Salário para o cargo de Projetista de móveis
CBO 3188-05 > Desenhistas projetistas e modelistas de produtos e serviços diversos

Projetista de móveis - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Confeccionam moldes para roupas e calçados, pesquisam segmentos de mercado, estudando estilos de design e avaliando pesquisas sobre tendências de mercado, avaliam materiais para aquisição e desenvolvem protótipos de roupas, calçados e móveis, projetam móveis, interpretando desenhos e modelos, analisando o local de instalação de móveis sob medida, elaborando desenhos de móveis e gabaritos em cad e prancheta, dimensionando componentes, especificando madeiras, derivados de madeira e acessórios para móveis e materiais para acabamento, tais como tintas e vernizes, entre outros.

Quanto ganha um Projetista de móveis

Um Projetista de móveis trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.198,68 e R$ 3.696,96, com a média salarial de R$ 1.768,58 e o salário mediana em R$ 1.500,00 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Projetista de móveis

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.768,58 21.222,94 442,14 8,13
1º Quartil 1.198,68 14.384,22 299,67 5,51
Salário Mediana 1.500,00 18.000,00 375,00 6,89
3º Quartil 2.819,46 33.833,50 704,86 12,96
Teto Salarial 3.696,96 44.363,49 924,24 16,99


Categorias profissionais do cargo

  • Técnicos de nível médio
    • Técnicos de nível médio das ciências físicas, químicas, engenharia
      • Desenhistas técnicos e modelistas
        • Desenhistas projetistas e modelistas de produtos e serviços diversos

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.422 - 3.662 2.019,65 1.421,91 1.820,00 3.023,52 3.662,18
Curitiba - PR 1.336 - 3.699 1.925,13 1.335,55 1.600,00 3.054,06 3.699,17
Guarulhos - SP 1.537 - 2.647 1.842,91 1.536,77 1.820,00 2.185,23 2.646,82
Porto Alegre - RS 1.328 - 2.423 1.538,15 1.327,79 1.420,37 2.000,59 2.423,17
Brasília - DF 1.182 - 3.050 1.745,12 1.182,37 1.552,30 2.518,06 3.049,95
Fortaleza - CE 1.112 - 2.270 1.351,66 1.112,41 1.200,00 1.874,50 2.270,45
Sorocaba - SP 1.372 - 2.644 1.656,49 1.371,85 1.500,00 2.182,82 2.643,89
Goiânia - GO 1.095 - 2.316 1.407,59 1.094,56 1.295,00 1.912,46 2.316,43
Recife - PE 1.183 - 2.458 1.414,01 1.182,65 1.205,00 2.029,29 2.457,94
Ribeirão Preto - SP 1.367 - 2.714 1.646,70 1.366,71 1.500,00 2.240,95 2.714,31
Balneário Camboriú - SC 1.409 - 2.440 1.637,13 1.408,55 1.561,50 2.014,51 2.440,03
Campinas - SP 1.435 - 2.630 1.740,61 1.434,84 1.700,00 2.171,33 2.629,98
Belo Horizonte - MG 1.137 - 3.028 1.653,00 1.137,21 1.500,00 2.499,63 3.027,63
Bento Goncalves - RS 1.263 - 4.127 1.956,55 1.262,86 1.500,20 3.407,39 4.127,13
Santos - SP 1.400 - 2.836 1.697,47 1.400,50 1.500,90 2.341,66 2.836,29
Joinville - SC 1.408 - 2.545 1.640,39 1.408,24 1.500,00 2.100,82 2.544,57
Rio de Janeiro - RJ 1.250 - 4.011 1.935,33 1.249,50 1.533,00 3.311,48 4.010,97
Tubarão - SC 1.301 - 3.601 1.824,49 1.300,61 1.496,37 2.973,08 3.601,08
Maringá - PR 1.432 - 3.098 1.757,15 1.431,64 1.500,00 2.557,81 3.098,10
Florianópolis - SC 1.371 - 2.236 1.582,15 1.371,36 1.539,90 1.846,05 2.235,99


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.388 - 3.379 1.884,39 1.388,28 1.637,00 2.789,45 3.378,67
Rio Grande do Sul 1.272 - 5.415 2.161,66 1.272,17 1.420,37 4.471,06 5.415,48
Santa Catarina 1.303 - 2.781 1.670,63 1.302,72 1.525,00 2.296,25 2.781,29
Paraná 1.322 - 3.306 1.787,01 1.322,03 1.500,00 2.729,72 3.306,32
Minas Gerais 1.112 - 2.928 1.574,69 1.111,76 1.383,70 2.417,36 2.927,98
Goiás 1.078 - 2.569 1.464,52 1.077,64 1.300,00 2.121,16 2.569,21
Mato Grosso 1.071 - 2.696 1.480,81 1.071,36 1.300,00 2.225,89 2.696,06
Pernambuco 1.132 - 2.701 1.499,95 1.132,24 1.240,00 2.229,96 2.701,00
Ceará 1.094 - 2.138 1.319,15 1.094,09 1.200,00 1.765,29 2.138,17
Rio de Janeiro 1.211 - 3.288 1.679,83 1.211,21 1.370,00 2.714,42 3.287,78
Distrito Federal 1.182 - 3.050 1.745,12 1.182,37 1.552,30 2.518,06 3.049,95
Bahia 1.063 - 2.923 1.464,66 1.062,96 1.182,50 2.413,56 2.923,37
Pará 1.122 - 1.635 1.240,64 1.121,90 1.239,74 1.349,96 1.635,11
Paraíba 1.076 - 1.815 1.214,72 1.075,72 1.155,00 1.498,68 1.815,24
Mato Grosso do Sul 1.158 - 2.194 1.381,72 1.157,93 1.250,00 1.811,26 2.193,86
Espírito Santo 1.126 - 2.835 1.462,04 1.126,13 1.188,31 2.340,98 2.835,47
Maranhão 1.050 - 2.249 1.299,51 1.050,29 1.100,00 1.857,14 2.249,43
Amazonas 1.090 - 2.061 1.294,51 1.090,40 1.155,00 1.701,84 2.061,32
Rio Grande do Norte 1.045 - 3.221 1.555,47 1.045,00 1.282,00 2.659,00 3.220,66
Piauí 1.090 - 2.050 1.314,71 1.089,97 1.201,45 1.692,16 2.049,60
Rondônia 1.128 - 1.817 1.250,04 1.128,00 1.178,27 1.500,00 1.816,85
Sergipe 1.077 - 1.728 1.199,98 1.077,00 1.114,86 1.427,03 1.728,47
Alagoas 1.045 - 1.453 1.108,18 1.045,00 1.060,00 1.200,00 1.453,48
Tocantins 1.074 - 1.985 1.252,02 1.074,21 1.109,00 1.639,20 1.985,44


Principais locais de trabalho

Desenhistas projetistas e modelistas de produtos e serviços diversos trabalham em confecções de artigos do vestuário e acessórios, na fabricação de artefatos de couro, artigos de viagem e calçados e fabricação de mobiliário. São empregados com carteira assinada, trabalham de forma individual, com supervisão ocasional, em ambiente fechado e em horário diurno. Eventualmente, trabalham sob pressão, podendo ocasionar estresse. O modelista de calçados pode estar exposto a materiais tóxicos.


O que é preciso para trabalhar na área dos Desenhistas projetistas e modelistas de produtos e serviços diversos

O exercício desse cargo requer curso técnico de nível médio na área do vestuário (modelista de calçados e roupas) ou do mobiliário (projetista de móveis), ou ainda experiência equivalente. O exercício pleno das atividades ocorre com pelo menos dois anos de experiência, após o curso técnico.


Funções e atividades do Projetista de móveis

Desenhistas projetistas e modelistas de produtos e serviços diversos devem:

  • analisar segmento de atuação no mercado;
  • projetar móveis;
  • demonstrar competências pessoais;
  • avaliar materiais para aquisição;
  • confeccionar moldes para roupas e calçados;
  • desenvolver protótipos de roupas, calçados e móveis;

  • Atividades

    • testar protótipo de móveis;
    • avaliar pesquisas sobre tendências de mercado;
    • demonstrar capacidade de comunicação;
    • codificar moldes;
    • avaliar custo e benefício de materiais;
    • consultar boletins técnicos;
    • determinar a posição de ornamentos, detalhes e acessórios do produto;
    • estudar estilos de 'design';
    • especificar materiais para acabamento de móveis (tintas, vernizes);
    • requisitar testes laboratoriais de protótipos;
    • traçar moldes de roupas e calçados;
    • fabricar protótipo de calçados;
    • avaliar ideias e produtos de concorrentes;
    • demonstrar capacidade de organização;
    • interpretar termos técnicos em outros idiomas;
    • marcar referências em moldes;
    • elaborar desenhos planificados de roupas e calçados;
    • elaborar ficha técnica de calçados;
    • interpretar modelos e desenhos de roupas e calçados;
    • avaliar a costurabilidade de couros e tecidos;
    • elaborar relatório de testagem de materiais;
    • avaliar visualmente o grau de acabamento dos materiais;
    • realizar ampliações e reduções das dimensões do produto por escala;
    • testar peça piloto (protótipo) de roupas;
    • elaborar ficha técnica de roupas;
    • especificar aviamentos e acessórios para confecção de roupas e calçados;
    • elaborar tabelas de medidas de roupas;
    • confeccionar peça piloto (protótipo) de roupas;
    • avaliar a composição de materiais;
    • verificar a resistência de materiais;
    • cortar moldes de roupas e calçados;
    • orientar a fabricação de protótipos;
    • elaborar ficha técnica de móveis;
    • testar protótipo de calçados;
    • fabricar protótipo de móveis;
    • interpretar resultados de testes laboratoriais;
    • resolver situações emergenciais;
    • interpretar normas técnicas para a produção de roupas, calçados e móveis;
    • elaborar desenhos de móveis e gabaritos (em cad e prancheta);
    • fornecer dados para fabricação de acessórios de máquinas;
    • dimensionar componentes de móveis;
    • trabalhar em equipe;
    • analisar o local de instalação de móveis sob medida;
    • agir com responsabilidade;
    • fornecer dados para fabricação de formas para calçados;
    • ajustar moldes e gabaritos;
    • testar a fixação de cores em couros;
    • coletar informações tecnológicas em feiras e desfiles;
    • especificar madeiras, derivados de madeira e acessórios para móveis;
    • trabalhar com criatividade;
    • interpretar desenhos e modelos de móveis;


    Setores que mais contratam Projetista de móveis no mercado de trabalho

    • Comércio varejista de móveis
    • Fabricação de móveis com predominância de madeira
    • Serviços de montagem de móveis de qualquer material
    • Fabricação de móveis com predominância de metal
    • Comércio atacadista de móveis e artigos de colchoaria
    • Comércio varejista de materiais de construção em geral
    • Representantes comerciais e agentes do comércio de eletrodomésticos, móveis e artigos de uso doméstico
    • Decoração de interiores
    • Locação de mão-de-obra temporária
    • Comércio varejista de madeira e artefatos




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: