Salário para o cargo de Trabalhador na cultura de soja
CBO 6227-30 > Trabalhadores agrícolas na cultura de plantas oleaginosas

Trabalhador na cultura de soja - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Plantam e tratam culturas oleaginosas como amendoim, coco-da-baía, dendê, mamona, soja, girassol e linho. Produzem mudas e sementes, colhem os frutos, preparam o solo, beneficiam e armazenam a colheita.

Quanto ganha um Trabalhador na cultura de soja

Um Trabalhador na cultura de soja trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.216,81 e R$ 2.837,16, com a média salarial de R$ 1.587,77 e o salário mediana em R$ 1.455,50 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Trabalhador na cultura de soja

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.587,77 19.053,30 396,94 7,24
1º Quartil 1.216,81 14.601,69 304,20 5,55
Salário Mediana 1.455,50 17.466,00 363,88 6,64
3º Quartil 2.163,74 25.964,87 540,93 9,86
Teto Salarial 2.837,16 34.045,91 709,29 12,93


Categorias profissionais do cargo

  • Trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca
    • Trabalhadores na exploração agropecuária
      • Trabalhadores agrícolas
        • Trabalhadores agrícolas na cultura de plantas oleaginosas

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.157 - 2.925 1.678,16 1.157,32 1.546,00 2.414,72 2.924,78
Holambra - SP 1.145 - 1.387 1.145,00 1.145,00 1.145,00 1.145,00 1.386,86
Santa Maria das Barreiras - PA 1.080 - 2.411 1.425,78 1.080,00 1.200,00 1.990,91 2.411,45
Tasso Fragoso - MA 1.409 - 1.882 1.481,60 1.408,60 1.500,00 1.553,90 1.882,13
Goiânia - GO 1.255 - 1.582 1.293,46 1.255,08 1.306,25 1.306,25 1.582,17
Porto Nacional - TO 1.251 - 1.573 1.269,36 1.251,04 1.265,00 1.299,00 1.573,39
Campo Novo do Parecis - MT 1.622 - 2.023 1.658,57 1.622,00 1.670,00 1.670,00 2.022,75
Canarana - MT 1.433 - 2.422 1.608,71 1.432,83 1.447,16 2.000,00 2.422,46
Sonora - MS 1.716 - 2.078 1.716,00 1.716,00 1.716,00 1.716,00 2.078,47
Paranatinga - MT 1.891 - 2.544 2.019,16 1.891,00 2.000,00 2.100,00 2.543,58
Porto Franco - MA 1.372 - 1.882 1.455,37 1.371,56 1.412,71 1.553,90 1.882,13
Jatai - GO 1.045 - 2.786 1.653,33 1.045,00 1.567,50 2.300,00 2.785,83
Juscimeira - MT 1.716 - 2.078 1.716,00 1.716,00 1.716,00 1.716,00 2.078,47
Redenção - PA 1.275 - 2.437 1.722,14 1.275,00 1.800,00 2.011,67 2.436,59
Ribeiro Goncalves - PI 1.372 - 1.817 1.441,62 1.371,56 1.500,00 1.500,00 1.816,85
Itiquira - MT 1.500 - 2.190 1.692,00 1.500,00 1.716,00 1.808,00 2.189,90
Campos Lindos - TO 1.205 - 1.817 1.402,53 1.205,10 1.500,00 1.500,00 1.816,85
Santa Rita do Araguaia - GO 1.110 - 1.811 1.380,35 1.110,39 1.495,21 1.495,21 1.811,04
Sandovalina - SP 1.260 - 1.526 1.260,00 1.260,00 1.260,00 1.260,00 1.526,15
Rio Verde - GO 1.785 - 4.114 2.620,19 1.785,32 2.649,59 3.396,25 4.113,64


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.124 - 2.813 1.577,39 1.123,69 1.400,00 2.322,05 2.812,54
Mato Grosso 1.499 - 2.655 1.814,48 1.499,12 1.716,00 2.192,19 2.655,25
Goiás 1.139 - 2.792 1.558,36 1.139,22 1.306,25 2.304,82 2.791,67
Pará 1.081 - 2.488 1.545,53 1.080,59 1.586,20 2.054,32 2.488,26
Maranhão 1.380 - 2.031 1.504,22 1.380,00 1.500,00 1.676,68 2.030,84
Tocantins 1.196 - 1.897 1.326,22 1.195,89 1.265,00 1.565,96 1.896,74
Paraná 1.063 - 2.926 1.617,08 1.062,75 1.383,80 2.416,00 2.926,33
Mato Grosso do Sul 1.595 - 2.390 1.748,33 1.595,00 1.716,00 1.972,80 2.389,51
Piauí 1.166 - 1.817 1.347,60 1.166,00 1.371,56 1.500,00 1.816,85
Rio Grande do Sul 1.245 - 3.286 1.787,80 1.244,99 1.615,79 2.713,25 3.286,37
Minas Gerais 1.155 - 9.544 2.597,66 1.155,00 1.400,00 7.880,00 9.544,49


Principais locais de trabalho

Trabalhadores agrícolas na cultura de plantas oleaginosas trabalham na atividade agrícola, organizados em grupos de trabalhadores, sob supervisão ocasional, em ambiente a céu aberto, durante o dia e sujeitos à exposição de materiais tóxicos.


O que é preciso para trabalhar na área dos Trabalhadores agrícolas na cultura de plantas oleaginosas

O exercício desse cargo requer escolaridade até quarta série do ensino fundamental. A qualificação para essas ocupações é obtida tacitamente no exercício do trabalho. O desempenho pleno das atividades ocorre entre um e dois anos de experiência. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Trabalhador na cultura de soja

Trabalhadores agrícolas na cultura de plantas oleaginosas devem:

  • armazenar colheita;
  • tratar culturas oleaginosas;
  • demonstrar competências pessoais;
  • beneficiar colheita;
  • produzir mudas e sementes de plantas oleaginosas;
  • plantar culturas oleaginosas;
  • preparar solo;
  • colher frutos de plantas oleaginosas;

  • Atividades

    • capinar área de plantio;
    • medir espaço para plantio;
    • medir grau de umidade da colheita;
    • abastecer plantadeira;
    • arrancar planta de amendoim;
    • podar palmas das culturas de coco-da-baía e dendê;
    • misturar defensivos agrícolas;
    • operar trator agrícola;
    • cozinhar dendê;
    • pulverizar lavoura;
    • regular colheitadeira;
    • adubar solo;
    • separar semente de mamona da casca;
    • recolher coco-da-baía do chão;
    • abrir covas;
    • manifestar iniciativa;
    • distribuir sementes;
    • posicionar iscas para controle de insetos;
    • extrair coco de dendê;
    • subsolar área de plantio;
    • manifestar agilidade motora;
    • imunizar sementes;
    • ensacar colheita;
    • roçar área de plantio;
    • verificar posição e coloração do capítulo de girassol;
    • manifestar sensibilidade com plantas;
    • moer dendê;
    • regar mudas;
    • pesar colheita;
    • retirar impurezas (palha, terra, sementes de ervas daninhas etc);
    • lavar dendê;
    • construir viveiros;
    • contar quantidade de sementes;
    • separar dendê do cacho;
    • operar colheitadeira;
    • separar óleo de dendê de água;
    • classificar sementes;
    • corrigir solo;
    • monitorar desenvolvimento da cultura;
    • gradear solo;
    • transportar colheita;
    • demonstrar resistência física;
    • regular plantadeira;
    • descascar coco-da-baía;
    • coletar amostras de solo;
    • desbastar planta de mamona;
    • informar grau de secagem ao operador de secador;
    • debulhar cachopa de linho e vagem de soja, canola e amendoim;
    • balizar área de plantio;
    • expor colheita ao sol;
    • nivelar solo;
    • retirar amostras de sementes;
    • fechar covas;
    • transplantar mudas de viveiros para covas;
    • colocar terra em sacos plásticos;
    • quebrar cacho de mamona;
    • peneirar terra;
    • inverter planta de amendoim;
    • trabalhar em equipe;
    • cortar cachos de coco-da-baía e dendê;
    • coroar covas de coco-da-baía e dendê;


    Setores que mais contratam Trabalhador na cultura de soja no mercado de trabalho

    • Cultivo de soja
    • Cultivo de milho
    • Criação de bovinos para corte
    • Atividades de apoio à agricultura
    • Carga e descarga
    • Cultivo de outros cereais não especificados anteriormente
    • Comércio atacadista de defensivos agrícolas, adubos, fertilizantes e corretivos do solo
    • Limpeza em prédios e em domicílios
    • Armazéns gerais - emissão de warrant
    • Serviço de preparação de terreno, cultivo e colheita




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: