Salário para o cargo de Tecnólogo em gestão ambiental
CBO 2140-10 > Engenheiros ambientais

Tecnólogo em gestão ambiental - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Elaboram e implantam projetos ambientais ; gerenciam a implementação do sistema de Gestão Ambiental (SGA) nas empresas, implementam ações de controle de emissão de poluentes, administram resíduos e procedimentos de remediação. Podem prestar consultoria, assistência e assessoria.

Quanto ganha um Tecnólogo em gestão ambiental

Um Tecnólogo em gestão ambiental trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.306,00 e R$ 9.596,10, com a média salarial de R$ 3.467,41 e o salário mediana em R$ 2.500,00 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Tecnólogo em gestão ambiental

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 3.467,41 41.608,95 866,85 16,37
1º Quartil 1.306,00 15.671,97 326,50 6,17
Salário Mediana 2.500,00 30.000,00 625,00 11,80
3º Quartil 7.318,40 87.820,77 1.829,60 34,55
Teto Salarial 9.596,10 115.153,23 2.399,03 45,31


Categorias profissionais do cargo

  • Profissionais das ciências e das artes
    • Profissionais das ciências exatas, físicas e da engenharia
      • Engenheiros, arquitetos
        • Engenheiros ambientais

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Belo Horizonte - MG 1.338 - 9.877 3.628,49 1.338,46 2.500,00 8.154,12 9.876,52
São Paulo - SP 2.068 - 13.361 4.987,95 2.067,79 3.152,10 11.031,27 13.361,41
Rio de Janeiro - RJ 2.302 - 15.533 6.044,07 2.301,73 4.200,00 12.824,00 15.532,82
Salvador - BA 1.045 - 5.547 1.876,71 1.045,00 1.045,00 4.579,78 5.547,17
Fortaleza - CE 1.657 - 4.430 2.228,74 1.657,14 1.800,00 3.657,81 4.430,44
Vitoria - ES 1.456 - 10.054 3.442,49 1.455,78 1.850,00 8.300,31 10.053,58
Contagem - MG 1.060 - 1.804 1.190,14 1.060,00 1.140,18 1.489,29 1.803,88
Natal - RN 1.761 - 4.371 2.771,67 1.761,13 3.272,05 3.608,47 4.370,69
Recife - PE 1.563 - 7.054 3.387,04 1.562,75 3.131,00 5.824,20 7.054,44
Barueri - SP 2.083 - 6.500 3.296,99 2.082,89 2.987,20 5.366,48 6.500,04
Brasília - DF 1.728 - 5.429 2.694,53 1.727,50 2.000,00 4.482,50 5.429,34
Curitiba - PR 1.352 - 3.508 1.940,14 1.352,26 1.732,64 2.896,00 3.507,72
Florianópolis - SC 1.479 - 9.476 3.304,35 1.478,79 1.650,00 7.823,05 9.475,51
Manaus - AM 1.363 - 12.257 4.555,77 1.363,30 4.125,00 10.119,06 12.256,51
Morada Nova - CE 1.277 - 1.985 1.442,82 1.276,67 1.430,00 1.638,87 1.985,04
São Bernardo do Campo - SP 3.373 - 8.858 5.838,82 3.373,28 6.691,63 7.313,00 8.857,72
Ipatinga - MG 1.886 - 12.528 4.489,31 1.885,60 1.971,20 10.343,50 12.528,36
Indaiatuba - SP 1.500 - 3.391 2.222,22 1.500,00 2.250,00 2.800,00 3.391,44
Porto Alegre - RS 1.328 - 5.206 2.548,76 1.327,50 2.377,50 4.298,26 5.206,18
Camaçari - BA 2.025 - 10.356 3.718,75 2.025,00 2.150,00 8.550,00 10.356,02


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.850 - 11.178 4.445,24 1.850,22 3.119,56 9.228,46 11.177,79
Minas Gerais 1.122 - 8.283 3.103,33 1.122,24 2.173,60 6.838,90 8.283,48
Rio de Janeiro 1.567 - 12.875 4.693,05 1.566,81 3.200,00 10.629,67 12.874,97
Bahia 1.045 - 6.898 2.472,33 1.045,00 1.631,12 5.695,16 6.898,15
Paraná 1.406 - 5.279 2.517,06 1.406,24 2.077,00 4.358,51 5.279,16
Ceará 1.370 - 4.700 2.249,48 1.370,00 1.800,00 3.880,57 4.700,26
Espírito Santo 1.479 - 9.963 3.755,37 1.479,34 2.408,00 8.225,92 9.963,49
Santa Catarina 1.569 - 7.572 3.144,15 1.568,62 2.439,78 6.251,19 7.571,63
Pernambuco 1.459 - 9.730 3.894,95 1.458,50 3.190,57 8.032,77 9.729,53
Rio Grande do Sul 1.275 - 5.569 2.555,88 1.275,00 2.276,33 4.598,10 5.569,35
Rio Grande do Norte 1.761 - 4.371 2.749,89 1.761,13 2.993,15 3.608,47 4.370,69
Amazonas 1.384 - 11.161 4.199,76 1.383,71 2.608,51 9.214,29 11.160,63
Distrito Federal 1.728 - 5.429 2.694,53 1.727,50 2.000,00 4.482,50 5.429,34
Pará 1.586 - 9.919 4.501,51 1.586,34 4.074,31 8.189,33 9.919,16
Mato Grosso 1.281 - 8.590 3.580,44 1.281,00 2.860,38 7.092,33 8.590,45
Mato Grosso do Sul 1.173 - 5.931 2.597,67 1.172,50 2.400,00 4.896,61 5.930,91
Goiás 1.048 - 4.885 2.398,38 1.047,50 2.106,25 4.033,22 4.885,15
Roraima 1.250 - 11.991 3.306,43 1.250,00 2.459,15 9.900,00 11.991,18
Rondônia 1.178 - 4.908 2.984,66 1.178,00 3.750,00 4.051,93 4.907,82


Principais locais de trabalho

Engenheiros ambientais atuam na maioria das atividades econômicas, com foco na reciclagem, eletricidade, gás, capataçã, purificação e distribuição de água, além da silvicultura, exploração florestal. Costumam trabalhar em equipe multidisciplinar, em laboratórios e escritórios e também 'à céu aberto´, ou ´no campo´. Os vínculos de trabalho mais comum são como trabalhador assalariado, ou por conta-própria, na condição de prestador de serviços.


O que é preciso para trabalhar na área dos Engenheiros ambientais

Para o exercício profissional requer-se formação em engenharia ambiental ou cursos de tecnologia na área ambiental e registro no respectivo conselho de classe, quando exigido. O exercício pleno da atividade ocorre, em média, após um a dois anos de experiência.


Funções e atividades do Tecnólogo em gestão ambiental

Engenheiros ambientais devem:

  • gerenciar implantação do sistema de gestão ambiental - sga;
  • implementar procedimentos de remediação;
  • gerir resíduos;
  • prestar consultoria, assistência e assessoria;
  • controlar emissões de poluentes;
  • comunicar-se;
  • implantar projetos ambientais;
  • elaborar projetos ambientais;
  • demonstrar competências pessoais;

  • Atividades

    • demonstrar capacidade de análise;
    • classificar resíduos;
    • acompanhar cadeia de custódia;
    • demonstrar criatividade;
    • coletar amostras;
    • controlar recebimento de materiais e serviços;
    • estudar alternativas;
    • atender clientes;
    • realizar investigação de campo;
    • identificar aspectos e impactos (passivos ambientais);
    • gerenciar ações institucionais;
    • demonstrar visão sistêmica;
    • projetar máquinas e equipamentos;
    • instalar projeto piloto de remediação;
    • definir metodologias de execução;
    • definir objetivos;
    • especificar equipamentos e materiais;
    • definir prioridades;
    • analisar resíduos;
    • demonstrar capacidade de decisão;
    • controlar orçamento;
    • realizar visitas técnicas;
    • participar de auditorias de certificação;
    • implementar tecnologias;
    • contornar situações adversas;
    • participar da elaboração do sga;
    • monitorar resultados das ações do projeto;
    • propor soluções técnicas;
    • demonstrar senso crítico;
    • trabalhar em equipe multidisciplinar;
    • elaborar minuta de documentos;
    • contratar recursos humanos;
    • definir organograma;
    • demonstrar capacidade de negociação;
    • monitorar projeto piloto;
    • acompanhar fiscalização;
    • antever cenários futuros;
    • demonstrar capacidade de resolução de problemas;
    • elaborar relatórios;
    • elaborar cronograma;
    • quantificar impactos;
    • realizar testes e análises;
    • elaborar orçamento;
    • coordenar equipe;
    • definir escopo;
    • pesquisar tecnologias;
    • levantar dados;
    • participar da implantação de certificação ambiental;
    • monitorar indicadores da empresa;
    • desenvolver instruções de trabalho;
    • capacitar equipe;
    • divulgar tecnologias;
    • definir plano de ação;
    • elaborar ações de manutenção preventiva e corretiva;
    • realizar avaliações ambientais;
    • calibrar equipamentos de controle de emissões;
    • antecipar problemas;
    • levantar custos de destinação;
    • selecionar mão-de-obra, equipamentos, materiais e serviços;
    • quantificar resíduos;
    • levantar alternativas de destinação;
    • assinar autos de inspeção;
    • fiscalizar questões hidráulicas e ambientais de obras;
    • emitir laudos técnicos;
    • qualificar impactos;
    • demonstrar raciocínio lógico;
    • assinar projetos;
    • destinar resíduos;
    • promover educação ambiental;
    • ensaiar produtos, métodos, equipamentos e procedimentos;


    Setores que mais contratam Tecnólogo em gestão ambiental no mercado de trabalho

    • Serviços de engenharia
    • Outras atividades profissionais, científicas e técnicas
    • Transporte rodoviário de carga, exceto produtos perigosos e mudanças, intermunicipal, interestadual e internacional
    • Construção de edifícios
    • Outras atividades de ensino
    • Atividades de consultoria em gestão empresarial, exceto consultoria técnica específica
    • Atividades de associações de defesa de direitos sociais
    • Serviços de cartografia, topografia e geodésia
    • Atividades de estudos geológicos
    • Construção de estações e redes de distribuição de energia elétrica




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: