • convocar pais ou responsáveis;
    • organizar material de sala de aula;
    • organizar material dos alunos;
    • ensinar operações fundamentais;
    • preencher boletim dos alunos;
    • dramatizar estórias, músicas e festas folclóricas;
    • contatar pessoas da comunidade para aula;
    • organizar eventos e atividades fora da escola;
    • orientar caligrafia;
    • assistir vídeos didáticos e de estórias;
    • conversar com os alunos;
    • organizar filas;
    • reciclar material;
    • encaminhar alunos a profissionais de apoio;
    • resolver problemas;
    • estabelecer programa anual, semestral e mensal;
    • pesquisar livros e vídeos didáticos e de estórias;
    • definir projetos;
    • confeccionar fichas pedagógicas;
    • participar de eventos extracurriculares;
    • demonstrar autoconfiança;
    • definir metodologia (como vai trabalhar);
    • confeccionar apostilas (livros de estórias, textos, etc.);
    • levantar disponibilidade de material;
    • criar brincadeira e jogos;
    • reproduzir material;
    • preencher mapa de nota (histórico escolar dos alunos);
    • trabalhar em equipe;
    • organizar merenda dos alunos;
    • programar eventos e atividades extracurriculares;
    • ouvir a experiência dos alunos;
    • revisar a correção com os alunos;
    • elaborar roteiro de aula;
    • ditar palavras e textos;
    • desenvolver dinâmicas de grupo com os alunos;
    • avaliar as atividades diárias dos alunos;
    • passar vídeos didáticos e de estórias;
    • estabelecer cronograma de atividades;
    • dar aulas de reforço;
    • organizar sala de aula;
    • demonstrar organização;
    • selecionar livros didáticos e de estórias;
    • confeccionar cartazes e painéis;
    • demonstrar dinamismo;
    • pesquisar a realidade familiar do aluno;
    • elaborar instrumentos de avaliação;
    • acompanhar alunos na merenda;
    • estimular debates e comentários;
    • demonstrar iniciativa;
    • demonstrar motivação;
    • ler textos com os alunos;
    • contornar situações difíceis;
    • organizar eventos e atividades na escola;
    • passar tarefa de casa;
    • demonstrar sensibilidade;
    • brincar com os alunos;
    • mediar conflitos;
    • demonstrar participação;
    • demonstrar perseverança;
    • jogar com os alunos;
    • definir objetivos;
    • contar estórias;
    • fixar metas;
    • analisar a frequência;
    • observar o comportamento dos alunos;
    • pesquisar conhecimento prévio do aluno;
    • ouvir atentamente (saber ouvir);


    Setores que mais contratam Professor não habilitado no ensino fundamental no mercado de trabalho

    • Educação infantil - pré-escola
    • Ensino fundamental
    • Educação infantil - creche
    • Educação superior - pós-graduação e extensão
    • Administração pública em geral
    • Atividades de associações de defesa de direitos sociais
    • Ensino médio
    • Educação superior - graduação
    • Outras atividades de ensino
    • Atividades de organizações associativas patronais e empresariais




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: