Salário para o cargo de Desenhista de arquitetura
CBO 3181-05 > Desenhistas técnicos da construção civil e arquitetura

Desenhista de arquitetura - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Elaboram desenhos de arquitetura e engenharia civil utilizando softwares específicos para desenho técnico, assim como podem executar plantas, desenhos e detalhamentos de instalações hidrossanitárias e elétricas e desenhos cartográficos, coletam e processam dados e planejam o trabalho para a elaboração do projeto como, por exemplo, interpretar projetos existentes, calcular e definir custos do desenho, analisar croqui e aplicar normas de saúde ocupacional e normas técnicas ligadas à construção civil, podendo atualizar o desenho de acordo com a legislação.

Quanto ganha um Desenhista de arquitetura

Um Desenhista de arquitetura trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.270,72 e R$ 4.765,78, com a média salarial de R$ 2.178,00 e o salário mediana em R$ 1.930,11 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Desenhista de arquitetura

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 2.178,00 26.136,03 544,50 10,26
1º Quartil 1.270,72 15.248,58 317,68 5,99
Salário Mediana 1.930,11 23.161,32 482,53 9,10
3º Quartil 3.634,59 43.615,06 908,65 17,13
Teto Salarial 4.765,78 57.189,37 1.191,45 22,46


Categorias profissionais do cargo

  • Técnicos de nível médio
    • Técnicos de nível médio das ciências físicas, químicas, engenharia
      • Desenhistas técnicos e modelistas
        • Desenhistas técnicos da construção civil e arquitetura

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.528 - 5.271 2.616,81 1.528,21 2.211,92 4.351,89 5.271,13
Rio de Janeiro - RJ 1.485 - 5.704 2.660,00 1.484,89 2.100,00 4.709,55 5.704,35
Belo Horizonte - MG 1.420 - 5.173 2.668,08 1.419,61 2.338,48 4.270,49 5.172,55
Curitiba - PR 1.217 - 4.059 2.072,23 1.217,19 2.000,00 3.350,93 4.058,74
Fortaleza - CE 1.332 - 3.341 1.920,38 1.332,24 1.899,69 2.758,24 3.340,87
Brasília - DF 1.253 - 4.652 2.358,30 1.253,18 2.342,15 3.840,58 4.651,82
Salvador - BA 1.423 - 3.461 2.050,59 1.422,50 1.930,11 2.857,34 3.460,89
Goiânia - GO 1.246 - 3.109 1.861,98 1.246,33 1.875,34 2.566,52 3.108,64
Ribeirão Preto - SP 1.400 - 2.807 1.715,89 1.400,00 1.400,00 2.317,31 2.806,79
Cuiabá - MT 1.359 - 2.826 1.846,03 1.359,37 1.800,00 2.333,27 2.826,13
Porto Alegre - RS 1.528 - 3.438 2.007,89 1.527,72 1.800,00 2.838,60 3.438,20
São Luís - MA 1.313 - 3.166 1.974,49 1.313,00 2.200,00 2.613,79 3.165,90
Santo André - SP 1.526 - 2.801 1.851,11 1.525,70 1.730,41 2.312,38 2.800,82
São Bernardo do Campo - SP 2.087 - 6.569 3.605,41 2.087,10 3.487,01 5.423,14 6.568,67
Recife - PE 1.109 - 2.972 1.812,58 1.108,75 2.025,10 2.453,73 2.972,03
Belém - PA 1.581 - 2.461 1.897,25 1.580,72 2.006,04 2.031,75 2.460,92
Manaus - AM 1.350 - 3.475 2.067,28 1.350,00 1.800,00 2.868,93 3.474,94
Blumenau - SC 1.486 - 5.244 2.632,11 1.485,67 2.200,00 4.329,33 5.243,82
Porto Velho - RO 1.176 - 1.846 1.321,46 1.176,00 1.300,00 1.524,15 1.846,10
Nova Lima - MG 1.200 - 3.190 1.861,54 1.200,00 1.500,00 2.633,33 3.189,57


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.498 - 4.707 2.413,68 1.498,28 2.058,80 3.886,35 4.707,26
Rio de Janeiro 1.407 - 5.262 2.466,18 1.407,08 2.074,72 4.344,59 5.262,29
Minas Gerais 1.208 - 6.004 2.549,68 1.208,44 2.005,80 4.956,84 6.003,87
Paraná 1.206 - 4.126 2.002,65 1.206,04 1.601,19 3.406,16 4.125,65
Rio Grande do Sul 1.368 - 4.298 2.132,46 1.367,71 1.800,00 3.548,24 4.297,74
Bahia 1.171 - 3.045 1.814,56 1.171,47 1.847,35 2.513,60 3.044,55
Santa Catarina 1.256 - 3.915 2.013,12 1.255,85 1.769,00 3.232,19 3.914,92
Ceará 1.295 - 3.356 1.881,32 1.295,47 1.700,54 2.771,10 3.356,44
Goiás 1.178 - 3.886 1.943,70 1.177,75 1.683,76 3.208,50 3.886,23
Mato Grosso 1.137 - 2.948 1.763,72 1.136,96 1.800,00 2.433,55 2.947,58
Distrito Federal 1.253 - 4.652 2.358,30 1.253,18 2.342,15 3.840,58 4.651,82
Espírito Santo 1.155 - 3.220 1.628,41 1.155,40 1.399,41 2.658,72 3.220,33
Pará 1.620 - 3.271 2.089,90 1.620,30 2.031,75 2.700,16 3.270,52
Pernambuco 1.109 - 3.485 1.871,59 1.109,38 1.800,00 2.877,35 3.485,14
Maranhão 1.326 - 4.166 2.242,94 1.326,00 2.200,00 3.439,65 4.166,20
Rondônia 1.164 - 2.235 1.392,57 1.164,00 1.300,00 1.844,89 2.234,59
Amazonas 1.363 - 3.380 2.012,07 1.362,50 1.800,00 2.790,87 3.380,38
Tocantins 1.132 - 1.776 1.244,21 1.132,33 1.195,54 1.466,67 1.776,47
Mato Grosso do Sul 1.187 - 3.204 1.734,89 1.187,00 1.622,25 2.645,00 3.203,70
Sergipe 1.073 - 2.665 1.539,71 1.072,50 1.550,00 2.200,00 2.664,71
Piauí 1.332 - 2.458 1.746,86 1.331,54 1.892,93 2.029,18 2.457,80
Rio Grande do Norte 1.065 - 1.817 1.180,00 1.065,00 1.125,00 1.500,00 1.816,85
Acre 1.045 - 1.524 1.149,62 1.045,00 1.200,00 1.258,12 1.523,87


Principais locais de trabalho

Desenhistas técnicos da construção civil e arquitetura esses trabalhadores atuam em atividades econômicas como construção civil, captação, purificação e destribuição de água, administração pública, serviços de utilidade pública, tais como produção e distribuição de eletricidade, gás e água. São encontrados como empregados com carteira assinada ou como autônomos, sempre de forma individual, com supervisão permanente. Trabalham em período diurno, em local fechado, com exceção do desenhista técnico de cartografia, que também trabalha a céu aberto.


O que é preciso para trabalhar na área dos Desenhistas técnicos da construção civil e arquitetura

Esse emprego/ocupação requer para o seu exercício o ensino fundamental completo, curso básico de qualificação de duzentas a quatrocentas horas-aula e experiência profissional de um a dois anos. É necessário o domínio de aplicativos como o cad - computer aided design (desenho auxiliado por computador). Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Desenhista de arquitetura

Desenhistas técnicos da construção civil e arquitetura devem:

  • elaborar desenhos de arquitetura e engenharia civil;
  • organizar arquivos técnicos;
  • revisar desenhos;
  • fechar a ordem de serviço do desenho;
  • processar dados para desenho;
  • coletar dados para elaboração de desenho;
  • planejar o trabalho relativo ao desenho;
  • demonstrar competências pessoais;

  • Atividades

    • selecionar meios e ferramentas de desenho;
    • retornar documentos utilizados para arquivo;
    • fazer levantamento de campo;
    • fazer visita técnica para rever dados;
    • legendar plantas;
    • pesquisar na internet;
    • adotar normas de higiene no trabalho;
    • aplicar normas técnicas;
    • complementar desenhos;
    • aplicar princípios de qualidade total;
    • compatibilizar desenhos sob supervisão;
    • conservar instrumentos de desenho;
    • definir formatos e escalas;
    • definir custo do desenho;
    • aplicar normas de saúde ocupacional (nr-9 e nr-15);
    • indexar documentos pertinentes à área;
    • propor alternativas para elaboração do desenho;
    • analisar croqui obtido através das informações de campo;
    • conferir cotas, dimensionamentos e informações descritivas;
    • atualizar o desenho de acordo com a legislação;
    • calcular custos estimados do desenho;
    • enviar desenho e/ou cópias para cliente;
    • armazenar arquivos;
    • trabalhar em equipe.;
    • estipular prazos de execução do desenho;
    • demonstrar habilidade/precisão manual;
    • demonstrar raciocínio matemático.;
    • demonstrar noções básicas de língua estrangeira;
    • diagramar pranchas;
    • relatar mudanças de procedimento;
    • preencher relatório final;
    • preparar o local de trabalho;
    • liberar desenho para arquivo eletrônico ou mapoteca;
    • reunir documentos;
    • organizar dados coletados;
    • determinar tipo de arquivo a ser utilizado;
    • buscar informações complementares;
    • detalhar desenhos;
    • modificar desenhos;
    • organizar catálogos de fornecedores;
    • calcular dados da caderneta de campo;
    • dominar informática básica;
    • acompanhar novas tecnologias;
    • desenvolver visão espacial;
    • transferir dados da estação total do campo para escritório;
    • compactar arquivos digitais;
    • listar material do desenho;
    • interpretar memória de cálculo;
    • determinar metodologia do desenho;
    • consultar informações em arquivos;
    • utilizar softwares específicos para desenho;
    • interpretar projetos existentes;


    Setores que mais contratam Desenhista de arquitetura no mercado de trabalho

    • Serviços de engenharia
    • Construção de edifícios
    • Serviços de arquitetura
    • Serviços de desenho técnico relacionados à arquitetura e engenharia
    • Serviços de cartografia, topografia e geodésia
    • Manutenção de estações e redes de telecomunicações
    • Instalação e manutenção elétrica
    • Serviços combinados de escritório e apoio administrativo
    • Decoração de interiores
    • Fabricação de móveis com predominância de madeira




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: