Salário para o cargo de Instalador de máquinas
CBO 7252-05 > Montadores de máquinas industriais

Instalador de máquinas - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Montam e desmontam máquinas industriais, operam instrumentos de medição mecânica, ajustam peças mecânicas, lubrificam, expedem e instalam máquinas, realizam manutenções corretivas e prestam assistência técnica-mecânica de máquinas industriais.

Quanto ganha um Instalador de máquinas

Um Instalador de máquinas trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.571,02 e R$ 4.346,15, com a média salarial de R$ 2.220,58 e o salário mediana em R$ 1.875,00 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Instalador de máquinas

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 2.220,58 26.646,92 555,14 10,15
1º Quartil 1.571,02 18.852,20 392,75 7,18
Salário Mediana 1.875,00 22.500,00 468,75 8,57
3º Quartil 3.314,56 39.774,72 828,64 15,15
Teto Salarial 4.346,15 52.153,80 1.086,54 19,87


Categorias profissionais do cargo

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais
    • Trabalhadores da transformação de metais e de compósitos
      • Montadores de máquinas e aparelhos mecânicos
        • Montadores de máquinas industriais

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.540 - 3.251 2.088,82 1.540,07 2.048,20 2.683,87 3.250,79
Parauapebas - PA 1.476 - 2.340 1.736,94 1.476,41 1.835,48 1.931,80 2.339,85
Belo Horizonte - MG 1.495 - 2.959 1.967,89 1.495,38 1.935,65 2.442,71 2.958,68
Curitiba - PR 1.612 - 4.791 2.523,61 1.612,21 2.263,80 3.955,68 4.791,23
Serra - ES 1.653 - 3.260 2.201,55 1.652,61 2.078,94 2.691,79 3.260,38
João Monlevade - MG 1.541 - 2.124 1.632,95 1.541,42 1.637,00 1.753,51 2.123,90
Lençóis Paulista - SP 2.082 - 2.874 2.245,56 2.081,89 2.263,80 2.372,82 2.874,03
Sertãozinho - SP 1.620 - 21.837 5.956,74 1.620,31 1.980,00 18.028,40 21.836,54
Barcarena - PA 1.605 - 11.601 3.749,48 1.604,90 1.967,61 9.577,78 11.600,89
Caxias do Sul - RS 1.418 - 3.089 1.840,22 1.417,94 1.617,00 2.550,18 3.088,86
Itabira - MG 1.609 - 2.194 1.725,67 1.608,58 1.742,54 1.811,11 2.193,67
Itaúna - MG 1.216 - 2.566 1.694,77 1.216,27 1.700,00 2.118,44 2.565,92
Sorocaba - SP 1.705 - 3.469 2.150,91 1.704,75 1.949,20 2.864,12 3.469,10
São José dos Campos - SP 1.812 - 2.990 2.169,79 1.812,12 2.180,20 2.468,35 2.989,74
Ortigueira - PR 2.238 - 3.397 2.447,08 2.237,96 2.399,69 2.804,32 3.396,67
Rio de Janeiro - RJ 1.445 - 3.565 2.101,82 1.444,53 1.999,21 2.943,39 3.565,13
Itabirito - MG 1.797 - 2.331 1.837,45 1.797,07 1.817,00 1.924,61 2.331,15
Vespasiano - MG 2.035 - 3.688 2.671,59 2.035,26 3.044,80 3.044,80 3.687,95
São Luís - MA 1.470 - 2.438 1.778,34 1.470,37 1.804,00 2.013,14 2.438,37
São João da Barra - RJ 2.409 - 3.090 2.504,22 2.408,60 2.532,20 2.551,18 3.090,06


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.523 - 6.570 2.750,01 1.523,41 2.028,60 5.424,20 6.569,95
Minas Gerais 1.349 - 3.302 1.912,86 1.348,85 1.809,66 2.726,10 3.301,94
Paraná 1.457 - 4.396 2.330,89 1.456,68 2.263,80 3.629,78 4.396,49
Rio Grande do Sul 1.300 - 3.045 1.813,75 1.300,37 1.700,60 2.513,95 3.044,97
Santa Catarina 1.365 - 3.368 1.908,08 1.364,78 1.700,00 2.780,61 3.367,96
Pará 1.508 - 4.176 2.132,71 1.507,51 1.835,48 3.447,96 4.176,27
Rio de Janeiro 1.631 - 3.564 2.242,10 1.631,49 2.014,58 2.942,67 3.564,25
Espírito Santo 1.493 - 3.258 2.098,90 1.492,80 2.078,94 2.689,72 3.257,87
Goiás 1.107 - 2.940 1.651,99 1.107,07 1.530,14 2.427,05 2.939,71
Maranhão 1.557 - 2.433 1.843,77 1.557,31 1.887,60 2.008,99 2.433,35
Pernambuco 1.398 - 2.730 1.800,59 1.397,92 1.727,72 2.254,31 2.730,49
Ceará 1.299 - 3.371 1.858,18 1.298,93 1.567,50 2.783,40 3.371,34
Bahia 1.212 - 2.954 1.736,38 1.212,07 1.650,00 2.438,66 2.953,78
Mato Grosso 1.188 - 3.561 1.960,72 1.187,64 1.887,90 2.940,05 3.561,08
Amazonas 1.206 - 2.882 1.749,05 1.205,65 1.781,00 2.379,60 2.882,25
Mato Grosso do Sul 1.168 - 3.080 1.840,41 1.168,06 1.862,50 2.542,82 3.079,94
Alagoas 1.738 - 3.095 2.061,40 1.737,55 1.980,00 2.555,25 3.095,00
Rondônia 1.102 - 2.598 1.631,28 1.102,47 1.687,03 2.144,74 2.597,78
Rio Grande do Norte 1.163 - 2.572 1.587,87 1.162,70 1.436,80 2.123,29 2.571,79
Distrito Federal 1.118 - 2.094 1.399,66 1.117,58 1.350,00 1.728,42 2.093,51
Paraíba 1.066 - 2.264 1.347,82 1.066,41 1.200,00 1.869,06 2.263,86
Sergipe 1.159 - 3.403 2.042,40 1.158,79 2.200,00 2.809,63 3.403,10
Roraima 2.266 - 2.745 2.266,00 2.266,00 2.266,00 2.266,00 2.744,65
Tocantins 1.165 - 3.107 1.648,31 1.164,92 1.350,00 2.564,93 3.106,72


Principais locais de trabalho

Montadores de máquinas industriais atuam na área de fabricação de máquinas e equipamentos industriais. São empregados com carteira assinada, trabalham em equipe na linha de montagem, com supervisão permanente, em ambiente fechado e em horário diurno. Eventualmente, são expostos a ruído intenso.


O que é preciso para trabalhar na área dos Montadores de máquinas industriais

Para o exercício desse cargo requer-se ensino fundamental concluído e curso básico de qualificação profissional de duzentas a quatrocentas horas-aula. O pleno desempenho das atividades ocorre entre três e quatro anos de experiência profissional. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Instalador de máquinas

Montadores de máquinas industriais devem:

  • montar e desmontar máquinas;
  • realizar manutenção corretiva e assistência técnico-mecânica de máquinas;
  • lubrificar máquinas;
  • instalar máquinas;
  • ajustar peças mecânicas;
  • expedir máquinas;
  • trabalhar com segurança;
  • demonstrar competências pessoais;
  • operar instrumentos de medição mecânica;

  • Atividades

    • elaborar cronograma;
    • selecionar máquinas e ferramentas;
    • desmontar conjuntos;
    • recuperar peças danificadas;
    • participar de discussões técnicas;
    • verificar aferição dos instrumentos;
    • trabalhar em equipe;
    • gerenciar conflitos;
    • limpar peças;
    • lixar peças;
    • liderar equipe;
    • organizar o local de trabalho;
    • localizar pontos de lubrificação;
    • verificar medidas dimensionais;
    • detectar defeitos;
    • embuchar peças mecânicas;
    • instruir o operador;
    • agir com iniciativa;
    • averiguar local;
    • enumerar as causas dos defeitos;
    • sugerir melhorias, projetos e processos;
    • instalar componentes hidráulicos e pneumáticos;
    • embalar máquinas;
    • travar as partes móveis das máquinas;
    • respeitar hierarquia;
    • operar dispositivo de montagem e desmontagem;
    • conferir documentos das máquinas;
    • usar equipamentos de proteção individual;
    • programar período de lubrificação;
    • conferir acessórios das máquinas;
    • substituir peças danificadas;
    • preencher relatórios;
    • interpretar tabela de tolerância;
    • manter confidencialidade dos dados da empresa;
    • comunicar-se;
    • rasquetear peças;
    • realizar controle dimensional, segundo especificações técnicas do fabricante;
    • selecionar peças;
    • furar peças mecânicas;
    • identificar lubrificantes, de acordo com as normas do fabricante;
    • conservar os instrumentos de medição;
    • aplicar unidades de medidas;
    • requisitar peças e componentes mecânicos;
    • sinalizar local de montagem e desmontagem;
    • regular máquinas;
    • montar conjuntos;
    • interpretar esquema mecânico, hidráulico, elétrico e pneumático;
    • analisar dados técnicos da máquina;
    • interpretar processo de montagem e desmontagem;
    • colher informações do operador;
    • verificar dispositivo de segurança da máquina;
    • aplicar produtos protetores de superfície;
    • bloquear chave geral do equipamento;
    • acompanhar carga e descarga das máquinas;
    • movimentar com paleteira conjuntos e máquinas;
    • selecionar equipamentos de proteção individual (epi);
    • verificar as condições de funcionamento da máquina;
    • manter-se atualizado na carreira;
    • instalar componentes mecânicos;
    • assumir responsabilidades;
    • inspecionar máquinas;
    • operar equipamentos de lubrificação;
    • utilizar instrumentos de medição mecânica;
    • abrir roscas internas e externas com ferramentas manuais;
    • selecionar instrumento;
    • alargar furos com ferramentas manuais;
    • requisitar peças de reposição;
    • posicionar peças para montagem com ponte rolante;
    • distinguir tipos de materiais;
    • nivelar máquinas;
    • testar máquinas;
    • relacionar peças danificadas;
    • cumprir as normas da empresa;
    • dosar quantidade de lubrificante;
    • testar o funcionamento das máquinas pós-instalação;
    • demonstrar o funcionamento das máquinas para o operador com o produto teste;
    • brunir furos;


    Setores que mais contratam Instalador de máquinas no mercado de trabalho

    • Obras de montagem industrial
    • Montagem de estruturas metálicas
    • Instalação de máquinas e equipamentos industriais
    • Locação de mão-de-obra temporária
    • Outras obras de engenharia civil
    • Fabricação de máquinas e equipamentos para a agricultura e pecuária, peças e acessórios, exceto para irrigação
    • Fabricação de máquinas e equipamentos para uso industrial específico não especificados anteriormente, peças e acessórios
    • Instalação e manutenção elétrica
    • Fabricação de outras máquinas e equipamentos de uso geral não especificados anteriormente, peças e acessórios
    • Comércio atacadista de máquinas e equipamentos para uso industrial




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque:

    Salário para o cargo de Aquarelista
    Artistas visuais, desenhistas industriais e conservadores-restauradores de bens culturais

    Aquarelista