Salário para o cargo de Técnico em criação de animais de laboratório
CBO 3201-05 > Técnicos em biologia

Técnico em criação de animais de laboratório - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Manejam e cuidam da saúde de animais de biotério, tais como: ratos, camundongos e hamsters, auxiliam em experimentação animal, manipulando produtos químicos, coletando tecidos, transplantando pele, confeccionando lâminas, congelando e transferindo embriões, preparam o ambiente e os materiais aplicados ao bioterismo, monitoram as condições ambientais e físicas do biotério, descartam material biológico, operam máquinas e equipamentos. As atividades são desempenhadas segundo boas práticas, normas e procedimentos técnicos e de biossegurança.

Quanto ganha um Técnico em criação de animais de laboratório

Um Técnico em criação de animais de laboratório trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.158,77 e R$ 4.474,59, com a média salarial de R$ 1.940,97 e o salário mediana em R$ 1.600,00 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Técnico em criação de animais de laboratório

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.940,97 23.291,58 485,24 9,11
1º Quartil 1.158,77 13.905,22 289,69 5,44
Salário Mediana 1.600,00 19.200,00 400,00 7,51
3º Quartil 3.412,51 40.950,15 853,13 16,02
Teto Salarial 4.474,59 53.695,06 1.118,65 21,00


Categorias profissionais do cargo

  • Técnicos de nível médio
    • Técnicos de nível médio das ciências biológicas, bioquímicas, da saúde
      • Técnicos em biologia
        • Técnicos em biologia

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Vacaria - RS 1.596 - 1.999 1.629,38 1.595,88 1.650,00 1.650,00 1.998,53
Belo Horizonte - MG 1.092 - 2.795 1.494,55 1.092,21 1.124,50 2.307,16 2.794,50
Rio de Janeiro - RJ 1.228 - 2.499 1.475,71 1.228,38 1.338,05 2.063,46 2.499,32
Mogi-Mirim - SP 2.597 - 7.084 3.779,75 2.596,67 3.502,00 5.848,33 7.083,68
Porto Alegre - RS 1.451 - 3.502 1.923,98 1.451,28 1.676,57 2.891,49 3.502,26
Manaus - AM 1.055 - 1.759 1.139,96 1.055,00 1.055,12 1.452,00 1.758,71
São Paulo - SP 1.700 - 8.658 3.290,71 1.700,00 2.233,94 7.148,05 8.657,93
Uberlândia - MG 1.500 - 2.170 1.631,64 1.500,00 1.591,00 1.791,39 2.169,78
Toledo - PR 1.855 - 2.358 1.915,99 1.854,66 1.946,65 1.946,65 2.357,84


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.277 - 6.045 2.743,74 1.276,64 2.393,05 4.991,09 6.045,36
Rio Grande do Sul 1.439 - 2.490 1.689,65 1.439,00 1.650,00 2.056,05 2.490,35
Minas Gerais 1.108 - 3.389 1.738,35 1.108,36 1.591,00 2.797,58 3.388,51
Rio de Janeiro 1.228 - 2.499 1.475,71 1.228,38 1.338,05 2.063,46 2.499,32
Amazonas 1.055 - 1.759 1.139,96 1.055,00 1.055,12 1.452,00 1.758,71
Paraná 1.653 - 3.698 2.175,39 1.653,33 1.946,65 3.053,01 3.697,89
Ceará 1.100 - 2.850 1.556,17 1.100,00 1.413,91 2.353,02 2.850,05


Principais locais de trabalho

Técnicos em biologia o trabalho é exercido em ambientes fechados, em horário diurno, ou por revezamento de turno. Os profissionais atuam, majoritariamente, na condição de assalariados, com carteira assinada. Trabalham sob supervisão ocasional, organizados em equipe multidisciplinar, em centros de pesquisa e desenvolvimento, universidades e na área de saúde. Em algumas das atividades que exercem são expostos a ruídos, radiação, altas temperaturas, material tóxico e riscos biológicos e alergênicos.


O que é preciso para trabalhar na área dos Técnicos em biologia

O exercício desse cargo requer curso técnico em biologia (nível médio) ou áreas afins.


Funções e atividades do Técnico em criação de animais de laboratório

Técnicos em biologia devem:

  • operar máquinas e equipamentos;
  • descartar materiais biológicos;
  • monitorar condições ambientais e físicas de biotério;
  • demonstrar competências pessoais;
  • preparar ambiente e materiais aplicados ao bioterismo;
  • cuidar da saúde de animais de biotério;
  • auxiliar em experimentação animal;
  • trabalhar com biossegurança;
  • manejar animais;

  • Atividades

    • sexar animais;
    • monitorar luminosidade;
    • operar isoladores;
    • registrar dados;
    • demonstrar paciência;
    • congelar embriões (criopreservar);
    • coletar tecidos animais;
    • respeitar bem-estar de animais;
    • operar fluxo laminar;
    • monitorar infraestrutura de biotério;
    • esterilizar materiais;
    • realizar histerectomia em ratos, camundongos e hamsters;
    • imobilizar animais (contenção);
    • operar equipamentos de medição;
    • identificar animais (tatuagem, selos ou placas);
    • vestir equipamentos de proteção individual;
    • vacinar-se contra agentes patogênicos;
    • trabalhar em equipe;
    • operar equipamentos de higienização;
    • executar reações sorológicas;
    • tomar decisões;
    • incinerar materiais biológicos;
    • demonstrar concentração;
    • entubar animais;
    • transferir embriões;
    • monitorar sistema de ventilação;
    • solicitar compra de materiais;
    • desmamar animais;
    • tomar banhos;
    • retirar animais fora de padrão e em excesso de colônias;
    • pesar animais;
    • fazer curativos em animais;
    • monitorar umidade;
    • selecionar matrizes;
    • suturar animais;
    • armazenar material descartado;
    • dar banho em animais;
    • sacrificar animais;
    • destruir agentes contaminantes;
    • verificar idade de animais;
    • alimentar animais;
    • ministrar medicamentos em animais;
    • congelar carcaças;
    • fornecer informações a usuários;
    • higienizar materiais e ambientes de criação de animais;
    • ensacar dejetos orgânicos e carcaças;
    • lidar com animais;
    • colocar caixas, gaiolas, bebedouros e bicos em imersão;
    • aplicar cuidados de primeiros socorros;
    • acondicionar animais e materiais biológicos para transporte;
    • inserir tecido em parafina;
    • centrifugar materiais biológicos;
    • monitorar pressão ambiental;
    • monitorar temperatura de ambiente;
    • ajustar temperatura de equipamentos;
    • operar equipamentos de esterilização;
    • raspar caixas e gaiolas;
    • realizar vasectomia em animais de laboratório;
    • submeter-se a exames de saúde;
    • transportar materiais biológicos ensacados;
    • operar microscópio;
    • operar aparelho de microtomia;
    • utilizar produtos específicos para assepsia e desinfecção;
    • controlar entrada e saída de pessoas, equipamentos e animais;
    • operar micro manipulador;
    • classificar material descartado;
    • providenciar serviços de manutenção;
    • trocar microambiente de animais;
    • enviar material biológico para análise;
    • utilizar equipamentos de proteção coletiva;
    • acasalar animais;
    • expressar-se oralmente;
    • verificar aspecto físico de animais;
    • coletar fezes de animais;
    • manusear extintores de incêndio;
    • confeccionar lâminas;
    • semear meios de cultura;
    • inocular substâncias em animais;
    • manipular produtos químicos;
    • coletar fluido de animais;
    • transplantar pele;
    • observar comportamento de animais;
    • demonstrar orientação para detalhes;


    Setores que mais contratam Técnico em criação de animais de laboratório no mercado de trabalho

    • Fornecimento e gestão de recursos humanos para terceiros
    • Cultivo de maçã
    • Comércio atacadista de animais vivos
    • Serviços combinados para apoio a edifícios, exceto condomínios prediais
    • Instalação e manutenção de sistemas centrais de ar condicionado, de ventilação e refrigeração
    • Limpeza em prédios e em domicílios
    • Fabricação de açúcar em bruto
    • Fabricação de medicamentos para uso veterinário
    • Atividades veterinárias
    • Educação superior - graduação e pós-graduação




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: