Salário para o cargo de Técnico em manutenção de máquinas
CBO 3144-10 > Técnicos mecânicos na manutenção de máquinas, sistemas e instrumentos

Técnico em manutenção de máquinas - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Planejam a manutenção de máquinas, sistemas e instrumentos, supervisionam processos de manutenção, mantêm equipamentos, instrumentos, máquinas e sistemas em condições plenas de funcionamento e calibram instrumentos e equipamentos. Elaboram procedimentos técnicos e administrativos, propõem melhorias em máquinas, instrumentos e sistemas, aplicam técnicas de segurança e normas ambientais, prestam assessoria técnica em manutenção e realizam testes e ensaios.

Quanto ganha um Técnico em manutenção de máquinas

Um Técnico em manutenção de máquinas trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.336,32 e R$ 7.923,21, com a média salarial de R$ 2.947,08 e o salário mediana em R$ 2.125,55 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Técnico em manutenção de máquinas

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 2.947,08 35.364,95 736,77 13,61
1º Quartil 1.336,32 16.035,80 334,08 6,17
Salário Mediana 2.125,55 25.506,60 531,39 9,82
3º Quartil 6.042,57 72.510,90 1.510,64 27,91
Teto Salarial 7.923,21 95.078,47 1.980,80 36,60


Categorias profissionais do cargo

  • Técnicos de nível médio
    • Técnicos de nível médio das ciências físicas, químicas, engenharia
      • Técnicos em metalmecânica
        • Técnicos mecânicos na manutenção de máquinas, sistemas e instrumentos

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.502 - 4.990 2.517,36 1.502,13 2.113,34 4.119,58 4.989,76
Rio de Janeiro - RJ 1.382 - 4.700 2.386,84 1.382,27 2.015,89 3.880,21 4.699,83
Belo Horizonte - MG 1.143 - 5.340 2.343,82 1.143,48 1.900,00 4.408,64 5.339,88
Manaus - AM 1.401 - 5.344 2.637,84 1.401,07 2.292,94 4.412,20 5.344,19
Guarulhos - SP 1.627 - 4.795 2.527,08 1.626,55 2.164,50 3.958,77 4.794,98
São Bernardo do Campo - SP 1.699 - 6.972 3.355,41 1.698,52 3.000,00 5.756,46 6.972,39
Curitiba - PR 1.459 - 5.828 2.638,18 1.459,44 2.085,50 4.811,39 5.827,70
Juiz de Fora - MG 1.544 - 3.501 2.148,19 1.543,98 2.000,00 2.890,10 3.500,57
Fortaleza - CE 1.175 - 3.890 1.979,00 1.174,80 1.750,00 3.211,24 3.889,56
Ribeirão Preto - SP 1.400 - 4.058 2.116,75 1.400,49 1.800,00 3.350,12 4.057,76
Brasília - DF 1.262 - 5.172 2.335,34 1.261,83 1.900,00 4.270,45 5.172,50
Campinas - SP 1.263 - 4.902 2.304,17 1.263,13 1.800,00 4.046,99 4.901,83
Porto Alegre - RS 1.333 - 4.412 2.249,63 1.332,79 2.000,00 3.642,62 4.412,05
Salvador - BA 1.223 - 3.694 1.957,11 1.222,51 1.683,00 3.049,86 3.694,08
Recife - PE 1.177 - 3.593 1.731,72 1.176,89 1.300,00 2.966,72 3.593,38
Goiânia - GO 1.117 - 3.722 1.861,29 1.117,45 1.600,00 3.072,70 3.721,74
Jundiaí - SP 1.976 - 7.528 3.868,39 1.975,99 3.651,26 6.214,94 7.527,72
Santo André - SP 1.454 - 5.976 2.678,13 1.453,79 2.095,38 4.933,54 5.975,66
Joinville - SC 1.543 - 4.054 2.400,29 1.542,58 2.394,05 3.347,10 4.054,11
Macaé - RJ 1.607 - 7.280 3.407,31 1.607,37 2.758,02 6.010,05 7.279,55


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.485 - 8.039 3.205,85 1.484,65 2.260,85 6.636,72 8.038,60
Minas Gerais 1.208 - 5.848 2.569,70 1.208,28 2.000,00 4.828,50 5.848,42
Rio de Janeiro 1.372 - 5.223 2.503,17 1.372,08 2.072,18 4.311,89 5.222,68
Paraná 1.400 - 4.938 2.422,48 1.399,70 2.000,00 4.077,00 4.938,18
Rio Grande do Sul 1.416 - 4.822 2.461,68 1.415,79 2.150,00 3.981,08 4.822,01
Santa Catarina 1.517 - 5.151 2.690,95 1.517,05 2.472,80 4.252,99 5.151,35
Bahia 1.214 - 4.680 2.281,22 1.213,57 2.000,00 3.863,48 4.679,56
Pernambuco 1.204 - 42.542 10.000,32 1.204,25 1.957,28 35.123,09 42.542,14
Ceará 1.191 - 4.324 2.150,32 1.190,53 1.879,00 3.569,61 4.323,61
Goiás 1.069 - 4.297 2.003,37 1.069,12 1.643,50 3.547,60 4.296,97
Amazonas 1.403 - 5.442 2.668,66 1.402,75 2.300,47 4.492,86 5.441,88
Espírito Santo 1.296 - 4.500 2.435,84 1.296,29 2.358,19 3.715,56 4.500,39
Mato Grosso 1.151 - 4.484 2.125,83 1.151,48 1.880,15 3.701,63 4.483,52
Distrito Federal 1.262 - 5.172 2.335,34 1.261,83 1.900,00 4.270,45 5.172,50
Mato Grosso do Sul 1.108 - 6.489 2.722,58 1.108,22 2.034,18 5.357,00 6.488,56
Alagoas 1.319 - 4.030 2.119,60 1.318,89 2.040,00 3.327,11 4.029,90
Pará 1.245 - 4.512 2.227,55 1.245,11 1.926,38 3.724,73 4.511,51
Piauí 1.247 - 4.295 2.534,69 1.247,45 2.820,47 3.545,61 4.294,55
Rio Grande do Norte 1.113 - 3.797 1.931,89 1.113,33 1.685,69 3.135,22 3.797,48
Maranhão 1.313 - 4.784 2.336,77 1.312,63 1.963,61 3.949,69 4.783,98
Paraíba 1.057 - 3.069 1.561,19 1.057,36 1.352,00 2.533,76 3.068,96
Sergipe 1.089 - 4.040 1.877,06 1.089,00 1.497,20 3.335,32 4.039,84
Tocantins 1.084 - 4.502 2.054,94 1.083,88 1.690,76 3.716,75 4.501,84
Rondônia 1.068 - 3.235 1.602,29 1.067,57 1.180,00 2.671,00 3.235,19
Acre 1.143 - 2.453 1.447,83 1.143,45 1.300,00 2.025,33 2.453,14


Principais locais de trabalho

Técnicos mecânicos na manutenção de máquinas, sistemas e instrumentos trabalham em empresas de extração de petróleo e serviços correlatos, de fabricação de produtos têxteis, metalurgia básica, fabricação de máquinas e equipamentos, fabricação e montagem de veículos automotores, reboques e carrocerias, entre outras. São assalariados, com carteira assinada. Atuam em equipe multidisciplinar (mecânica e elétrica), sob supervisão ocasional, em ambientes fechados, de forma presencial, em turnos de trabalho, com disponibilidade para atuar em horários irregulares, para atendimento a situações imprevistas e de emergência. No desenvolvimento de algumas atividades, podem permanecer em posições desconfortáveis durante períodos e, ainda, podem estar expostos a ruído intenso e trabalhar sob pressão, podendo ocasionar estresse.


O que é preciso para trabalhar na área dos Técnicos mecânicos na manutenção de máquinas, sistemas e instrumentos

O exercício profissional dessas ocupações requer curso técnico de nível médio, com ênfase em manutenção de máquinas e instrumentação. O pleno exercício das atividades ocorre após o período de um a dois anos de experiência.


Funções e atividades do Técnico em manutenção de máquinas

Técnicos mecânicos na manutenção de máquinas, sistemas e instrumentos devem:

  • manter os equipamentos, instrumentos, máquinas e sistemas;
  • prestar assessoria técnica de manutenção;
  • elaborar procedimentos técnicos e administrativos;
  • supervisionar processos de manutenção;
  • aplicar técnicas de segurança e normas ambientais;
  • demonstrar competências pessoais;
  • fazer calibração de instrumentos e equipamentos;
  • propor melhorias em máquinas, instrumentos e sistemas;
  • realizar testes e ensaios;
  • planejar a manutenção;

  • Atividades

    • demonstrar percepção auditiva e tátil;
    • participar na manutenção aditiva e proativa (melhoria do desempenho e vida útil);
    • elaborar material para treinamento de pessoal da manutenção;
    • elaborar indicadores de performance da manutenção;
    • analisar especificações técnicas;
    • definir critérios de aprovação da calibração;
    • demonstrar iniciativa na solução de problemas;
    • analisar dados para emissão de certificado de calibração;
    • realizar ensaios mecânicos;
    • propor melhorias nas condições de trabalho (ergonometria, iluminação etc);
    • demonstrar flexibilidade;
    • elaborar procedimentos para funcionamento de equipamentos, instrumentos e sistemas;
    • especificar critérios para compra de materiais;
    • divulgar trabalhos técnicos;
    • demonstrar disponibilidade e predisposição no atendimento ao cliente;
    • propor novos métodos de trabalho;
    • manter-se atualizado tecnicamente;
    • demonstrar criatividade;
    • participar na elaboração de procedimentos para aplicação do sistema de qualidade;
    • elaborar instruções de testes e ensaios para manutenção;
    • fazer cronograma;
    • avaliar a capabilidade do processo;
    • demonstrar acuidade visual;
    • elaborar desenho para peças de reposição e dispositivos;
    • dimensionar a equipe de manutenção;
    • realizar estudos para redução do tempo de máquinas paradas por manutenção;
    • elaborar procedimentos para manutenção;
    • manter o equilíbrio emocional;
    • aplicar técnicas para solução de problemas na manutenção;
    • especificar ferramentas e materiais;
    • cumprir normas de segurança;
    • realizar manutenção corretiva;
    • participar na elaboração de planilha de frequência para calibração;
    • coletar dados para emissão de certificado de calibração;
    • facilitar a introdução de novas técnicas de manutenção;
    • monitorar o funcionamento dos sistemas, equipamentos e instrumentos;
    • agir com liderança;
    • manter relacionamento interpessoal;
    • programar reuniões de acompanhamento do plano de manutenção;
    • ministrar treinamento para pessoal de manutenção;
    • elaborar o plano de despesas com a manutenção;
    • agir proativamente;
    • realizar ensaios especiais (líquidos penetrantes, rx);
    • adaptar peças e componentes;
    • participar de inspeções de segurança;
    • analisar relação custo-benefício da manutenção;
    • fazer instalações técnicas;
    • motivar equipe;
    • orientar a montagem e desmontagem;
    • ministrar treinamento para clientes internos e externos;
    • selecionar as técnicas de manutenção;
    • usar ferramentas de informática;
    • fazer demonstração técnica;
    • garantir o cumprimento dos procedimentos;
    • negociar prioridades;
    • acompanhar as auditorias de processos técnicos e administrativos;
    • orientar na utilização de normas;
    • realizar ensaios metalográficos macros (visuais);
    • interpretar normas técnicas;
    • participar de auditorias de segurança;
    • negociar serviços junto ao cliente;
    • especificar equipamentos para realização da calibração;
    • implementar medidas para evitar acidentes de trabalho;
    • realizar manutenção preditiva;
    • aplicar métodos de medição conforme normas;
    • realizar manutenção preventiva;
    • disponibilizar insumos para cada fase da manutenção;
    • cumprir normas de preservação ambiental;
    • descrever plano de manutenção;
    • facilitar o trabalho em grupo;
    • realizar ensaios fractolográficos;
    • analisar indicadores de manutenção (tempo entre falhas, frequência de manutenção e temperatura);
    • elaborar fluxograma do processo de manutenção;
    • criar relatório de acompanhamento do plano de manutenção;


    Setores que mais contratam Técnico em manutenção de máquinas no mercado de trabalho

    • Locação de mão-de-obra temporária
    • Aluguel de outras máquinas e equipamentos comerciais e industriais não especificados anteriormente, sem operador
    • Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - supermercados
    • Serviços de engenharia
    • Comércio atacadista de máquinas e equipamentos para uso industrial
    • Comércio varejista de outros produtos não especificados anteriormente
    • Instalação e manutenção elétrica
    • Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - hipermercados
    • Lanchonetes, casas de chá, de sucos e similares
    • Fabricação de produtos químicos orgânicos não especificados anteriormente




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: