Salário para o cargo de Trabalhador braçal - na agropecuária - conta própria
CBO 6210-05 > Trabalhadores agropecuários em geral

Trabalhador braçal - na agropecuária - conta própria - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Tratam animais da pecuária e cuidam da sua reprodução. Preparam solo para plantio e manejam área de cultivo. Efetuam manutenção na propriedade. Beneficiam e organizam produtos agropecuários para comercialização. Classificam-se nessa epígrafe somente os que trabalham em ambas atividades - agrícolas e da pecuária.

Quanto ganha um Trabalhador braçal - na agropecuária - conta própria

Um Trabalhador braçal - na agropecuária - conta própria trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.097,92 e R$ 2.255,97, com a média salarial de R$ 1.330,58 e o salário mediana em R$ 1.204,82 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Trabalhador braçal - na agropecuária - conta própria

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.330,58 15.966,93 332,64 6,09
1º Quartil 1.097,92 13.175,02 274,48 5,02
Salário Mediana 1.204,82 14.457,84 301,21 5,51
3º Quartil 1.720,50 20.645,97 430,12 7,87
Teto Salarial 2.255,97 27.071,62 563,99 10,32


Categorias profissionais do cargo

  • Trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca
    • Trabalhadores na exploração agropecuária
      • Trabalhadores na exploração agropecuária em geral
        • Trabalhadores agropecuários em geral

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.056 - 2.281 1.352,65 1.055,64 1.224,00 1.882,85 2.280,56
Petrolina - PE 1.076 - 1.342 1.089,87 1.075,69 1.088,00 1.107,79 1.341,78
Vacaria - RS 1.275 - 1.603 1.301,71 1.274,74 1.320,00 1.323,84 1.603,47
Juazeiro - BA 1.079 - 1.339 1.090,09 1.078,84 1.088,00 1.105,52 1.339,04
Casa Nova - BA 1.088 - 1.334 1.091,40 1.087,93 1.088,00 1.101,69 1.334,40
São Francisco de Itabapoana - RJ 1.234 - 1.513 1.239,88 1.233,82 1.238,11 1.249,47 1.513,40
Lagoa Formosa - MG 1.045 - 1.461 1.085,13 1.045,00 1.045,00 1.205,86 1.460,58
Curitiba - PR 1.316 - 1.956 1.403,18 1.316,19 1.323,76 1.614,83 1.955,93
Formosa - GO 1.100 - 1.734 1.188,95 1.100,38 1.109,45 1.431,98 1.734,46
Belém de São Francisco - PE 1.088 - 1.319 1.088,20 1.088,00 1.088,00 1.088,80 1.318,79
Itumbiara - GO 1.147 - 1.759 1.229,75 1.146,55 1.159,11 1.452,20 1.758,95
Paraguaçu Paulista - SP 1.211 - 5.101 2.016,46 1.211,22 1.218,02 4.211,40 5.100,97
Santo Antônio do Amparo - MG 1.045 - 1.366 1.065,73 1.045,00 1.045,00 1.128,13 1.366,43
Jaíba - MG 1.045 - 1.330 1.058,18 1.045,00 1.045,00 1.097,77 1.329,65
Conceição das Alagoas - MG 1.204 - 1.844 1.290,43 1.203,65 1.218,00 1.522,05 1.843,56
Campos dos Goytacazes - RJ 1.235 - 1.557 1.249,12 1.234,79 1.238,11 1.285,64 1.557,21
Bom Jesus de Goiás - GO 1.113 - 1.718 1.201,88 1.113,30 1.119,43 1.418,74 1.718,41
Sooretama - ES 1.071 - 2.398 1.751,64 1.071,13 1.980,00 1.980,00 2.398,24
Linhares - ES 1.065 - 1.869 1.189,05 1.064,58 1.069,00 1.543,27 1.869,25
Belo Horizonte - MG 1.043 - 1.695 1.174,97 1.043,06 1.137,23 1.399,73 1.695,39


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.061 - 2.326 1.364,02 1.060,53 1.224,00 1.920,67 2.326,38
Minas Gerais 1.045 - 1.932 1.205,53 1.044,94 1.081,00 1.595,25 1.932,21
Goiás 1.059 - 2.273 1.335,36 1.059,21 1.163,31 1.876,38 2.272,73
Bahia 1.054 - 1.519 1.121,17 1.054,50 1.088,00 1.254,21 1.519,13
Pernambuco 1.071 - 1.368 1.093,98 1.070,75 1.088,00 1.129,20 1.367,72
Mato Grosso 1.056 - 2.376 1.410,52 1.056,19 1.292,00 1.961,36 2.375,66
Rio Grande do Sul 1.244 - 1.838 1.345,35 1.244,38 1.320,00 1.517,58 1.838,14
Paraná 1.238 - 2.131 1.434,57 1.237,67 1.383,80 1.759,17 2.130,75
Mato Grosso do Sul 1.104 - 2.525 1.455,42 1.103,99 1.300,00 2.084,47 2.524,78
Rio de Janeiro 1.224 - 1.633 1.262,01 1.223,98 1.238,11 1.347,91 1.632,63
Espírito Santo 1.044 - 2.350 1.299,94 1.043,97 1.069,00 1.940,29 2.350,13
Pará 1.045 - 1.988 1.208,50 1.044,81 1.055,00 1.641,27 1.987,95
Santa Catarina 1.161 - 1.921 1.303,88 1.161,38 1.215,00 1.585,62 1.920,55
Rio Grande do Norte 1.045 - 1.484 1.094,85 1.045,00 1.057,00 1.225,43 1.484,27
Maranhão 1.048 - 1.576 1.131,38 1.047,65 1.100,00 1.300,76 1.575,52
Tocantins 1.045 - 2.093 1.264,12 1.045,00 1.100,00 1.727,96 2.092,96
Rondônia 1.069 - 2.316 1.376,30 1.068,96 1.217,00 1.911,80 2.315,63
Piauí 1.104 - 1.738 1.222,60 1.103,86 1.161,00 1.434,85 1.737,93
Alagoas 1.053 - 1.386 1.079,47 1.052,69 1.060,49 1.144,46 1.386,20
Ceará 1.045 - 5.479 1.916,14 1.045,00 1.058,00 4.523,79 5.479,35
Sergipe 1.045 - 1.991 1.194,13 1.045,00 1.045,00 1.643,89 1.991,13
Distrito Federal 1.046 - 2.199 1.305,26 1.045,99 1.106,83 1.815,69 2.199,21
Paraíba 1.045 - 12.365 3.336,59 1.045,00 1.045,00 10.208,86 12.365,28
Acre 1.045 - 1.604 1.136,27 1.045,00 1.100,00 1.324,10 1.603,79
Amazonas 1.045 - 1.746 1.164,35 1.045,00 1.100,00 1.441,13 1.745,54
Amapá 1.045 - 1.461 1.107,88 1.045,00 1.101,00 1.206,17 1.460,95
Roraima 1.057 - 1.642 1.153,19 1.057,22 1.100,00 1.355,56 1.641,89


Principais locais de trabalho

Trabalhadores agropecuários em geral trabalham como assalariados, com carteira assinada, desempenhando suas atividades em propriedades rurais que desenvolvem tanto a agricultura como a pecuária. O trabalho é exercido em equipe, com supervisão ocasional, a céu aberto e em horário diurno. Em algumas atividades, o trabalhador fica exposto a materiais tóxicos, ao sol e ao calor intenso, quando faz beneficiamento de produção, na fornalha.


O que é preciso para trabalhar na área dos Trabalhadores agropecuários em geral

O exercício dessa ocupação requer escolaridade de quarta série do ensino fundamental. O aprendizado ocorre no local de trabalho e o pleno desempenho das atividades ocorre com menos de um ano de experiência. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Trabalhador braçal - na agropecuária - conta própria

Trabalhadores agropecuários em geral devem:

  • beneficiar produtos agropecuários;
  • preparar solo para plantio;
  • tratar animais;
  • efetuar manutenção na propriedade;
  • organizar produtos agropecuários para comercialização;
  • cuidar da reprodução de animais;
  • manejar Área de cultivo;
  • demonstrar competências pessoais;

  • Atividades

    • organizar cruzamentos;
    • formar coivara;
    • regar plantação;
    • ordenhar animais;
    • construir barragens para plantio;
    • limpar ferramentas;
    • classificar produtos;
    • covear solo;
    • nivelar solo;
    • identificar cio de animais;
    • irrigar plantação;
    • construir caixas d'água;
    • abrir valas;
    • eliminar ervas daninhas com máquinas;
    • rotular produtos;
    • reformar pontes;
    • fermentar matéria-prima;
    • domar animais;
    • tosquiar animais;
    • colocar animais para monta;
    • consertar máquinas e equipamentos;
    • marcar animais;
    • reformar estradas de acesso à propriedade;
    • medicar animais;
    • recolher animais;
    • colher amostra de solo para análise;
    • selecionar reprodutores e matrizes;
    • corrigir solo;
    • montar instalação hidráulica;
    • controlar desmame de animais;
    • sulcar solo;
    • limpar instalações;
    • castrar animais;
    • misturar ingredientes;
    • cercar área de plantio;
    • ferrar animais;
    • formar curva de nível;
    • escolher mudas;
    • construir instalações;
    • aplicar defensivos agrícolas;
    • monitorar animais;
    • distribuir sementes;
    • colher produção;
    • ralar matéria-prima;
    • furar cisternas;
    • separar animais;
    • demonstrar sensibilidade olfativa;
    • controlar peso e medida de animais recém-nascidos;
    • demonstrar visão espacial;
    • capinar área plantada;
    • medir animais;
    • descornar animais;
    • podar plantas;
    • embalar produtos;
    • esterilizar material de beneficiamento;
    • auxiliar partos de animais;
    • plantar cercas vivas;
    • transportar produtos;
    • demonstrar sensibilidade com animais;
    • transplantar mudas;
    • medir canteiros;
    • defumar carnes e queijos;
    • demonstrar sensibilidade tátil;
    • desinfetar material de vacinação, reprodução e cirúrgico;
    • preparar material para inseminação;
    • descascar matéria-prima;
    • coalhar leite para fabricação de queijo;
    • amolar ferramentas;
    • cozer matéria-prima;
    • cobrir frutos e plantas;
    • abater animais;
    • classificar animais;
    • inseminar animais;
    • moer matéria-prima;
    • curar umbigo de animais recém-nascidos;
    • demonstrar destreza manual;
    • armazenar produtos;
    • pintar instalações;
    • lavar matéria-prima;
    • demonstrar responsabilidade;
    • casquear animais;
    • efetuar cobertura de solo;
    • construir açudes;
    • escolher sementes;
    • estaquear plantas;
    • consertar instalações elétricas;
    • montar viveiros;
    • prender matrizes;
    • higienizar animais;
    • registrar dados de cobertura e parição;
    • amamentar animais recém-nascidos;
    • adubar solo;
    • montar estufas;
    • alimentar animais;
    • mochar animais;
    • reparar instalações;
    • arar solo;
    • secar matéria-prima;
    • enxertar plantas;
    • pesar animais;
    • imergir mourões em solução química;
    • vacinar animais;
    • reformar cercas;
    • gradear solo;
    • trabalhar em equipe;


    Setores que mais contratam Trabalhador braçal - na agropecuária - conta própria no mercado de trabalho

    • Criação de bovinos para corte
    • Cultivo de café
    • Cultivo de soja
    • Criação de bovinos para leite
    • Atividades de apoio à agricultura
    • Cultivo de cana-de-açúcar
    • Cultivo de manga
    • Cultivo de uva
    • Serviço de preparação de terreno, cultivo e colheita
    • Horticultura, exceto morango




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: