Salário para o cargo de Operador de binadeira
CBO 7612-10 > Operadores da fiação

Operador de binadeira - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Operam máquinas e instalações de fiação para produção de algodão penteado destinado às tecelagens conforme normas e procedimentos técnicos, de qualidade, de segurança, meio ambiente e de saúde. Comunicam os eventos operacionais do processo e sua segurança por meio de relatórios escritos e orais.

Quanto ganha um Operador de binadeira

Um Operador de binadeira trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.078,18 e R$ 1.967,83, com a média salarial de R$ 1.260,35 e o salário mediana em R$ 1.256,88 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Operador de binadeira

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.260,35 15.124,16 315,09 5,80
1º Quartil 1.078,18 12.938,12 269,54 4,96
Salário Mediana 1.256,88 15.082,56 314,22 5,78
3º Quartil 1.500,75 18.009,00 375,19 6,91
Teto Salarial 1.967,83 23.613,94 491,96 9,06


Categorias profissionais do cargo

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais
    • Trabalhadores nas indústrias têxtil, do curtimento, do vestúario e das artes gráficas
      • Trabalhadores das industrias têxteis
        • Operadores da fiação

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Londrina - PR 1.060 - 1.808 1.182,77 1.060,40 1.060,40 1.492,83 1.808,17
Castanhal - PA 1.045 - 1.307 1.053,30 1.045,00 1.045,00 1.078,85 1.306,73
Gaspar - SC 1.378 - 1.773 1.411,27 1.378,41 1.382,00 1.463,82 1.773,03
Tiete - SP 1.288 - 1.629 1.314,10 1.288,16 1.303,25 1.344,96 1.629,06
São João da Boa Vista - SP 1.250 - 1.550 1.256,67 1.250,00 1.250,00 1.280,00 1.550,37
Ferraz de Vasconcelos - SP 1.454 - 2.480 1.650,00 1.454,20 1.458,60 2.047,10 2.479,51
Morungaba - SP 1.249 - 1.598 1.268,52 1.248,59 1.256,88 1.319,49 1.598,21
Cerquilho - SP 1.222 - 1.864 1.372,40 1.221,96 1.357,50 1.538,91 1.863,97
Blumenau - SC 1.357 - 1.748 1.418,37 1.357,40 1.443,20 1.443,20 1.748,05
Aracaju - SE 1.045 - 5.586 1.654,27 1.045,00 1.045,00 4.612,10 5.586,31
Jacutinga - MG 1.045 - 1.793 1.217,50 1.045,00 1.100,00 1.480,00 1.792,62
Americana - SP 1.226 - 1.584 1.291,44 1.226,19 1.307,75 1.307,75 1.583,99


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Paraná 1.060 - 1.805 1.190,36 1.060,40 1.060,40 1.490,56 1.805,41
São Paulo 1.247 - 1.905 1.359,93 1.247,12 1.303,25 1.572,95 1.905,20
Pará 1.045 - 1.307 1.053,30 1.045,00 1.045,00 1.078,85 1.306,73
Santa Catarina 1.377 - 1.807 1.418,49 1.376,73 1.422,63 1.491,68 1.806,77
Sergipe 1.045 - 5.586 1.654,27 1.045,00 1.045,00 4.612,10 5.586,31
Minas Gerais 1.045 - 1.793 1.217,50 1.045,00 1.100,00 1.480,00 1.792,62
Mato Grosso 1.643 - 2.078 1.672,60 1.643,00 1.645,18 1.715,92 2.078,37


Principais locais de trabalho

Operadores da fiação trabalham na condição de assalariados, com carteira assinada na produção de fios para tecelagem. Operam instalações sob supervisão permanente em trabalho diurno ou noturno. Estão expostos à poeira e sujeitos à inspiração de resíduos de fiação.


O que é preciso para trabalhar na área dos Operadores da fiação

O exercício pleno das atividades nessas ocupações requer ensino fundamental completo, qualificação no próprio emprego e um ano de prática. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Operador de binadeira

Operadores da fiação devem:

  • operar máquina de fiação;
  • preparar máquinas para produção;
  • comunicar-se;
  • trabalhar com segurança;
  • patrulhar o funcionamento das máquinas;
  • assegurar a qualidade do produto durante a operação;
  • demonstrar competências pessoais;
  • preparar local de trabalho;

  • Atividades

    • repor viajantes;
    • verificar padronização da velocidade e estiragem das máquinas;
    • demonstrar iniciativa;
    • demonstrar asseio e higiene pessoal;
    • preparar a máquina para arriada;
    • demonstrar responsabilidade;
    • comunicar mudanças de processo;
    • retirar resíduos dos porões e caixas filtrantes;
    • utilizar ferramentas manuais;
    • alinhar latões;
    • comunicar-se de forma clara e objetiva;
    • retirar estopa das máquinas;
    • identificar defeitos nos produtos em processos e acabados;
    • aplicar mistura dinâmica conforme normas e procedimentos do controle de qualidade;
    • identificar condições inseguras de trabalho;
    • participar dos eventos sobre segurança no trabalho;
    • organizar material de trabalho;
    • classificar embalagens conforme o código de cores;
    • trabalhar em equipe;
    • demonstrar segurança;
    • transportar mistura reserva;
    • comprometer-se com os objetivos da empresa;
    • seguir as normas de qualidade;
    • demonstrar agilidade manual;
    • comunicar defeitos no funcionamento das máquinas;
    • verificar estoque para alimentação da máquina;
    • comunicar irregularidades nos dispositivos de segurança dos equipamentos;
    • interpretar lâmpadas sinalizadoras das máquinas (cores e sinais);
    • retirar amostras solicitadas pelo controle de qualidade;
    • registrar períodos (tempo) e motivo de parada das máquinas;
    • sugerir melhorias de operação das máquinas;
    • retirar embuchamentos e enrolamentos das máquinas;
    • posicionar marcador de produção de acordo com o turno;
    • preservar área de segurança;
    • alimentar a máquina com fibras têxteis de acordo com a programação;
    • identificar defeitos no funcionamento das máquinas;
    • adequar-se as mudanças operacionais e administrativas;
    • limpar máquinas;
    • verificar estoques de utensílios e embalagens;
    • corrigir falhas de operação;
    • emendar fios, fitas e pavios;
    • demonstrar acuidade visual;
    • cumprir as normas internas de segurança;
    • substituir latões vazios por cheios;
    • retirar pneumafil das máquinas;
    • arriar a máquina;
    • produzir com menor índice de desperdício de acordo com as normas operacionais;
    • limpar o local de trabalho;
    • utilizar equipamentos de proteção individual;
    • conferir material de trabalho;
    • conferir dados técnicos de acordo com o produto em processo;
    • comunicar condições inseguras de trabalho;


    Setores que mais contratam Operador de binadeira no mercado de trabalho

    • Preparação e fiação de fibras de algodão
    • Preparação e fiação de fibras têxteis naturais, exceto algodão
    • Fabricação de artefatos de cordoaria
    • Estamparia e texturização em fios, tecidos, artefatos têxteis e peças do vestuário
    • Fabricação de linhas para costurar e bordar
    • Fabricação de outros produtos têxteis não especificados anteriormente
    • Fabricação de meias
    • Fiação de fibras artificiais e sintéticas
    • Fabricação de embalagens de material plástico
    • Tecelagem de fios de algodão




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: