Salário para o cargo de Montador de instrumentos de precisão
CBO 7411-15 > Mecânicos de instrumentos de precisão

Montador de instrumentos de precisão - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Montam, desmontam, ajustam, testam e calibram instrumentos de precisão para medição e controle. Instalam sistemas mecânicos de precisão e fazem manutenção em linhas de produção industrial e laboratórios. Registram informações e ocorrências técnicas. Realizam o trabalho com segurança, cumprindo normas e cuidando da limpeza e higiene do local de trabalho.

Quanto ganha um Montador de instrumentos de precisão

Um Montador de instrumentos de precisão trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.221,14 e R$ 2.992,24, com a média salarial de R$ 1.620,20 e o salário mediana em R$ 1.391,00 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Montador de instrumentos de precisão

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.620,20 19.442,35 405,05 7,40
1º Quartil 1.221,14 14.653,66 305,28 5,58
Salário Mediana 1.391,00 16.692,00 347,75 6,36
3º Quartil 2.282,01 27.384,13 570,50 10,43
Teto Salarial 2.992,24 35.906,89 748,06 13,67


Categorias profissionais do cargo

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais
    • Montadores de aparelhos e instrumentos de precisão e musicais
      • Montadores e ajustadores de instrumentos de precisão
        • Mecânicos de instrumentos de precisão

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Contagem - MG 1.165 - 1.473 1.201,45 1.164,82 1.212,20 1.216,13 1.473,01
Timbó - SC 1.373 - 1.747 1.399,12 1.372,56 1.391,00 1.441,93 1.746,51
Bocaiuva - MG 1.059 - 1.358 1.074,09 1.058,53 1.058,53 1.121,30 1.358,15
Americana - SP 2.079 - 3.172 2.243,62 2.079,28 2.098,80 2.618,46 3.171,56
Salto - SP 1.943 - 2.450 1.995,83 1.943,00 2.016,83 2.022,48 2.449,68
Guarulhos - SP 1.893 - 2.572 2.036,47 1.893,45 2.075,15 2.123,71 2.572,31
Fazenda Rio Grande - PR 2.299 - 3.754 2.811,64 2.299,37 2.919,40 3.099,43 3.754,13
Suzano - SP 1.483 - 2.038 1.602,55 1.483,10 1.634,60 1.682,49 2.037,88
São Paulo - SP 1.482 - 3.614 2.012,33 1.481,81 1.797,25 2.983,71 3.613,96
Braço do Trombudo - SC 1.365 - 2.493 1.546,15 1.365,03 1.375,00 2.058,31 2.493,09
Porto Alegre - RS 2.288 - 4.162 2.709,69 2.288,00 2.288,00 3.436,34 4.162,20
Pouso Alegre - MG 1.285 - 1.639 1.309,04 1.284,67 1.297,00 1.353,28 1.639,13
Osasco - SP 1.772 - 2.794 1.987,50 1.772,00 1.942,00 2.306,33 2.793,50
Manaus - AM 1.079 - 1.535 1.134,27 1.078,56 1.080,00 1.267,16 1.534,82
Vila Flores - RS 1.298 - 1.860 1.373,23 1.298,49 1.342,23 1.535,91 1.860,33
Jaguariaiva - PR 2.919 - 3.749 2.965,34 2.919,40 2.919,40 3.095,40 3.749,24
Chapeco - SC 1.346 - 1.825 1.440,95 1.346,20 1.453,26 1.506,51 1.824,73
Esteio - RS 1.408 - 2.180 1.491,20 1.408,00 1.408,00 1.799,60 2.179,73
Linhares - ES 1.350 - 2.519 1.737,40 1.350,00 1.800,00 2.080,00 2.519,36
Serrana - SP 1.150 - 1.604 1.271,58 1.150,00 1.324,40 1.324,40 1.604,15


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Minas Gerais 1.065 - 1.539 1.181,25 1.064,66 1.212,20 1.270,28 1.538,60
São Paulo 1.572 - 2.950 2.012,84 1.572,25 2.016,83 2.435,77 2.950,28
Santa Catarina 1.366 - 1.923 1.434,11 1.366,39 1.391,00 1.587,88 1.923,28
Paraná 1.503 - 3.698 2.513,36 1.503,35 2.919,40 3.053,10 3.698,01
Rio Grande do Sul 1.315 - 3.633 1.946,97 1.315,30 1.409,34 2.999,60 3.633,21
Espírito Santo 1.193 - 2.492 1.702,40 1.193,07 1.803,00 2.057,42 2.492,00
Amazonas 1.079 - 1.535 1.134,27 1.078,56 1.080,00 1.267,16 1.534,82
Bahia 1.045 - 2.753 1.650,87 1.045,00 1.600,00 2.272,82 2.752,91
Mato Grosso 1.400 - 2.483 1.680,00 1.400,00 1.500,00 2.050,00 2.483,02


Principais locais de trabalho

Mecânicos de instrumentos de precisão esses profissionais são absorvidos pelo mercado de trabalho em indústrias fabricantes de máquinas e equipamentos, aparelhos e materiais elétricos, instrumentos médico-hospitalares, automação industrial, material eletrônico, aparelhos e equipamentos de comunicações e instrumentação. São empregados assalariados, registrados em carteira. Atuam em locais fechados nos horários diurnos e fazem rodízio de turnos. Alguns desses profissionais trabalham individualmente com total autonomia, outros atuam em equipes, sob supervisão ocasional. Ocasionalmente exercem atividades em grandes alturas, posições desconfortáveis e sujeitos a pressão de trabalho.


O que é preciso para trabalhar na área dos Mecânicos de instrumentos de precisão

Para alguns profissionais dessas ocupações é necessário ter escolaridade do ensino fundamental completo acrescido de curso profissionalizante, até duzentas horas-aula. Para outros, como é o caso do relojoeiro de reparação e do ajustador de instrumentos de precisão, a exigência é a conclusão do ensino médio, além de um curso profissionalizante superior a quatrocentas horas-aula. As empresas que absorvem esses profissionais não costumam ter setores de qualidade ligados à produção. Por este motivo, os funcionários se tornam multifuncionais, trabalham em células, por rodízio de setores, responsáveis por selecionar métodos e processos de produção a fim de garantir a qualidade dos produtos e minimizar custos. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Montador de instrumentos de precisão

Mecânicos de instrumentos de precisão devem:

  • registrar informações e ocorrências técnicas;
  • trabalhar com segurança;
  • realizar manutenção em instrumentos de precisão;
  • calibrar instrumentos de precisão;
  • demonstrar competências pessoais;
  • realizar testes de funcionamento em instrumentos de medição;
  • ajustar instrumentos de precisão;
  • montar instrumentos de precisão;

  • Atividades

    • desmontar instrumentos de precisão;
    • demonstrar habilidade manual;
    • ajustar parâmetros de medição;
    • interpretar procedimentos de calibração;
    • acondicionar materiais para descarte;
    • concentrar-se nas atividades;
    • soldar componentes;
    • transmitir conhecimentos e informações;
    • conferir dimensões a partir de parâmetros de medição;
    • testar sequência de fases de montagem de instrumentos e equipamentos;
    • retirar impurezas de peças;
    • manter máquinas, equipamentos e ferramentas em condições de uso;
    • recuperar revestimentos de superfícies;
    • manter relacionamento interpessoal;
    • ajustar componentes e elementos;
    • identificar locais de riscos de acidentes;
    • buscar autodesenvolvimento;
    • interpretar normas técnicas;
    • manusear equipamentos de combate a incêndio;
    • acoplar conjuntos a elementos móveis;
    • interpretar desenhos e diagramas;
    • magnetizar componentes e elementos;
    • identificar lotes de produtos para controle de processo;
    • registrar tempo de interrupção da produção;
    • demonstrar iniciativa;
    • substituir componentes e elementos;
    • elaborar relatórios técnicos;
    • identificar atos e condições inseguros;
    • conferir acoplamento nos eixos de elementos móveis;
    • testar componentes e elementos;
    • identificar locais de existência de equipamentos de combate a incêndio;
    • manter o local de trabalho limpo e organizado;
    • solucionar problemas;
    • providenciar atendimento de primeiros-socorros;
    • lapidar elementos;
    • encaixar elementos de ligação;
    • interpretar unidades de medida;
    • selecionar padrões de referência;
    • cumprir normas de segurança;
    • verificar exatidão de instrumentos e equipamentos;
    • detectar adversidades nas condições ambientais e climáticas;
    • selecionar materiais para reciclagem;
    • retificar elementos danificados;
    • persistir nos propósitos e objetivos;
    • lacrar componentes de ajustes e de fixação;
    • registrar quantidade de peças refugadas;
    • balancear elementos móveis;
    • interpretar normas de segurança;
    • orientar-se pelas instruções de trabalho;
    • lixar elementos;
    • vedar peças de encaixes;
    • registrar incidências de falhas e defeitos;
    • perceber detalhes;
    • verificar fonte de alimentação de instrumentos;
    • selecionar ferramentas e equipamentos para montagem;
    • detectar falhas e defeitos em componentes e elementos;
    • desmagnetizar componentes e elementos;
    • registrar dados de calibração;
    • registrar grau de temperatura e teor de umidade do ambiente;
    • preencher ordens de serviço;
    • lubrificar componentes e elementos;
    • centralizar elementos;
    • recondicionar elementos;
    • converter unidades de referência em unidades de medição correlacionadas;
    • regular folgas entre elementos;
    • registrar não-conformidades;
    • utilizar equipamentos de proteção;


    Setores que mais contratam Montador de instrumentos de precisão no mercado de trabalho

    • Fabricação de aparelhos e equipamentos de medida, teste e controle
    • Fabricação de cronômetros e relógios
    • Fabricação de material elétrico e eletrônico para veículos automotores, exceto baterias
    • Construção de edifícios
    • Manutenção e reparação de máquinas e aparelhos para a indústria de celulose, papel e papelão e artefatos
    • Fundição de metais não-ferrosos e suas ligas
    • Fabricação de válvulas, registros e dispositivos semelhantes, peças e acessórios
    • Comércio atacadista de outras máquinas e equipamentos não especificados anteriormente
    • Aluguel de outras máquinas e equipamentos comerciais e industriais não especificados anteriormente, sem operador
    • Instalação e manutenção elétrica




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque:

    Salário para o cargo de Tradutor
    Filólogos, tradutores ,intérpretes

    Tradutor