Salário para o cargo de Joalheiro ourives na fabricação e reparação
CBO 7510-10 > Joalheiros e lapidadores de gemas

Joalheiro ourives na fabricação e reparação - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Planejam lapidação de gemas e fabricação de jóias. Preparam material para fabricação e reparação de jóias, bijouteriais e lapidação de gemas. Realizam manutenção produtiva de máquinas, equipamentos e ferramentas. Fundem metais preciosos e semi-preciosos. Conformam metais preciosos e semi-preciosos, laminando, rebaixando, trefilando, recozendo, estampando e dobrando. Montam jóias e semi-jóias, ajustando, encaixando, soldando, rebitando, pinando e aplicando resinas em peças. Pré-formam e facetam gemas. Dão polimento em metais preciosos e semi-preciosos. Cravam gemas em peças.

Quanto ganha um Joalheiro ourives na fabricação e reparação

Um Joalheiro ourives na fabricação e reparação trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.189,25 e R$ 2.187,23, com a média salarial de R$ 1.368,77 e o salário mediana em R$ 1.296,70 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Joalheiro ourives na fabricação e reparação

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.368,77 16.425,27 342,19 6,25
1º Quartil 1.189,25 14.270,96 297,31 5,43
Salário Mediana 1.296,70 15.560,40 324,18 5,92
3º Quartil 1.668,08 20.016,93 417,02 7,61
Teto Salarial 2.187,23 26.246,80 546,81 9,98


Categorias profissionais do cargo

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais
    • Joalheiros, vidreiros, ceramistas
      • Joalheiros e ourives
        • Joalheiros e lapidadores de gemas

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Guaporé - RS 1.132 - 1.952 1.327,37 1.132,12 1.297,00 1.611,30 1.951,65
Limeira - SP 1.194 - 1.896 1.304,11 1.194,48 1.218,80 1.565,17 1.895,78
São José do Rio Preto - SP 1.183 - 2.824 1.569,27 1.182,96 1.228,67 2.331,76 2.824,30
São Paulo - SP 1.349 - 2.932 1.687,64 1.348,80 1.484,00 2.421,06 2.932,46
Barão de Cotegipe - RS 1.162 - 2.521 1.510,80 1.162,14 1.400,00 2.081,22 2.520,84
Nova Bassano - RS 1.150 - 1.587 1.225,75 1.150,00 1.200,00 1.310,14 1.586,88
Soledade - RS 1.276 - 1.874 1.371,58 1.276,00 1.340,00 1.547,17 1.873,98
Taubaté - SP 1.258 - 1.569 1.285,42 1.258,20 1.292,44 1.295,07 1.568,62
Fortaleza - CE 1.139 - 1.412 1.160,00 1.139,00 1.166,00 1.166,00 1.412,29
Lajeado - RS 1.340 - 2.171 1.497,33 1.340,00 1.444,00 1.792,67 2.171,33
Goiânia - GO 1.045 - 2.217 1.246,11 1.045,00 1.060,37 1.830,46 2.217,11
Manaus - AM 1.120 - 1.398 1.137,00 1.120,00 1.137,00 1.154,00 1.397,76
Putinga - RS 1.144 - 1.718 1.281,11 1.143,50 1.340,00 1.418,00 1.717,52
Bento Goncalves - RS 1.297 - 1.608 1.303,48 1.296,70 1.296,70 1.327,20 1.607,54
Conselheiro Lafaiete - MG 1.050 - 1.300 1.059,98 1.050,00 1.050,00 1.073,29 1.300,00
Itajaí - SC 1.325 - 1.835 1.398,14 1.325,00 1.391,00 1.515,00 1.835,01
Vila Velha - ES 1.200 - 1.575 1.233,33 1.200,00 1.200,00 1.300,00 1.574,60
Araranguá - SC 1.290 - 2.154 1.483,19 1.289,78 1.367,36 1.778,30 2.153,93
Realeza - PR 1.045 - 2.456 1.543,11 1.045,00 1.621,53 2.027,53 2.455,81
Agudos - SP 1.442 - 2.244 1.510,08 1.441,56 1.441,56 1.852,70 2.244,05


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Rio Grande do Sul 1.133 - 2.021 1.346,92 1.132,91 1.297,00 1.668,64 2.021,11
São Paulo 1.194 - 2.331 1.424,93 1.194,46 1.259,43 1.924,80 2.331,38
Minas Gerais 1.045 - 2.442 1.294,97 1.045,00 1.073,29 2.016,32 2.442,23
Santa Catarina 1.269 - 2.082 1.456,63 1.269,11 1.400,00 1.719,06 2.082,18
Paraná 1.157 - 2.792 1.575,94 1.156,57 1.404,00 2.304,93 2.791,80
Ceará 1.139 - 1.412 1.160,00 1.139,00 1.166,00 1.166,00 1.412,29
Goiás 1.045 - 2.137 1.224,12 1.045,00 1.060,37 1.764,33 2.137,01
Rio de Janeiro 1.200 - 2.129 1.408,87 1.200,10 1.375,01 1.757,50 2.128,74
Amazonas 1.120 - 1.398 1.137,00 1.120,00 1.137,00 1.154,00 1.397,76
Espírito Santo 1.200 - 1.575 1.233,33 1.200,00 1.200,00 1.300,00 1.574,60
Mato Grosso 1.110 - 1.756 1.180,00 1.110,00 1.110,00 1.450,00 1.756,28
Bahia 1.045 - 1.817 1.147,00 1.045,00 1.045,00 1.500,00 1.816,85


Principais locais de trabalho

Joalheiros e lapidadores de gemas esses profissionais são absorvidos no mercado de trabalho pelas indústrias: extrativas minerais não metálicas, de fabricação de produtos de metal e minerais não metálicos, de fabricação de móveis e indústrias diversas. Atuam em locais fechados nos horários diurnos. São empregados assalariados com registro em carteira que trabalham de forma individual, sob supervisão permanente. Eventualmente podem sofrer exposição a ruídos e material tóxico.


O que é preciso para trabalhar na área dos Joalheiros e lapidadores de gemas

Para ingressar nessas ocupações é necessário ter concluído o ensino fundamental acrescido de um curso profissionalizante de joalheria e lapidação de gemas entre duzentas a quatrocentas horas-aula, ministrado em escolas profissionalizantes. O exercício pleno da atividade ocorre após dois anos de experiência atuando na área. Vale destacar que os cursos ligados à área de joalheria, normalmente, têm uma maior carga horária por abranger atividades que envolvem projeto, criação e confecção de jóias. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Joalheiro ourives na fabricação e reparação

Joalheiros e lapidadores de gemas devem:

  • montar joias e bijuterias;
  • pré-formar gemas;
  • controlar qualidade dos processo de transformação de gemas e metais preciosos e semipreciosos;
  • facetar gemas;
  • preparar materiais para fabricação e reparação de joias, bijuterias e lapidação de gemas;
  • realizar acabamento em joias, bijuterias e gemas;
  • planejar lapidação de gemas e fabricação de joias;
  • fundir metais preciosos e semipreciosos;
  • cravar gemas;
  • conformar metais preciosos e semipreciosos;
  • demonstrar competências pessoais;
  • realizar manutenção preditiva em máquinas, equipamentos e ferramentas;

  • Atividades

    • perfurar gemas;
    • martelar joias e bijuterias;
    • dar provas de confiabilidade;
    • comparar resultados dos processos de conformação de materiais com especificações técnicas;
    • aplicar resinas;
    • confeccionar tubos de revestimento;
    • ajustar componentes;
    • serrar gemas;
    • determinar sequência de fabricação de joias e bijuterias;
    • preparar misturas para revestimento de moldes de gesso;
    • orientar-se por detalhes;
    • assentar gemas;
    • dar provas de atenção concentrada;
    • preparar assentamento para gemas;
    • recozer metais;
    • conferir quantidades de materiais;
    • estampar metais;
    • classificar gemas e metais;
    • realizar acabamento da cravação;
    • limpar máquinas, equipamentos e ferramentas;
    • desbastar mesa, contornos e pavilhão de gemas;
    • soldar componentes;
    • controlar temperaturas de fundição;
    • fixar peças em suportes para cravação;
    • medir dimensões lineares;
    • limpar superfícies de peças fundidas;
    • identificar imperfeições;
    • fixar gemas em suportes;
    • verter metais fundidos em moldes e fôrmas;
    • posicionar joias, bijuterias e gemas conforme especificações técnicas;
    • rebarbar gemas;
    • refigerar zona de atrito do processo de desbaste;
    • fixar gemas em assentamento;
    • demonstrar criatividade;
    • reparar componentes;
    • rebitar componentes;
    • remover peças dos suportes para cravação;
    • realizar a disposição de ferramentas e equipamentos;
    • secar materiais;
    • demonstrar acuidade visual;
    • determinar posições de desbaste de gemas;
    • alimentar equipamento de fundição com metais;
    • remover gemas dos suportes;
    • ajustar máquinas e equipamentos;
    • laminar metais;
    • controlar tempos de fundição;
    • requisitar manutenção corretiva de máquinas e equipamentos;
    • interpretar desenhos e especificações técnicas;
    • extrair peças fundidas dos moldes;
    • perseverar;
    • preparar ligas de metais;
    • afiar ferramentas manuais de corte;
    • lubrificar máquinas, equipamentos e ferramentas;
    • polir joias, bijuterias e gemas;
    • preparar lacre;
    • testar fixação de gemas;
    • trefilar metais;
    • aquecer metais até ponto de fusão;
    • lixar gemas;
    • demonstrar habilidades manuais;
    • controlar dimensões angulares;
    • inspecionar cor, forma e pureza de gemas e metais;
    • vulcanizar borracha de silicone;
    • colar componentes;
    • selecionar máquinas, equipamentos, ferramentas e materiais;
    • calibrar gemas;
    • resistir à frustração;
    • decapar materiais quimicamente;
    • encaixar componentes;
    • preparar soluções químicas para limpeza;
    • remover resíduos;
    • desbastar gemas em formas angulares;
    • determinar sequência de lapidação de gemas;
    • controlar pesos de gemas e metais;
    • jatear joias e bijuterias;
    • testar dureza de gemas;
    • diamantar joias;
    • dobrar metais;
    • pinar componentes;
    • resfriar peças fundidas;
    • picotar discos de polimento;
    • retificar rebolos;
    • demonstrar senso de organização;
    • demonstrar rapidez de raciocínio;
    • requisitar gemas e metais preciosos e semipreciosos;


    Setores que mais contratam Joalheiro ourives na fabricação e reparação no mercado de trabalho

    • Fabricação de artefatos de joalheria e ourivesaria
    • Fabricação de bijuterias e artefatos semelhantes
    • Comércio varejista de suvenires, bijuterias e artesanatos
    • Comércio varejista de artigos de joalheria
    • Produção de artefatos estampados de metal
    • Fabricação de produtos diversos não especificados anteriormente
    • Metalurgia dos metais preciosos
    • Comércio atacadista de jóias, relógios e bijuterias, inclusive pedras preciosas e semipreciosas lapidadas
    • Reparação de jóias
    • Lapidação de gemas




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: