Salário para o cargo de Técnico em automação industrial
CBO 3001-05 > Técnicos em mecatrônica

Técnico em automação industrial - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Auxiliam os engenheiros em projetos, programas, controle, instalação e manutenção de sistemas de automação. Analisam especificações para aquisição de componentes e equipamentos. Atuam em equipe, podendo coordená-la.

Quanto ganha um Técnico em automação industrial

Um Técnico em automação industrial trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.428,99 e R$ 9.514,90, com a média salarial de R$ 3.422,80 e o salário mediana em R$ 2.500,00 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Técnico em automação industrial

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 3.422,80 41.073,61 855,70 15,86
1º Quartil 1.428,99 17.147,87 357,25 6,62
Salário Mediana 2.500,00 30.000,00 625,00 11,58
3º Quartil 7.256,47 87.077,59 1.814,12 33,62
Teto Salarial 9.514,90 114.178,74 2.378,72 44,08


Categorias profissionais do cargo

  • Técnicos de nível médio
    • Técnicos polivalentes
      • Técnicos mecatrônicos e eletromecânicos
        • Técnicos em mecatrônica

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.411 - 5.341 2.367,15 1.410,62 1.419,19 4.409,75 5.341,22
Belo Horizonte - MG 1.523 - 6.319 3.104,44 1.522,53 2.900,00 5.216,99 6.318,98
Betim - MG 2.332 - 8.249 4.257,69 2.331,64 3.520,30 6.810,60 8.249,20
Rio de Janeiro - RJ 1.535 - 6.382 2.944,78 1.535,18 2.500,00 5.269,06 6.382,05
São Bernardo do Campo - SP 2.017 - 7.664 4.116,00 2.016,56 4.317,85 6.327,22 7.663,72
Campinas - SP 1.457 - 5.438 2.647,04 1.456,54 2.200,00 4.489,49 5.437,81
Caxias do Sul - RS 1.593 - 86.278 19.149,68 1.592,61 2.500,00 71.231,77 86.278,05
Manaus - AM 1.561 - 7.015 3.302,94 1.560,65 2.948,03 5.791,67 7.015,04
Curitiba - PR 1.524 - 4.822 2.641,52 1.523,84 2.540,00 3.980,72 4.821,57
Salvador - BA 1.607 - 5.442 3.002,30 1.607,31 3.014,44 4.492,89 5.441,93
Telemaco Borba - PR 1.800 - 3.032 1.965,44 1.800,00 1.800,00 2.503,13 3.031,86
São Caetano do Sul - SP 1.802 - 6.015 3.093,21 1.802,31 3.037,11 4.966,25 6.015,27
Aracruz - ES 1.567 - 2.578 1.796,74 1.567,18 1.717,04 2.128,22 2.577,76
São José dos Campos - SP 1.630 - 7.428 3.450,86 1.629,85 3.000,00 6.132,46 7.427,82
Sorocaba - SP 1.453 - 111.359 22.823,84 1.452,80 1.676,04 91.938,79 111.359,02
Blumenau - SC 1.555 - 4.071 2.386,69 1.555,45 2.500,00 3.361,24 4.071,24
Camaçari - BA 2.270 - 11.977 5.247,73 2.269,71 4.566,46 9.888,71 11.977,50
Joinville - SC 1.426 - 4.562 2.273,25 1.426,39 2.100,00 3.766,81 4.562,47
Guarulhos - SP 1.730 - 7.956 3.246,48 1.729,73 2.499,20 6.568,50 7.955,97
Ponta Grossa - PR 1.696 - 5.197 2.575,48 1.696,43 2.169,20 4.291,03 5.197,43


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.406 - 8.607 3.345,03 1.405,59 2.499,60 7.106,21 8.607,26
Minas Gerais 1.425 - 6.650 3.160,55 1.424,65 3.000,00 5.490,60 6.650,38
Paraná 1.637 - 5.665 2.702,54 1.637,08 2.169,20 4.676,76 5.664,63
Santa Catarina 1.446 - 4.529 2.321,37 1.446,44 2.014,60 3.738,91 4.528,68
Rio de Janeiro 1.507 - 6.697 3.087,99 1.506,66 2.520,00 5.528,83 6.696,69
Rio Grande do Sul 1.491 - 33.453 8.479,29 1.490,68 2.442,59 27.619,38 33.453,42
Bahia 1.840 - 7.879 3.666,40 1.839,56 3.168,30 6.505,09 7.879,17
Espírito Santo 1.465 - 5.254 2.557,14 1.465,45 1.924,81 4.337,56 5.253,78
Amazonas 1.581 - 7.312 3.443,29 1.581,12 3.000,00 6.036,61 7.311,73
Goiás 1.793 - 4.527 2.577,04 1.792,56 2.339,72 3.737,55 4.527,03
Pernambuco 1.479 - 5.930 2.936,92 1.478,53 2.516,80 4.895,82 5.929,96
Ceará 1.600 - 4.636 2.590,01 1.599,84 2.536,22 3.827,37 4.635,82
Pará 2.164 - 3.988 2.860,28 2.164,39 3.000,00 3.292,30 3.987,73
Mato Grosso 1.197 - 5.428 2.374,64 1.196,53 2.000,00 4.481,67 5.428,33
Rio Grande do Norte 1.675 - 3.243 2.025,19 1.675,23 1.928,77 2.677,40 3.242,94
Mato Grosso do Sul 2.000 - 9.354 4.395,12 2.000,00 4.326,00 7.722,60 9.353,84
Paraíba 1.350 - 5.684 2.379,27 1.349,81 1.878,58 4.692,91 5.684,19
Distrito Federal 1.427 - 5.847 2.733,68 1.426,54 2.305,15 4.826,98 5.846,58
Maranhão 1.820 - 4.731 2.862,76 1.820,37 2.964,64 3.906,00 4.731,06
Sergipe 1.650 - 9.690 4.216,45 1.650,00 4.000,00 8.000,00 9.689,84


Principais locais de trabalho

Técnicos em mecatrônica trabalham em atividades de engenharia de projetos de automação de processos, produtos e de manutenção, nas indústrias automobilística, informática, eletrônica, mecânica e química, dentre outras. Trabalham em equipe, com supervisão ocasional de profissionais de nível superior. Os trabalhadores são assalariados, com carteira assinada. Algumas das atividades exercidas podem estar sujeitas a ruídos, altas temperaturas e material tóxico.


O que é preciso para trabalhar na área dos Técnicos em mecatrônica

O acesso ao trabalho dessas ocupações ocorre por meio de curso técnico de nível médio específico de mecatrônica ou formações afins como automação industrial, robótica, mecânica, eletrônica, eletromecânica ou técnico em manutenção, seguidas de especializações complementares e atualização contínuas, por tratar-se de área profissional em que o ritmo das inovações tecnológicas é acelerado. A atuação como técnico titular ocorre normalmente com um ano de experiência na área, trabalhando sob supervisão de profissionais mais experientes.


Funções e atividades do Técnico em automação industrial

Técnicos em mecatrônica devem:

  • programar controle de automação de sistemas;
  • demonstrar competências pessoais;
  • analisar tecnicamente a aquisição de componentes, equipamentos e sistemas de automação;
  • projetar sistemas de automação;
  • coordenar equipes de trabalho;
  • realizar manutenção de sistemas de automação;
  • participar da elaboração da documentação técnica de sistemas de automação;
  • instalar sistemas de automação;

  • Atividades

    • documentar plano de ação de manutenção preventiva e preditiva de sistemas de automação;
    • identificar alternativas para automatizar processo e produto;
    • analisar falhas de sistemas de automação;
    • projetar a otimização dos sistemas de automação já instalados;
    • atribuir responsabilidade aos integrantes da equipe;
    • estabelecer as condições de higiene e segurança para a realização da manutenção;
    • propor soluções ergonômicas de segurança do trabalho e de preservação do meio ambiente;
    • interpretar documentação do projeto;
    • montar componentes eletroeletrônicos em sistemas de automação;
    • realizar manutenção preditiva de sistemas de automação;
    • estabelecer objetivos da análise;
    • identificar alternativas para solucionar problemas relativos ao projeto durante a instalação;
    • elaborar relatório de custo-benefício para análise técnico-financeira do projeto;
    • analisar processo e produto para automação;
    • promover integração entre setores da empresa envolvidos no projeto;
    • dar provas de dinamismo;
    • comunicar-se em idioma estrangeiro;
    • monitorar a execução de tarefas;
    • testar operação do sistema de automação sem matéria-prima;
    • programar posicionamento de máquinas e equipamentos via cnc;
    • acompanhar teste de produção do sistema de automação em processo;
    • integrar sistemas de automação através de recursos avançados (supervisórios, cam, cad...);
    • treinar usuários na manutenção e operação de sistemas automatizados;
    • fazer correções e ajustes conforme resultados dos testes;
    • agir com iniciativa;
    • acompanhar testes de funcionamento de máquinas e equipamentos para emissão de parecer técnico;
    • avaliar disponibilidade das peças de reposição;
    • documentar ações corretivas de sistemas de automação;
    • demonstrar autodisciplina;
    • documentar melhorias implementadas nos sistemas de automação;
    • dar suporte técnico aos integrantes da equipe;
    • programar parâmetros para acionamentos de potência;
    • avaliar as condições do local de trabalho para instalação de máquinas e equipamentos;
    • realizar manutenção preventiva de sistemas de automação;
    • atuar com empatia;
    • elaborar documentação do projeto de sistemas de automação;
    • verificar características técnicas de sistemas de automação com base na documentação técnica;
    • projetar a integração de sistemas automatizados;
    • realizar manutenção corretiva de sistemas de automação;
    • comunicar-se;
    • selecionar fornecedores de máquinas e equipamentos;
    • esboçar proposta para automatização do processo e produto;
    • reunir-se com a equipe de trabalho;
    • avaliar gráficos de tendências e relatórios de manutenção;
    • utilizar equipamentos de proteção;
    • documentar alterações de projeto ocorridas durante a instalação do sistema de automação;
    • programar posicionamento, operação e integração de robôs em processos;
    • manter-se atualizado tecnologicamente;
    • elaborar cronograma de implantação do sistema de automatização do processo e produto;
    • demonstrar visão sistêmica;
    • programar sequência de acionamentos e controles via clp;
    • integrar equipamentos de automação, utilizando redes industriais;
    • definir fluxo do processo para automatizá-lo;
    • elaborar relatório de aceitação de equipamentos;
    • especificar materiais e componentes para automatização do processo e produto;
    • planejar manutenção preventiva e preditiva;
    • montar componentes mecânicos em sistemas de automação;
    • identificar as competências técnicas e pessoais dos integrantes da equipe;
    • agir com ética;
    • organizar materiais e recursos para instalar sistemas de automatização de processos e produtos;
    • estabelecer metas aos integrantes da equipe;
    • atuar em equipe;
    • elaborar parecer técnico sobre máquinas e equipamentos analisados;
    • avaliar eficácia da solução implementada;
    • formar equipe multidisciplinar para análise de máquinas e equipamentos para automação;


    Setores que mais contratam Técnico em automação industrial no mercado de trabalho

    • Locação de mão-de-obra temporária
    • Serviços de engenharia
    • Instalação e manutenção elétrica
    • Fabricação de máquinas e equipamentos para uso industrial específico não especificados anteriormente, peças e acessórios
    • Fabricação de aparelhos e equipamentos de medida, teste e controle
    • Fabricação de aparelhos e equipamentos para distribuição e controle de energia elétrica
    • Comércio atacadista de máquinas e equipamentos para uso industrial
    • Serviços combinados de escritório e apoio administrativo
    • Fabricação de outras peças e acessórios para veículos automotores
    • Manutenção e reparação de aparelhos e instrumentos de medida, teste e controle




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: