Salário para o cargo de Marqueiro - na mineração
CBO 7111-10 > Trabalhadores da extração de minerais sólidos

Marqueiro - na mineração - Descrição, atividades, funções e salário do cargo

Pesquisam subsolo da jazida e retiram amostras de minerais sólidos, carvão e outros tipos de rochas, pedras preciosas e semipreciosas da superfície e do interior de minas, pedreiras, terra firme, barrancos e leitos de rios, por meio de furos de sondagem. Inspecionam frentes de trabalho para operação de equipamentos. Instalam cavilhas e chumbadores nos tetos ou paredes da galeria (mina subterrânea). Realizam desmonte mecânico, hidráulico e manual de rochas e controlam o transporte e o tráfego de tais produtos.

Quanto ganha um Marqueiro - na mineração

Um Marqueiro - na mineração trabalhando no Brasil, ganha entre R$ 1.096,80 e R$ 4.660,57, com a média salarial de R$ 1.895,63 e o salário mediana em R$ 1.488,60 de acordo com pesquisa salarial junto ao Novo CAGED, Empregador Web e eSocial.


Faixas salariais do cargo de Marqueiro - na mineração

Salário Mensal Salário Anual Salário Por Semana Salário Por Hora
Média Salarial 1.895,63 22.747,50 473,91 8,77
1º Quartil 1.096,80 13.161,65 274,20 5,08
Salário Mediana 1.488,60 17.863,20 372,15 6,89
3º Quartil 3.554,35 42.652,15 888,59 16,45
Teto Salarial 4.660,57 55.926,79 1.165,14 21,57


Categorias profissionais do cargo

  • Trabalhadores da produção de bens e serviços industriais
    • Trabalhadores da indústria extrativa e da construção civil
      • Trabalhadores da extração mineral
        • Trabalhadores da extração de minerais sólidos

Cargos relacionados:



Salários nas cidades que mais contratam

Cidade Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Cachoeiro de Itapemirim - ES 1.127 - 2.544 1.654,97 1.126,86 1.757,98 2.100,60 2.544,31
Caçapava - SP 1.117 - 1.615 1.193,54 1.117,48 1.144,11 1.333,11 1.614,71
Brasília - DF 1.196 - 2.391 1.622,17 1.196,46 1.693,40 1.973,86 2.390,80
Barra de São Francisco - ES 1.269 - 3.148 1.859,62 1.269,05 1.806,77 2.599,29 3.148,34
Baixo Guandu - ES 1.115 - 2.276 1.481,33 1.115,25 1.510,00 1.879,33 2.276,29
Prudentópolis - PR 1.155 - 1.572 1.188,87 1.154,78 1.155,00 1.298,22 1.572,45
Colatina - ES 1.080 - 2.538 1.551,65 1.080,12 1.510,00 2.095,57 2.538,21
Rio de Janeiro - RJ 1.100 - 74.309 14.642,33 1.100,00 1.300,00 61.350,16 74.309,15
São Paulo - SP 1.117 - 1.882 1.231,79 1.117,48 1.117,48 1.554,10 1.882,38
Vargem Alta - ES 1.127 - 2.370 1.491,43 1.127,34 1.510,00 1.956,66 2.369,96
Papagaios - MG 1.045 - 1.509 1.155,49 1.045,00 1.200,00 1.245,82 1.508,98
Gouvêa - MG 1.518 - 2.701 2.039,54 1.518,00 2.185,65 2.229,70 2.700,68
Pindobacu - BA 1.045 - 1.600 1.114,74 1.045,00 1.045,00 1.321,25 1.600,34
Nova Roma - GO 1.215 - 1.584 1.276,49 1.215,30 1.276,07 1.307,46 1.583,63
Itabirito - MG 1.067 - 1.309 1.077,68 1.067,24 1.080,67 1.080,67 1.308,94
Campo Largo - PR 1.304 - 2.043 1.433,84 1.303,50 1.384,90 1.686,51 2.042,75
Santa Rita do Itueto - MG 1.413 - 2.463 1.600,90 1.413,05 1.474,94 2.033,48 2.463,01
Arenápolis - MT 1.048 - 1.332 1.084,71 1.047,50 1.100,00 1.100,00 1.332,35
Maracanaú - CE 1.485 - 1.821 1.489,40 1.485,00 1.485,00 1.503,70 1.821,33
Volta Redonda - RJ 1.936 - 2.398 1.948,94 1.936,00 1.936,00 1.980,00 2.398,24


Remuneração nos estados

Estado Faixa Salarial Média Salarial 1º Quartil Salário Mediana 3º Quartil Maior Salário
Espírito Santo 1.193 - 2.683 1.677,21 1.192,83 1.591,33 2.215,34 2.683,29
Minas Gerais 1.086 - 2.687 1.572,50 1.085,81 1.469,03 2.218,68 2.687,33
São Paulo 1.117 - 4.911 1.881,32 1.117,48 1.212,00 4.054,78 4.911,27
Bahia 1.059 - 2.863 1.602,54 1.059,18 1.371,00 2.363,41 2.862,63
Paraná 1.153 - 1.942 1.294,59 1.153,31 1.155,00 1.602,96 1.941,56
Distrito Federal 1.196 - 2.391 1.622,17 1.196,46 1.693,40 1.973,86 2.390,80
Rio de Janeiro 1.108 - 38.507 8.674,50 1.108,33 1.936,00 31.791,74 38.507,11
Ceará 1.237 - 2.474 1.567,87 1.236,68 1.485,00 2.042,21 2.473,59
Goiás 1.157 - 3.038 1.588,59 1.156,91 1.307,46 2.508,05 3.037,82
Mato Grosso 1.048 - 1.862 1.191,72 1.048,13 1.100,00 1.537,50 1.862,27
Rio Grande do Sul 1.356 - 2.749 1.694,00 1.355,67 1.617,00 2.269,47 2.748,85
Alagoas 1.100 - 1.332 1.100,00 1.100,00 1.100,00 1.100,00 1.332,35
Pará 1.113 - 2.172 1.461,30 1.113,31 1.381,23 1.793,25 2.172,04
Rio Grande do Norte 1.403 - 2.375 1.637,79 1.403,22 1.551,61 1.960,48 2.374,59
Tocantins 1.100 - 2.531 1.478,42 1.100,00 1.534,88 2.090,00 2.531,47
Santa Catarina 1.045 - 3.144 1.485,48 1.045,00 1.381,13 2.595,64 3.143,92
Rondônia 1.128 - 2.422 1.585,60 1.128,00 1.500,00 2.000,00 2.422,46


Principais locais de trabalho

Trabalhadores da extração de minerais sólidos a maior parte dos trabalhadores são empregados com registro em carteira e trabalham sob supervisão permanente, em locais com grandes alturas e subterrâneo, em exposição aos agentes ambientais (sol, chuva, umidade e vento) e os provocados por explosivos nas minas (poeira, gases, materiais tóxicos e ruídos..). É condição básica para ingressar nesta família ocupacional, experiência de um ano em atividades monitoradas, no caso da ocupação de detonador, a experiência exigida é de três a quatro anos. Trabalham sempre em equipes de campo, pesquisa, laboratório, manutenção, operação e de detonação.


O que é preciso para trabalhar na área dos Trabalhadores da extração de minerais sólidos

O nível de escolaridade exigido aos trabalhadores desta família ocupacional é entre a quinta e a oitava séries do ensino fundamental. As atividades exercidas abrangem os seguintes ramos: extração de carvão mineral, extração de minerais metálicos e extração de outros minerais. Os cargos listados nesta família ocupacional, demandam formação profissional para efeitos do cálculo do número de aprendizes a serem contratados pelos estabelecimentos.


Funções e atividades do Marqueiro - na mineração

Trabalhadores da extração de minerais sólidos devem:

  • efetuar desmonte hidráulico;
  • pesquisar subsolo da jazida;
  • organizar local para extração;
  • transportar minerais;
  • fazer desmonte manual;
  • demonstrar competências pessoais;
  • realizar desmonte mecânico;
  • desmontar rochas com explosivos;
  • amostrar minerais;

  • Atividades

    • trabalhar conforme normas de segurança, saúde ocupacional e meio ambiente;
    • perfurar rocha;
    • avaliar condições de tráfego;
    • demonstrar comunicabilidade;
    • instalar cavilhas e chumbadores nos tetos ou paredes da galeria (mina subterrânea);
    • demonstrar iniciativa;
    • encaminhar as amostras para análise;
    • selecionar instrumentos e ferramentas manuais;
    • demonstrar responsabilidade;
    • distinguir material a ser transportado;
    • demonstrar organização;
    • rastelar a área para limpeza;
    • verificar a existência de falhas de detonação;
    • quartear amostras;
    • encaminhar testemunho para análise;
    • sinalizar as frentes de serviço;
    • realizar inspeção visual de explosivos, acessórios e arredores;
    • retornar para o paiol os explosivos excedentes;
    • detonar explosivos;
    • efetuar furos de sondagem;
    • identificar tipos de explosivos;
    • pulverizar amostras;
    • registrar dados da amostras;
    • checar malha perfurada;
    • coletar o testemunho de sondagem;
    • separar materiais desmontados;
    • promover a retirada de gases da explosão (mina subterrânea);
    • inspecionar equipamentos de amostragem;
    • demonstrar coordenação motora;
    • demonstrar resistência à pressão;
    • demostrar acuidade visual e auditiva;
    • descarregar minério ou estéril;
    • arquivar amostras para contraprova;
    • demonstrar flexibilidade;
    • limpar área de trabalho;
    • instalar bomba de pressão;
    • identificar testemunho;
    • montar tubulações e monitores;
    • montar equipamentos de sondagem;
    • preservar limpeza, isolamento e sinalização da área do paiol;
    • definir malha de perfuração;
    • homogeneizar amostras coletadas;
    • trabalhar em equipe;
    • remover explosivos não detonados;
    • transportar cargas explosivas para frentes de trabalho conforme legislação específica;
    • demonstrar senso de orientação;
    • realizar inspeção visual do equipamento;
    • demonstrar autocrítica;
    • efetuar a movimentação e carregamento de caminhões ou vagonetas;
    • guardar testemunho;
    • demonstrar ética;
    • identificar falhas nas rochas;
    • demonstrar resistência física;
    • demonstrar disciplina;
    • adicionar o testemunho em recipiente apropriado;
    • identificar amostras;
    • isolar área de segurança do desmonte;
    • interligar a carga explosiva dos furos;
    • controlar o transporte e o tráfego;
    • selecionar equipamentos de acordo com a rocha;
    • efetuar o carregamento com minério ou estéril;
    • retirar umidade das amostras;
    • efetuar desmonte por jateamento hidráulico;
    • inspecionar as frentes de trabalho para operação de equipamentos;
    • desmontar rocha com esforço mecânico;
    • coletar amostrar;
    • retirar rochas soltas;
    • carregar furos com explosivos;
    • operar equipamentos (caminhões, vagonetas e correias-transportadoras);
    • desmontar rochas utilizando ferramentas manuais;
    • efetuar carregamento e transporte dos materiais;
    • controlar estoque de explosivos e acessórios;
    • definir área a ser lavrada;
    • identificar área de desmonte;
    • marcar malha de furação;
    • conduzir material para beneficiamento;
    • destruir explosivos não detonados;
    • demonstrar criatividade;
    • instalar dutos de ventilação e hidráulicos (mina subterrânea);
    • distribuir cabos elétricos nas frentes de operação;
    • acondicionar explosivos e acessórios conforme legislação específica;


    Setores que mais contratam Marqueiro - na mineração no mercado de trabalho

    • Extração de granito e beneficiamento associado
    • Aparelhamento de placas e execução de trabalhos em mármore, granito, ardósia e outras pedras
    • Serviços especializados para construção não especificados anteriormente
    • Extração e britamento de pedras e outros materiais para construção e beneficiamento associado
    • Recuperação de materiais metálicos, exceto alumínio
    • Extração de mármore e beneficiamento associado
    • Atividades de apoio à extração de minerais não-metálicos
    • Extração de outros minerais não-metálicos não especificados anteriormente
    • Comércio atacadista de produtos da extração mineral, exceto combustíveis
    • Aparelhamento de pedras para construção, exceto associado à extração




    Fonte: Pesquisa Portal Salario.com.br

    Profissões em Destaque: