Salário para o cargo de Tecnólogo em gestão de segurança privada
CBO 2526-05 > Profissionais da administração dos serviços de segurança

Tecnólogo em gestão de segurança privada - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Gerenciam as atividades de segurança em geral. Elaboram planos e políticas de segurança. Realizam análises de riscos, adotam medidas preventivas e corretivas para proteger vidas, o patrimônio e restaurar as atividades normais de empresas. Administram equipes, coordenam serviços de inteligência empresarial e prestam consultoria e assessoria.

Quanto ganha um Tecnólogo em gestão de segurança privada

Um Tecnólogo em gestão de segurança privada trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.871,12 e R$ 21.452,13, com a média salarial de R$ 6.689,47 e o salário mediana em R$ 3.975,52 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Tecnólogo em gestão de segurança privada

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 6.689,47 80.273,61 1.672,37 31,79
1º Quartil 1.871,12 22.453,44 467,78 8,89
Salário Mediana 3.975,52 47.706,24 993,88 18,89
3º Quartil 16.360,31 196.323,73 4.090,08 77,76
Teto Salarial 21.452,13 257.425,57 5.363,03 101,96


Categorias profissionais do cargo

  • Profissionais das ciências e das artes
    • Profissionais das ciências sociais e humanas
      • Profissionais de organização e administração de empresas
        • Profissionais da administração dos serviços de segurança

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo - SP 1.675 - 26.337 8.562,75 1.674,57 5.000,00 21.743,84 26.336,79
Rio de Janeiro - RJ 2.274 - 30.179 10.282,10 2.274,05 5.500,00 24.916,33 30.179,40
Campinas - SP 3.766 - 9.640 5.836,90 3.766,13 5.841,18 7.958,60 9.639,69
Porto Alegre - RS 2.500 - 10.447 4.403,50 2.500,00 3.142,75 8.625,46 10.447,41
Curitiba - PR 1.600 - 24.931 6.695,75 1.600,49 2.550,00 20.583,26 24.931,06
Recife - PE 2.564 - 14.813 6.521,18 2.563,85 6.000,00 12.230,00 14.813,34
Belo Horizonte - MG 2.998 - 11.867 6.063,78 2.997,78 5.380,03 9.797,21 11.866,67
Goiânia - GO 1.765 - 27.899 7.413,29 1.765,27 2.649,00 23.033,33 27.898,66
São José dos Campos - SP 2.503 - 7.199 4.755,85 2.502,62 5.288,80 5.943,18 7.198,55
Bragança Paulista - SP 2.239 - 2.907 2.292,15 2.238,86 2.238,87 2.400,00 2.906,95
Guarulhos - SP 1.848 - 21.351 5.736,01 1.848,47 3.260,65 17.627,50 21.350,96
Ibirite - MG 2.590 - 3.137 2.590,00 2.590,00 2.590,00 2.590,00 3.137,09
Manaus - AM 1.403 - 12.997 4.438,40 1.402,50 2.766,74 10.730,12 12.996,64
Fortaleza - CE 1.200 - 8.830 3.862,93 1.200,00 3.337,06 7.290,37 8.830,31
Anápolis - GO 1.200 - 6.541 2.453,93 1.200,00 1.971,49 5.400,00 6.540,64
Osasco - SP 1.431 - 19.380 8.385,32 1.430,55 10.095,40 16.000,00 19.379,68
São Bernardo do Campo - SP 3.209 - 19.380 7.665,65 3.209,40 6.305,83 16.000,00 19.379,68
Camaçari - BA 1.957 - 4.871 2.787,88 1.957,00 2.500,00 4.021,16 4.870,55
Santos - SP 2.544 - 7.467 4.037,25 2.544,13 3.184,05 6.164,44 7.466,55
Santo André - SP 3.209 - 23.013 7.359,18 3.209,40 3.550,41 19.000,00 23.013,37


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
São Paulo 1.938 - 21.122 7.146,76 1.938,43 4.360,02 17.438,27 21.121,75
Rio de Janeiro 2.254 - 27.532 9.331,06 2.253,75 5.428,57 22.730,89 27.532,33
Minas Gerais 1.842 - 15.662 5.965,23 1.842,33 4.484,28 12.930,44 15.661,74
Goiás 1.502 - 20.227 6.059,95 1.502,40 2.700,00 16.699,95 20.227,49
Rio Grande do Sul 1.977 - 10.430 4.345,11 1.976,89 3.383,25 8.610,72 10.429,56
Bahia 2.072 - 17.228 5.721,67 2.072,46 3.949,03 14.223,86 17.228,37
Paraná 1.613 - 19.378 5.587,35 1.613,40 2.550,00 15.998,85 19.378,28
Pernambuco 2.514 - 15.246 6.365,15 2.513,54 4.850,09 12.587,54 15.246,40
Pará 1.930 - 17.507 5.868,49 1.929,77 3.586,14 14.454,18 17.507,33
Ceará 1.443 - 16.689 5.455,98 1.443,00 3.607,44 13.778,79 16.689,29
Santa Catarina 2.327 - 22.679 9.237,66 2.327,23 9.280,42 18.724,10 22.679,19
Amazonas 1.403 - 12.997 4.204,64 1.402,50 2.656,47 10.730,12 12.996,64
Espírito Santo 2.250 - 16.049 6.427,64 2.250,00 3.631,54 13.250,00 16.048,80
Rio Grande do Norte 2.102 - 8.305 4.281,35 2.101,95 4.353,66 6.856,80 8.305,16
Alagoas 1.966 - 9.084 3.022,63 1.966,00 2.085,90 7.500,00 9.084,23
Sergipe 1.200 - 8.327 3.845,86 1.200,00 2.279,31 6.875,00 8.327,21
Distrito Federal 2.085 - 10.901 5.187,64 2.084,65 4.258,79 9.000,00 10.901,07
Mato Grosso 1.500 - 4.300 2.192,00 1.500,00 2.055,00 3.550,00 4.299,87


Principais locais de trabalho

Profissionais da administração dos serviços de segurança os profissionais da segurança privada atuam em empresas privadas ou públicas, em atividades industriais, comerciais e de serviços em geral. Podem trabalhar com carteira assinada ou conta própria/autônomo. Trabalham em equipe, com supervisão ocasional, em ambiente fechado e horários irregulares. O trabalho pode ser exercido de forma presencial ou à distância.


O que é preciso para trabalhar na área dos Profissionais da administração dos serviços de segurança

Para o pleno exercício da função é necessário graduação tecnológica em segurança privada ou curso superior, em outra área mais curso de especialização em segurança. Experiência profissional de menos de um ano.


Funções e atividades do Tecnólogo em gestão de segurança privada

Profissionais da administração dos serviços de segurança devem:

  • gerir recursos financeiros e materiais;
  • demonstrar competências pessoais;
  • elaborar planos de segurança;
  • prestar consultoria/assessoria;
  • realizar análise de riscos;
  • administrar recursos humanos;
  • gerenciar atividades de segurança;
  • coordenar atividades de inteligência empresarial;

  • Atividades

    • analisar trajeto;
    • elaborar planos de gerenciamento de crise;
    • gerenciar atividades de transporte de valores;
    • aprovar compras de equipamentos e serviços de segurança;
    • demonstrar capacidade de observação;
    • selecionar informações;
    • elaborar programa de treinamento e qualificação;
    • identificar ativos a serem protegidos (tangíveis e intangíveis);
    • propor desenvolvimento e/ou melhorias de produtos de segurança;
    • elaborar planilhas de custos;
    • demonstrar proatividade;
    • demonstrar capacidade de negociação;
    • conduzir sindicância interna;
    • remanejar funcionários;
    • auditorar plano e/ou projeto de segurança;
    • ministrar treinamentos e cursos;
    • gerenciar atividades de segurança pessoal;
    • gerenciar atividades de segurança eletrônica;
    • elaborar plano operacional;
    • participar de atividades de segurança da informação;
    • elaborar planos de contingência e/ou emergência;
    • providenciar documentação legal de funcionário (vigilante);
    • demonstrar perspicácia;
    • identificar probabilidade de sinistro;
    • elaborar plano tático;
    • monitorar comportamento;
    • negociar contrato;
    • identificar impactos;
    • elaborar política de segurança;
    • elaborar escala de trabalho;
    • demonstrar liderança;
    • identificar vulnerabilidades;
    • propor ações para mitigação de riscos;
    • simular cenários;
    • selecionar receptores das informações;
    • controlar orçamento;
    • zelar pelo cumprimento das normas legais de segurança;
    • fiscalizar documentação legal de funcionário (vigilante);
    • conferir materiais e serviços solicitados;
    • demonstrar equilíbrio emocional;
    • elaborar normas e procedimentos;
    • identificar ameaças;
    • demonstrar visão estratégica;
    • interagir com demais áreas da empresa e órgãos externos;
    • acompanhar implementação do plano ou projeto de segurança;
    • demonstrar flexibilidade;
    • definir perfil profissional;
    • propor ações preventivas e corretivas;
    • classificar riscos;
    • elaborar orçamento;
    • demonstrar capacidade de administrar conflitos;
    • demonstrar capacidade de persuasão;
    • demonstrar capacidade de trabalhar em equipe;
    • emitir parecer de segurança;
    • levantar informações para contratação de funcionário;
    • solicitar demissão de funcionário;
    • definir equipamentos de segurança;
    • solicitar contratação de funcionários e terceiros;
    • elaborar planejamento estratégico;
    • difundir informações;
    • identificar riscos;
    • participar da integração de funcionários;
    • demonstrar capacidade de manter sigilo;
    • elaborar plano de continuidade de negócio;
    • selecionar fornecedores;
    • identificar necessidades do cliente;
    • gerenciar atividades de segurança patrimonial;
    • receber informações;
    • elaborar projetos de segurança;
    • analisar informações;
    • gerenciar atividades de escolta armada;
    • entrevistar candidatos;


    Setores que mais contratam Tecnólogo em gestão de segurança privada no mercado de trabalho

    • Atividades de vigilância e segurança privada
    • Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - supermercados
    • Comércio varejista de mercadorias em geral, com predominância de produtos alimentícios - hipermercados
    • Serviços combinados de escritório e apoio administrativo
    • Preparação de documentos e serviços especializados de apoio administrativo não especificados anteriormente
    • Condomínios prediais
    • Operação dos aeroportos e campos de aterrissagem
    • Comércio varejista especializado de equipamentos e suprimentos de informática
    • Comércio varejista de materiais de construção em geral
    • Construção de edifícios




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque:

    Salário para o cargo de Caricaturista
    Artistas visuais, desenhistas industriais e conservadores-restauradores de bens culturais

    Caricaturista